NOTA

OS TEXTOS ASSINADOS POR OUTRÉM OU RETIRADOS
DE OUTROS BLOGUES OU SÍTIOS NÃO REFLECTEM NECESSÁRIAMENTE
A OPINIÃO OU POSIÇÃO DO EDITOR DO "desenvolturasedesacatos"

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

A “ALDEIA MAIS PORTUGUESA DE PORTUGAL” ESTÁ CONSTRUÍDA NO MEIO DE PEDREGULHOS GIGANTES (COM FOTOS)


Situada na Beira Baixa, no concelho de Idanha-a-Nova, perto da fronteira com a Espanha, Monsanto é a aldeia mais portuguesa de Portugal, onde as habitações se fundem com as formações graníticas.

A presença humana neste local remonta ao período paleolítico e achados arqueológicos indicam que Monsanto foi habitada pelos romanos, visigodos e árabes. Em 1165, os mouros foram derrotados por D. Afonso Henriques e o lugar de Monsanto foi doado à Ordem dos Templários. Em 1174, recebeu o primeiro foral.

Monsanto poderia ser como qualquer outra aldeia portuguesa, não tivesse sido construída sob grandes formações de granito. Nos primórdios da aldeia, os habitantes não sabiam nem tinham meios para cortar rocha e como tal foram as habitações e ruas que se adaptaram ao local e não o contrário. Muitas das casas de Monsanto ainda conservam pórticos em estilo manuelino, que datam do final do século XVI, refere o Inhabitat.

Monsanto é assim um exemplo vivo de como as pessoas se adaptaram para preservar a integridade do local durante séculos.









greensavers.sapo.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário