NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

as lágrimas

Às vezes as lágrimas escondem-se não querem sair cá para fora para não se misturarem com outras que não são sentidas, são forçadas e fingidas
Escondem-se envergonhadas pois já se cansaram deste mundo insensível, desta arena onde as carpideiras choram encomendadas as banalidades e coisas supérfluas da vida, e onde já não existe espaço para os que sofrem ou mesmo para os que são felizes sem a feira de vaidades, o egoísmo, ou para quem vive triste com o horror que desfila pelo mundo.
António Garrochinho

Sem comentários:

Enviar um comentário