AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Três feridos em tiroteio num centro islâmico de Zurique

 Polícia procura atiradores em fuga. 


Três feridos em tiroteio num centro islâmico de Zurique Reuters 

Três pessoas ficaram feridas esta segunda-feira após um tiroteio num centro islâmico em Zurique, na Suíça. A polícia local confirmou a existência de alguns feridos, mas não deu mais detalhes sobre estes incidentes. A zona onde ocorreu o tiroteio está cercada pelas autoridades. O jornal suíço 'Blick' revela que os atiradores estão em fuga. A mesquita seria frequentada sobretudo por muçulmanos de origem somali. As três vítimas foram encontradas numa rua contígua à mesquita. Não foram adiantadas informações sobre o seu estado de saúde.







 http://www.cmjornal.pt

Camião abalroa mercado de Natal em Berlim. Vários mortos e 50 feridos






Ataque terrorista. Autoridades afastaram já possibilidade de ter sido um acidente

Um camião entrou por um mercado de Natal em Berlim, esta segunda-feira, tendo feito vários mortos e pelo menos 50 feridos, segundo a AFP citando fonte da polícia alemã.

O jornal alemão Build noticia a existência de nove mortos.

As autoridades alemãs, segundo os media locais, assumiram já não se tratar de um acidente, estado o caso a ser tratado como um ataque terrorista.

O mercado não se encontra próximo de estradas principais.

O caso está a ser relatado através das redes sociais e dos media locais, havendo ainda muito pouca informação disponível.



www.dn.pt

Conheça a história do cientista que foi condenado duas vezes à fogueira na Inquisição













Miguel Servet nasceu em 1509 em Huesca, Espanha, de uma família descendente de judeus convertidos. Com habilidades notáveis, que incluíam o conhecimento do idioma grego, latim e hebraico, logo saiu de casa na intenção de dar continuidade aos seus estudos.

Considerado um homem de insaciável curiosidade e grande inteligência, ele se interessava por assuntos relacionados aos campos da Astronomia, Meteorologia, Geografia, Teologia, Jurisprudência, Matemática, Física, Anatomia e Medicina, bem como o estudo da Bíblia, o qual lhe rendeu uma condenação por morte em fogueira.

Em sua fase como Frei Juan de Quintana acabou se tornando confessor de Carlos I, aceitando-o como pupilo. Juntos, eles viajaram pela Itália e Alemanha contatando pessoas associadas à Reforma, que seriam de grande importância. Passada esta fase, ele viajou por algumas cidades da Europa Central, onde as pessoas eram mais voltadas ao protestantismo, e estabeleceu laços fortes, porém considerados controversos, com alguns dos líderes da Reforma, como Johannes Oecolampadius Basel, hereges e anabatistas perseguidos.

Em 1531, já havia escrito seu primeiro livro, em que apontava erros sobre a Trindade, argumentando que os dogmas propostos por ela não eram encontrados na Bíblia, mas sim em especulações de filósofos e teólogos tiradas de inúmeras citações bíblicas.

Suas ideias não passaram despercebidas à época, e por isso, católicos, bem como protestantes, proibiram seu livro. Sua relação outrora amigável com Oecolampadius deu lugar a uma grande inimizade. Após ser denunciado por ele, fugiu para Estrasburgo, na França. Perseguido pela Inquisição espanhola, que emitiu um mandou de prisão em seu nome, foi obrigado a se esconder sob uma identidade falsa em Paris, chamando-se Michel de Villeneuve (ou Michael Vilanovanus).

Trabalhando como professor de Matemática, que incluíam Astronomia, Astrologia e Geografia, em 1534 conheceu Juan Calvino, famoso reformista francês. Porque precisava de dinheiro, viajou até Lyon para publicar uma edição de “A Geografia de Ptolomeu”. Uma vez lá, conheceu o médico Symphorien Champier, que lhe influenciou a estudar Medicina. Logo, retornou a Paris onde entrou em contato com Andreas Vesalius, pai da Anatomia moderna, e juntos começaram a dissecar corpos sob a tutela de Johan Ghunter.

No entanto, enquanto ainda trabalhava lecionando Astrologia, acabou sendo descoberto pelas autoridades de Paris, e decidiu fugir para Lyon. Enquanto desfrutava de um tranquilo período de 12 anos, escreveu em segredo um livro chamado “Restauração do Cristianismo”, considerado extremamente herético e que só foi publicado no mesmo ano em que morreu, em 1553. No livro, ele discutia suas ideias contrárias ao papel do papado e Igreja em relação à salvação.

Durante todo este tempo ele se manteve em contato com Calvino, mas sempre preservando seu anonimato. Morando em Genebra, Calvino havia instaurado um governo teocrático e intolerante. A mesma doutrina havia funcionado com êxito na França e Países Baixos. Apesar de saber que Servet criticava a tese calvinista, lhe enviou uma cópia de seu livro, “Institutos da Religião Cristã”, que o outro devolveu com inúmeras observações e uma cópia da obra “Restauração do Cristianismo”.

Enraivecido, Calvino cortou a comunicação e, ao descobrir que o autor das cartas era Michel de Villeneuve, denunciou-o à Inquisição francesa. Uma vez preso, foi ajudado por alguns contatos – como o arcebispo de Viena – a organizar sua fuga. Logo, mesmo ausente, foi condenado a pagar uma multa de 1000 libras de ouro e a morrer na fogueira, onde seria queimado junto com suas obras.

No entanto, quatro meses depois, ele foi até Genebra, onde Calvino o esperava. Mais uma vez capturado, em um processo que durou meses sem defesa, ele tentou usar a religião a seu favor. Seu argumento que alcançou maior triunfo dizia “que nenhuma autoridade eclesiástica ou civil tinha o direito de impor suas crenças ou limitar a liberdade de cada um em ter e expor as suas próprias”. Apesar de válido, seu argumento não foi considerado, e foi condenado a uma morte lenta e dolorosa na fogueira. Amarrado à uma estaca, foi rodeado por todos os exemplares de seus livros e madeira, e ali queimou por cerca de uma hora até finalmente morrer.

A morte de Servet escandalizou muitos humanistas, e graças a dissidentes e intelectuais de séculos posteriores, suas ideias sobre liberdade individual de pensamento deram origem aos pilares da democracia moderna.

comunidademib.blogspot.pt

VEJA VÍDEO COM ASSASSINO JUNTO AO CORPO - Identificado assassino do embaixador da Rússia. Era um agente da polícia turca

EMBAIXADOR RUSSO NA TÚRQUIA



Rússia já classificou ataque como um ato terrorista

O embaixador russo na Turquia morreu esta segunda-feira depois de ter sido atingido a tiro em Ancara, na inauguração de uma exposição. A Rússia já considerou que se trata de um ato terrorista: "É um dia trágico para a diplomacia russa", disse a porta-voz Maria Zakharova.

O atacante, abatido a tiro pelas forças de segurança, foi pouco depois identificado como um agente da polícia turca, segundo o presidente da câmara de Ancara, Melih Gokcek.

VÍDEO


video




No vídeo, segundo a tradução da BBC, é possível ver o atacante, de fato e gravata, gritar: "Não se esqueçam de Aleppo, não se esqueçam da Síria". Depois usou a frase "Allahu Akbar" (Deus é grande). Uma testemunha citada pela agência noticiosa francesa AFP diz que o homem falou mesmo em vingança.


O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo confirmou o ataque ao Russia Today e fontes da embaixada russa em Ancara indicaram que o ataque poderá ter sido perpetrado por islamitas radicais. Outras três pessoas ficaram feridas.

Numa primeira reação, os Estados Unidos condenaram o ataque. "Condenamos este ato de violência, qualquer que seja a sua origem", declarou o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, John Kirby.

Andrey Karlov ia falar na abertura de uma exposição sobre a Rússia vista pelos olhos dos turcos. O incidente acontece na véspera de uma reunião em Moscovo entre os chefes da diplomacia da Rússia, Irão e Turquia para discutir um cessar-fogo na cidade de Aleppo, norte da Síria.


No ano passado as relações entre Rússia e Turquia passaram por um período de grande tensão, depois de um avião russo ter sido abatido na área de fronteira entre Turquia e Síria. No entanto, já este ano, parece ter havido uma aproximação entre os presidentes Vladimir Putin e Erdogan.

Karlov começou a sua carreira diplomática em 1976, aos 22 anos. Foi embaixador na Coreia do Norte e desde 2013 estava colocado na Turquia.
 O ASSASSINO











www.dn.pt

Ora f....Vão chatear o Camões!


Numa entrevista,  o humorista Ricardo Araújo Pereira referiu-se  a um sketch antigo dos Gato Fedorento onde usava a palavra "mariconço" e disse que se hoje usasse essa palavra, o sketch - na época muito bem aceite- seria,provavelmente, considerado inadmissível.
Eu achei a advertência de RAP bastante idiota mas, para meu espanto, dias depois percebi que ele tinha razão.
Na verdade as redes sociais incendiaram-se de indignação por causa do "mariconço". As pessoas discutiram encarniçadamente e surgiram as divisões. De um lado os indignados com o uso da palavra "mariconço". Do outro os que discutem o seu correcto significado .
Um país onde as pessoas se dividem entre as que se indignam porque um humorista usou a palavra "mariconço" e as que discutem o significado etimológico da palavra, não é para levar muito a sério. É que corremos o risco de chegar à conclusão que nesse mesmo país as pessoas não conhecem lá muito bem o conceito de Liberdade. Seja ela de expressão ou de movimentos.
Acontece, porém, que eu aprendi algo importante:mariconço, além de significar medricas,  tem uma conotação de cariz sexual. Dizem os revoltosos entendidos na matéria, que serve para classificar homossexuais. Não sabia e peço aos leitores desculpa pela minha ignorância. Mas, só por isso, valeu a pena acompanhar este debate.
Mas há  outras questões que me preocupam. A tentativa de alguns grupos tentarem limitar o uso de certas palavras, porque as consideram ofensivas  para o grupo onde se inserem, está a limitar a liberdade de expressão e a empobrecer a língua.
Nos últimos anos passou a ser politicamente incorrecto ( e até ofensivo) usar palavras como velho, cego, coxo, tuga ou  deficiente. Fiquei agora a saber que mariconço também não se deve utilizar. E muitas outras haverá, certamente, cuja perigosidade eu ainda desconheço, porque provavelmente estou desactualizado  no que ao manejo da língua concerne.
 Receio que expressões como " filho da puta" passem a ser interpretadas como um insulto à mãe do visado ou, como diz RAP, que as pessoas interpretem à letra quando alguém diz "estou f.....".
A repressão linguística provocada pela  febre controleira  da esquerda plural e intelectualóide  politicamente correcta, chateia-me e cansa-me.  Porque é inócua, cheira a Lavanda e apenas serve para ocupar mentes tinhosas ( não quero dizer que tenham "tinha", entendido?) dedicadas à especulação mas pouco produtivas para o que é essencial na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.
Perante estas discussões, a minha reacção é "Ora f.... Vão mas é chatear o Camões!"

cronicasdorochedo.blogspot.pt

A MÁFIA DO SANGUE, O PLASMA

OS PORTUGUESES JÁ POUCO SANGUE TÊM POR MOR DO SUGADO PELOS VAMPIROS.
AGORA TÊM A MÁFIA DO SANGUE E ESTÃO "PLASMADOS" COM O PRECIOSO LÍQUIDO VINDO DO ESTRANGEIRO ENQUANTO O RECOLHIDO EM PORTUGAL VAI PARA O LIXO !
ESTAMOS PODRES ? QUAL A RAZÃO DE TAL ?
JÁ SE ESQUECERAM DA LEONOR BELEZA , COM O "BLOOD" VINDO DA ÁUSTRIA !?
ELA ESTÁ MAIS VIVA VIVA QUE VIVA E NEM SEQUER FOI CONDENADA ENQUANTO OUTROS NÃO TIVERAM A MESMA SORTE E JÁ NÃO PERTENCEM CÁ AO NOSSO MUNDO.
António Garrochinho

19 de Dezembro de 1901: Nasce Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória, Ilha Terceira, Açores.


Poeta, ficcionista, ensaísta, cronista e crítico literário português, Vitorino Nemésio Mendes Pinheiro da Silva nasceu a 19 de dezembro de 1901, na Ilha Terceira, nos Açores, e faleceu a 20 de fevereiro de 1978, em Lisboa. Entre 1911 e 1912, Vitorino Nemésio frequentou o liceu de Angra, onde cedo manifestou a sua vocação de poeta e prosador, estreando-se com o livro de versos Canto Matinal, em 1916. Em 1919, após um desaire escolar, iniciou o serviço militar como voluntário, partindo para o continente. Do ano seguinte data a peça em um ato Amor de Nunca Mais e a poesia de A Fala das Quatro Flores. Em 1921, em Lisboa, iniciou-se na atividade jornalística, na redação de A Pátria, a Imprensa de Lisboa e Última Hora. Em 1922, concluiu os estudos liceais em Coimbra e matriculou-se na Faculdade de Direito, onde, como revisor da Imprensa da Universidade, publicou o poema Nave Etérea. Transitará para o curso de Ciências Geográficas e, posteriormente, para Filologia Românica. Colaborou na fundação de Tríptico, em Seara Nova e na Presença. Correspondeu-se com Unamuno. Em 1934, doutorou-se com uma tese subordinada ao título A Mocidade de Herculano até à Volta do Exílio. Como leitor de Português na Universidade de Montpellier, conviveu com Marcel Bataillon, Robert Ricard, Pierre Hourcade, e iniciou correspondência com Valéry Larbaud. Publicou, em 1936, em francês, La Voyelle Promise e, em 1936, concorreu ao cargo de professor auxiliar da Faculdade de Letras de Lisboa, com uma tese intitulada Relações Francesas do Romantismo Português. Em 1937, fundou, com Alberto Serpa, a Revista de Portugal, uma revista eclética, atenta à atualidade filosófica e literária europeia. Como docente universitário, estagiou em França, na Bélgica, no Brasil, em Espanha, na Holanda, sendo distinguido com o grau de Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Montpellier e de Ceará. De 1938, data da publicação de O Bicho Harmonioso, a 1976, data de Sapateia Açoriana, desenvolveu uma intensa atividade poética que se afirma pela novidade relativamente ao cânone presencista, explorando as dimensões simbólica e imagética da linguagem, saboreada na sua materialidade, comedindo qualquer confessionalismo por um distanciamento irónico ou objetivo, características aliás recorrentes na sua obra ficcional, que, embora se enquadre nos moldes realistas pela linearidade do tempo e pelo poder de representação de espaços sociais, se complexifica pela rede de imagens de alcance simbólico que a entretecem. "Inclassificável" (cf. LOURENÇO, Eduardo - O Canto do Signo, p. 73) como crítico e como autor, Vitorino Nemésio manteve-se equidistante dos grupos que disputaram o espaço literário ao longo da primeira metade do século XX, e, embora refletindo na poesia e na prosa vertentes estéticas contemporâneas como o imagismo, o surrealismo, o existencialismo, manteve-se fiel à consciência de que a criação resulta, não de dogmas, mas de uma pluralidade que integra, como a existência, a contradição, o imprevisto, a renovação: "Não estaremos aqui todos para escrever do mais íntimo da vida, matar esta sede de expressão e de confidências que nos faz levantar todos os dias cedo no meio do deserto e ver água onde, na maior parte dos casos, nada mais há que a triste e fátua projeção dessa íntima secura?" (cit. in MOURÃO-FERREIRA, David - Sob o Mesmo Teto, Presença, Lisboa, 1989).

De entre as suas obras, são de destacar Festa Redonda (1950), Nem Toda a Noite a Vida (1952), O Pão e a Culpa (1955), O Verbo e a Morte (1959), O Cavalo Encantado (1963), Canto da Véspera (1966), e ainda o romance Mau Tempo no Canal (1944), que serviu de base para uma série realizada para a RTP Açores, por José Medeiros, apresentada, posteriormente, noutros canais.

Em 1966, Vitorino Nemésio recebeu o Prémio Nacional de Literatura.

-Fontes: Infopédia
wikipedia (imagens)


Vitorino Nemésio


VÍDEO


19 de Dezembro de 1915: Nasce a cantora francesa Edith Piaf

Edith Giovanna Gassion nasceu em Paris em Dezembro de 1915. A sua vida foi marcada pelo infortúnio desde que nasceu, facto que exerceu uma influência decisiva no seu estilo interpretativo, lírico e lancinante ao mesmo tempo. Devido ao seu aspecto frágil ganhou o apelido que a fez ficar famosa internacionalmente: Piaf (pardal).

Filha de um contorcionista acrobata e de uma cantora de cabaré, a sua infância foi muito triste. Os seus pais separaram-se cedo, a sua mãe, alcoólica e doente, deixou a custódia de Edith com o pai (também alcoólico) e a avó paterna. Em função da precária situação económica da família, Edith ganhava umas moedas cantando nas ruas e cafés de Paris.

A situação piorou quando Edith, aos 16 anos, ficou grávida. Em 1932, teve uma filha chamada Marselle, que morreu com dois anos. A vida da cantora ficou marcada por esta tragédia. Piaf continuou a cantar nos cafés e clubes da Rua Pigalle, nos bairros menos recomendados da Paris daquela época.

A sua vida mudou quando, cantando na rua, Louis Leplée, proprietário do cabaré Gerny’s, um dos mais conhecidos de Paris, parou para a ouvir. Depois de um pequeno teste, Edith foi imediatamente contratada. O sucesso não demorou a chegar e ficou conhecida como “Mome Piaf” (pequeno pardal). O próprio Leplée instruiu Piaf para que esta se tornasse uma grande figura do cabaré. Em 1937, nascia uma nova estrela: Edith Piaf.

Contudo, a vida voltou a castigar a jovem Piaf, visto que Leplée foi encontrado morto no clube que dirigia. A cantora foi suspeita do assassinato. A imprensa  acusou-a e a elite parisiense  voltou-lhe as costas. Assim, Edith Piaf voltou a misturar-se com as pessoas dos piores bairros de Paris, levando uma vida desregrada.

A sua consagração aconteceu depois do final da Segunda Guerra Mundial, quando se tornou a musa de poetas e intelectuais da Paris existencialista e ganhou a admiração incondicional do público. Piaf voltou aos grandes cenários da França, da Europa e da América. Ficou amiga de Marlene Dietrich e tornou-se a grande dama da canção francesa, ajudando talentos emergentes como Charles Aznavour, Georges Moustaki, Yves Montand e relacionando-se com intelectuais como Jean Cocteau.

Em 1946, foi para Nova Iorque e conheceu o grande amor da sua vida, o boxeador Marcel Cerdan, falecido em 1949, quando o avião em que viajava caiu. Isto causou em Edith uma profunda depressão, superada através do álcool. Foi, porém, a época dos seus grandes sucessos: La vie em rose e Le trois cloches.

Em 1950, colaborou com Charles Aznavour em canções como Jezébel. Este também foi o ano em que triunfou no Olympia e, em 1956, também o fez no Carnegie Hall, em Nova Iorque. Depois de um acidente, Piaf ficou desfigurada e tornou-se viciada em morfina. Uma longa lista de doenças fora-lhe diagnosticada e, em 1959, constataram que a cantora tinha cancro.

Nos seus últimos anos, a cantora viveu longe dos palcos junto ao seu novo marido, o grego Theo Lambukas. Em Junho de 1961, Edith foi premiada pela Academia Charles Cross pelo conjunto da sua obra. Piaf morreu na quinta-feira, dia 10 de Outubro de 1963, em Plascassier, mas, fazendo fé no comunicado transmitido à AFP, todos acreditaram na data de falecimento constante no registo civil: sexta-feira, 11 de Outubro de 1963, às 7 horas da manhã. Desse modo, a data de sua morte coincidiu com a morte de Jean Cocteau, falecido ao meio-dia, enquanto preparava uma homenagem à cantora que o fascinara…

No seu enterro, o cortejo fúnebre foi acompanhado por mais de 40.000 pessoas.

Entre as muitas canções que popularizou podem-se destacar: Mon légionnaire, Je ne regrette rien, La vie em rose,Lês amants de Paris, Hymne a l’amour, Mon dieu e Milord.


wikipedia (imagens)

Édith Piaf 914-6440.jpg
 Edith Piaf em 1962


 Edith Piaf em 1951
VÍDEOS





SAÚDE DEZ 2016 EM PORTUGAL



O utente tem 75 anos e uma insuficiência cardíaca grave no contexto de outras patologias crónicas relevantes. Foi pedido consulta de Especialidade do Hospital da área. Foi recusada: “Devolvido á origem. Não cumpre critérios de referenciação “.  O habitual. O mesmo texto, o mesmo conteúdo, o pedido para o Hospital S. João. Foi recusado:  “Devolvido á origem. Atendendo a que diariamente nos surgem pedidos de situações críticas e para uma melhor e atempada articulação com os vossos centros, penso que nesta altura, pelas alterações que nos descreve, talvez não se justifique uma consulta diferenciada de cardiologia. Fico contudo ao dispor para outros esclarecimentos”. A subtileza do “talvez” utilizada pelo senhor Professor.  “Devolvo” os esclarecimentos e os “cumprimentos”. Com  raiva. Os consultórios privados estão cheios de utentes  sem “critérios de referenciação”. As clinicas ou hospitais privados estão cheios de utentes resultantes da “articulação” com os centros de saúde. As urgências estão cheios desses utentes, e consta que até os cemitérios…

cris-sheandbobbymcgee.blogspot.pt

Mantém-se o braço de ferro entre os manifestantes e o governo da Polónia sobre a controversa decisão de limitar a imprensa no parlamento.



O hemiciclo está ocupado há quatro dias.
O presidente Andrzej Duda tem realizado contactos para solucionar o impasse. Vai encontrar-se em breve com o presidente do parlamento e homem forte do partido no poder, Jaroslaw Kaczynski.
“Vamos permanecer aqui até vermos resultados, até o processo democrático ser restaurado. Vamos ficar aqui até a imprensa e o público ter acesso ao edifício, porque este é o templo da democracia”, explica um manifestante.
Jaroslaw Kaczynski foi alvo de uma tentativa de bloqueio em Cracóvia quando se dirigia para ver o tumulo do irmão Lech no dia do aniversário da sua morte.
Para tornar a situação mais tensa, esta segunda-feira chega ao fim o mandato do presidente do Tribunal Constitucional Andrzej Rzeplinski, considerado a besta negra do governo conservador.
Os opositores afirmam que a reforma que o governo propôs para o Tribunal Constitucional é uma tentativa do Partido Lei e Justiça se perpetuar no poder.
VÍDEO
video

pt.euronews.com

IMAGENS E SUA EXPLICAÇÃO QUE O(A) PODEM SURPREENDER

Fotos sozinhas nem sempre são suficientes para nos dar uma verdadeira compreensão de algo, especialmente quando se trata de perspectiva. Claro que sabemos que o Burj Khalifa é grande, e com certeza, imaginamos que o maior radiotelescópio do mundo deve ser bastante impressionante, mas é só quando eles são comparados com outras coisas que podemos compreender a sua verdadeira escala .
Com isto em mente, um estudante universitário chamado Kevin Wisbith decidiu criar um projeto intitulado “Uma Perspectiva Rápida”.
Confira:
1. O maior petroleiro do mundo
O maior petroleiro já produzido foi o Knock Nevis, que se estendia por 458 metros. Se fosse colocado no lago principal do Central Park, em Nova York, sobraria apenas 106 metros de espaço extra na parte da frente e de trás.
2. O Pulmonoscorpius Kirktonensis 
Insetos pré-históricos eram maiores do que os insetos de hoje em dia devido aos níveis mais elevados de oxigênio. O pulmonoscorpius kirktonensis era uma espécie de escorpião que atingia até 60 centímetros de comprimento, ou do tamanho de um gato doméstico normal. Pessoalmente, estou feliz por essas coisas não existirem mais.
3. A rocha de 2,6 trilhões de dólares 
O asteróide Dionísio faz parte do cinturão de asteróides Apollo. O asteróide Dionísio tem cerca de 1,5 km de largura. O valor dos recursos estimados dentro do asteróide é de cerca de US$ 2.600.000.000.000. Se o asteróide fosse colocado em cima da ponte Golden Gate, ele nem mesmo ultrapassaria a extensão da ponte.
4. A estrela da morte
Embora a Estrela da Morte não exista na realidade, ela seria a maior máquina já concebida, ocupando cerca de 1/4 do comprimento da Flórida.
5. A Mina Mir
A Mina Mir, localizada na Rússia, é uma das minas mais profundas do mundo. A profundidade oficial é de 524 metros de profundidade. Se o segundo edifício mais alto nos Estados Unidos, a Willis Tower, que tem 526 metros de altura, fosse colocado na mina, a ponta só iria ficar para fora 2 metros.
6. B-2
O bombardeiro B-2 é um dos mais avançados e caros e aviões do mundo. O que a maioria das pessoas não percebe é o quão grande essa coisa realmente é. A envergadura de um B-2 é de 52 metros, 3 metros mais amplo do que um campo de futebol americano da NFL.
7. O Titanic
Quando o Titanic foi construído, ele era um dos maiores navios já feitos. Tinha um comprimento total de 268 metros. Desde então, a construção naval já percorreu um longo caminho. O porta-aviões dos Estados Unidos U.S.S. Ronald Reagan tem 332 metros de comprimento. Se o Titanic fosse colocado no convés do U.S.S. Ronald Reagan, o navio teria 64 metros de convés restante.
#8 Burj Khalifa
O Burj Khalifa é atualmente a estrutura mais alta do mundo. Ele mede 829 metros de altura. Se colocado em Nova York, se esticaria quase 305 metros a mais que o One World Trade e quase 400 metros a mais que o Empire State Building.
9. O maior radiotelescópio do mundo 
À medida que continuamos a busca por vida extraterrestre, continuamos a construir telescópios cada vez maiores. O maior radiotelescópio do mundo é o telescópio na província de Guizhou, na China, que tem 487 metros de diâmetro. Se colocado no centro de Las Vegas, cobriria metade do Mirage, todo o LINQ, e a maior parte do Venetian.
10. O motor do foguete M-1
O motor do foguete M-1 foi projetado na década de 1950 pelo programa espacial da NASA e teria sido o maior motor já construído, grande o suficiente para cobrir integralmente um carro Smart com 60 cm de sobra em cada lado. 


www.matacuriosidade.com.br