AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


domingo, 27 de novembro de 2016

SAIBA O QUE FAZER QUANDO ENCONTRAR UM FILHOTE DE PASSARINHO FORA DO NINHO


Se você já encontrou um filhote de passarinho no chão, sabe que o principal instinto é o de ajuda. Porém, é importante saber que para ajudar, é necessário estar atento com algumas situações.
Pensando nisso, vimos essa dica diretamente no Facebook do Fabio Nunes, mestre em Ecologia e Recursos Naturais, e resolvemos compartilhar aqui. Olha só as orientações que ele deixou:
– Não leve o filhote para longe do local onde o encontrou, é ali que os pais irão procurá-lo e, mesmo fora do ninho, continuarão lhe dando comida.
– Tire o filhote do chão para não ser atacado por formigas ou devorado por predadores, o ideal é devolver o filhote ao alcance dos pais, em alguma árvore próxima onde poderia estar seu ninho.
– Cuidado onde colocar o animal, pois se você colocar em um galho ele provavelmente voltará a cair. Veja a dica abaixo:
passarinho cai do ninho 2
Foto: Fabio Nunes
– Você pode fazer uma improvisação do ninho com um recipiente forrado (furado embaixo para não acumular água) pendurado em uma árvore (escondido dos humanos), como mostra a foto abaixo. “Funciona muito bem e ele só sairá quando suas asas estiverem desenvolvidas”, explica.
Foto: Fabio Nunes
Foto: Fabio Nunes
– Para garantir, observe de longe se os pais encontram o filhote, pois eles são atraídos pelo chamado dele.

António Domingues demitiu-se da Caixa



Antonio Domingues demitiu-se da presidência da Caixa Geral 
de Depósitos, apurou o PÚBLICO junto de fonte 
overnamental, já perto do limite temporal para que contestasse a 
necessidade de apresentar a declaração de Patrimonio junto 
do TC. 
O Ministério das Finanças já emitiu um comunicado, confirmando 
ter aceite a demissão.
Nos últimos dias, vários jornais deram conta de que Domingues 
aceitaria rever a sua posição, baseada num compromisso assumido 
com o Governo antes de aceitar o cargo e de convidar várias 
pessoas para que integrassem a sua administração.
Até ao momento não foi possível apurar os motivos invocados 
para a demissão, mas acontece depois de semanas de polémica por 
causa da obrigatoriedade, ou não, da apresentação das declarações 
de rendimentos no Tribunal Constitucional, e no final da semana 
em que o Governo adiou a recapitalização do banco público. 


A participação de Domingues nas negociações, em Bruxelas, da 
recapitalização da CGD num momento em que ainda era 
administrador do BPI foi a mais recente controvérsia política 
envolvendo o actual presidente da Caixa. 


Miguel Manso
Foto


FRENESIM


oriundos de todo o rebanho
vacas loucas ovelhas com ranho
cães com raiva
porcos com febre
estes dias em frenesim
qual morrinha em coelho e lebre
que só com azeite água que ferve
se dá conta de coisa assim

António Garrochinho

O cirurgião que opera com a mulher



Ele é um dos cirurgiões cardiotorácicos mais respeitados do país, ela uma das anestesistas mais prestigiadas. Juntos no bloco, já fizeram mais de sete mil cirurgias a corações de adultos e crianças. Conheceram-se há 46 anos, casaram-se e não mais se largaram.

Conheceram-se na fila de inscrições para o curso na Faculdade de Medicina de Lisboa e decidiram logo inscrever-se na mesma turma. «Ela estava atrás de mim e, já não sei bem como, combinámos ficar juntos», recorda José Fragata. Desde esse dia em 1970 nunca mais se separaram. Tornaram-se colegas, depois melhores amigos, apaixonaram-se e casaram-se no 6º ano da universidade, em 1976. «Antes de sermos médicos casámo-nos e depois, quando acabámos o curso, fomos juntos para os Hospitais Civis de Lisboa fazer o internato», diz Isabel. Já lá vão 46 anos e hoje, ambos com 63, continuam casados e a fazer operações, em equipa, a corações de adultos e crianças no Hospital de Santa Marta e no Hospital da CUF Infante Santo, ambos em Lisboa.
No bloco, ele como cirurgião e ela como anestesista, já realizaram juntos cerca de sete mil cirurgias.
«Fiz dez mil cirurgias, seis mil a adultos e quatro mil a crianças, e a Isabel esteve em dois terços», conta o médico. 
 .

A cumplicidade é tanta que pouco precisam de falar para comunicar. «Há uns anos, foi feito um trabalho científico para o jornal europeu de cirurgia cardiotorácica sobre o fluxo de comunicação no bloco operatório, e quando o trabalho que ia ser publicado estava a ser revisto, fui contactado porque queriam saber como é que era possível que, nas minhas operações, a pessoa com quem eu menos falava ser a anestesista. Menos de cinco por cento das comunicações eram com ela.» José Fragata explicou: «Disse-lhes que há 35 anos que trabalhava e vivia com a pessoa que estava a anestesiar os doentes.» «Há de facto muita cumplicidade», confirma Isabel, sublinhando que, apesar de se entenderem bem, às vezes também discordam no bloco.
 .
Passam dias inteiros um com o outro. E todas as manhãs vão juntos para o hospital no Porsche de José Fragata. Nunca trabalharam durante muito tempo em locais diferentes. Depois de fazerem o internato nos Hospitais Civis de Lisboa, ingressaram, em 1981, no Hospital de Santa Cruz, onde se especializaram em 1986. Pelo meio, tiveram duas filhas e foram, em 1984, viver para Inglaterra, onde estagiaram em Londres e Liverpool. As filhas ficaram em Portugal com os avós, o que levou Isabel a regressar mais cedo. José voltou a Lisboa de vez em 1987. Estiveram dez anos no Santa Cruz e, em 1998, quando o cirurgião se mudou para o Santa Marta, Isabel foi atrás. Os dois tornaram-se chefes de serviço e depois diretores das respetivas áreas.

Ao longo dos anos foram vivendo episódios dramáticos: uma das filhas teve de ser operada em Inglaterra na sequência de um problema cardíaco, com apenas 4 anos. «Sabemos o que os pais sentem e, por isso, quando estamos a operar, a Isabel manda sempre alguém falar com eles para ir dizendo o que se está a passar.»
É comum partilharem dias complicados, como aqueles em que têm de dizer aos pais que os filhos não sobreviveram, ou em que sentem a responsabilidade de ter a vida de um recém-nascido nas mãos.
«Um dia, um paquistanês trouxe o filho de um mês e meio que tinha de ser transplantado ao coração, passou-mo para os braços e disse-me em inglês: “Agora o filho é seu.”» Mas presenciam também momentos reconfortantes, como o que testemunharam quando em setembro passado fizeram um transplante a uma rapariga de 18 anos que tinham salvo quando era recém-nascida.
«Sem ela não teria a mesma confiança», garante ele. A mulher não lhe poupa elogios: «É um homem leal, corajoso e inspirador». Isabel sabe que muitas vezes foi envolvida em guerras de poder por ser casada com o cirurgião. «Mas não há nada que nos derrube.» Aliás, até já combinaram que vão retirar-se no mesmo dia. «Vamos reformar-nos ao mesmo tempo». Até lá, garante a anestesista, vão continuar a ser o que não têm dúvidas de que são: «Uma dupla imbatível.»

OPERAÇÃO
José Fragata fez, há dois meses, um transplante de coração a um recém-nascido, o doente mais novo da história da medicina em Portugal a submeter-se a esta cirurgia. A ajudá-lo, como anestesista, nessa operação delicada no Hospital de Santa Marta, esteve a mulher, Isabel.


AOS ROGEIROS, FAFES, JUDÍCES, e todo o canil de “Yorkshire Terrier” televisivos





De todas as prostitutas políticas que têm vomitado o seu ódio à gloriosa Revolução cubana nos canais fascizantes de Portugal, houve um comentário que, confesso, jamais tinha ouvido esgrimir na barca das falsidades anti-cubanas.
Um matraquilho que é professor universitário (imagine-se o nível do carácter) fez notar um aspecto que, segundo ele, é muito pouco comentado: o racismo da população de Cuba. Será verdade? Perguntará, depois, a massa abúlica e cassetizada de uma população em decomposição cívica.
Vejamos os factos: nas últimas eleições, os negros e mestiços correspondem a 37% dos parlamentares. E já agora, informe-se essas putas de Miami, que as mulheres parlamentares correspondem a 48,86%.
Guilherme Antunes

ESPECIAL FOTOGALERIA DOCUMENTADA DE FIDEL CASTRO

atenção ! a tradução é do motor google e tem algumas imperfeições embora eu já tenha corrigido muitas (AGarrochinho)


1. New York, 1971. Fotografia de Yousuf Karsh .
© Museu de Belas Artes, Boston, EUA

* * *

Infância e adolescência

2. Fidel Castro com 3 anos em 1929 .

3. Fidel Castro, no centro, com seus irmãos Angelita e Ramón. data provável: 1929


4. Fidel Castro. Detalhe da foto anterior. data provável: 1929.


5. adolescente Fidel.


6. Fidel Castro com seus irmãos. Ramon (em pé para a esquerda.) Fidel (pé direito) e Raul (sentado) com um amigo (centro) em La Salle, Santiago de Cuba.

7. Os três irmãos Castro em 1941, da esquerda para a direita: Fidel, Raul e Ramon. 


8. Fidel Castro, com 14 anos (direita, com algo na boca ) e seus colegas.Fotografia tirada em 1940 pelo jesuíta espanhol José Maria PATAC.

9. Documento datado de 29 de outubro de 1943. Com 17 anos de Fidel Castro assina para jogar no time de futebol da juventude intercollegiate. A data de vencimento d o recorde de 1945 é o ano em que Castro se formou na Faculdade de Belém. Em adolescente destacou-se como um grande desportista e tornou-se eleito o melhor atleta de sua escola em 1944.

10. Fidel Castro, aos 17 anos, jogando basquete em sua escola (Jesuítas de Belém), em 1943.

11. Fidel Castro, de 19 anos, da Universidade de Havana, 1945. AP Photo. A data de 1945 aparece em diferentes fontes


A forma de ação: assalto ao Moncada e ao fracasso. Ficar no México.



12. Depois de ser preso após o ataque falhou ao quartel Moncada em 26 de julho de 1953, Fidel foi pocesado e condenado à prisão. Durante o julgamento, ele levanta a sua famosa frase "Condene -me , isso não importa, a história vai me absolver" , terminando com sua afirmação de auto - defesa . 

13. Folha de prisão Fidel Castro, 1953. Depois de ser condenado a 22 meses de prisão.

14. Viagem para US antes de ir para o México. Fidel Castro, retrato tomado em 1955 em Nova York, durante uma entrevista após ser libertado em Cuba

15. Fidel Castro, passear pelo Central Park, New York, 1955 



16. Fidel Castro e Ernesto Che Guevara na prisão Miguel E. Schultz no México depois de ser preso em 1956 .

 17. Fidel, em sua cela na prisão  Miguel E. Schultz, no México, 1956.


A insurreição revolucionária

18. Fidel Castro em o Serra Maestra. Fotografia de Enrique Meneses publicada exclusivamente no momento da revista Paris-Match. 

19. Fidel Castro em o Serra Maestra, lendo à luz de velas. Fotografia de Enrique Meneses . 

20. 1957. Fidel Castro fala com Che Guevara na Serra Maestra, quase um ano após a chegada do 'Granma' para Cuba. AFP ( fonte)

21. Sierra Maestra, 1957. Resumindo: Raul Castro. De pé: Ernesto Che Guevara, segundo da esquerda;Fidel Castro, segundo da direita. Foto: Ho / AFP.

22. Fidel Castro na Sierra Maestra em 1958, com o falecido comandante Juan Almeida Bosque ( fonte ).

23. Fidel Castro lendo durante a sua estadia em Sierra Maestra, Cuba, 1958. Foto de Enrique Meneses ( fonte)


24. Durante a batalha de Pino del Agua, Fidel Castro e Che Guevara falam com um camarada rebelde que tinha acabado de chegar de espionagem sobre as tropas de Batista na Sierra Maestra, Cuba, 1958. Foto Enique Meneses .

25. Foto histórica de Fidel em a Sierra Maestra, em 1957. Autor Enrique Meneses. A imagem tornou-se famoso por se tornar capa da revista Paris Match, em 19 de Abril de 1958.

26. Raul Castro, à esquerda, com o seu irmão Fidel. Sierra Maestra, em 1957. Foto: AP Photo / Andrew St. George.


27. Vilma Espin, Fidel Castro, Raul Castro e Celia Sanchez.

28. Vilma Espin com Fidel, Celia e Haydee Santamaria, na Sierra Maestra. 

29. Fidel com Vilma Espin, na Sierra Maestra

30.  Fidel com sua unidade de guerrilha em Sierra Maestra. 

31.  Fidel Castro sentoado com Celia Sanchez (centro) e Vilma Espin (à esquerda. Fidel) em Sierra Maestra. A imagem é possivelmente uma das muitas delas tiradas por Dickey Chapelle, fotojornalista americano conhecido por seu trabalho como correspondente de guerra na Segunda Guerra Mundial e depois na Guerra do Vietnã. Fonte .

32. Fidel Castro com Celia Sanchez Sierra Maestra

33. Fidel Castro na guerrilha, Enrique Meneses foto.

34. Fidel Castro na guerrilha. Fotografia de Enrique Meneses.


35. Fidel em a Sierra Maestra, trabalhando à noite. 

Korda foto:  "No Sierra, seus homens o chamavam de" El Caballo ", por sua força e seu valor ..." , Korda escreve em seu livro  Cuba  


36. Fidel em a Sierra Maestra. Korda foto.  "Desde meados de 1957, as pessoas começaram a falar de" território liberado ", numa fase embrionária de algumas dezenas, depois centenas de quilómetros quadrados na Sierra Maestra ..."  (Korda, em seu livro Cuba ) ( fonte ).


37. Fidel em a Sierra Maestra. Korda foto. "Ao longo da Sierra, Fidel sabia os nomes de cada um e todos os caminhos através das montanhas. Ele tem uma memória incrível e é capaz de recitar livros inteiros ..."(Korda, em sua livro Cuba ) ( fonte )

38. Fidel com Celia Sanchez Sierra Maestra. Korda foto. 


39. Fidel Castro abordar os cubanos através de Radio Rebelde . A estação foi inaugurada pelo Che, ele iniciou suas operações em 24 de Fevereiro de 1958, em Altos de Conrado na Sierra Maestra. Korda foto: . "O povo de Cuba a primeira vez ficou a conhecer Fidel através de suas emissões


Triunfo da Revolução e de defesa contra o imperialismo nos primeiros dias

40. Santa Clara, Cuba. 5 de janeiro de 1959. Fidel Castro na varanda de a Câmara Municipal, onde passou horas conversando com as multidões da cidade que haviam sido libertados por Che Guevara.

41. Fidel Castro em Santa Clara, discurso na Câmara Municipal, em 5 de janeiro de 1959. 

42. Cuba, início de janeiro de 1959. Fidel Castro. Para no caminho para Havana libertada. Foto Burt Glinn. 

43. 1959/08/01, Fidel Castro comemorando a vitória do movimento revolucionário. À esquerda, seu irmão Raul Castro. Foto EFE ( fonte ). 

44. Havana, Cuba. Janeiro de 1959. Fidel Castro falando a um grupo de meninas e freiras. Foto  Burt Glinn .


45.  Fidel Castro, 10 de janeiro de 1959. Retrato de Lester Cole em Havana. Imagem de Lester Cole / CORBIS. Fonte . 

46. Fidel Castro, o discurso em Havana, em 8 de janeiro de 1959. Ao lado de Che e Camilo Cienfuegos. Foto Raul Corrales ( fonte ).

47. 1959. discurso de Fidel Castro poucos dias depois da vitória da revolução, a base militar em Ciudad Libertad, chamada Columbia durante o governo de Fulgencio Batista. AP Photo ( fonte )

48. Havana, Fidel e Che de 1959, após o triunfo da revolução

49. Fidel Castro assinou como primeiro-ministro de Cuba em 16 de fevereiro de 1959. Fonte Wikipedia.

50. Fidel Castro se reúne com o  representante da Oklahoma Creek, WA Reiford, 17 de julho de 1959 

51. Fidel Castro com o representante da Oklahoma Creek, WA Reiford, 17 de julho de 1959  quando Reiford chegou a Havana para abrir um orfanato. Reiford segurando um cachimbo da paz. À esquerda, o capitão. Antonio Nunez Jimenez observa. AP Photo.  Fonte .

52. Fidel e Che. 

53. Um momento histórico invejável. Fidel assina os documentos da nacionalização dos bancos americanos, Havana, 1960 ( fonte )

54. Fidel Castro com Che Guevara em Havana, na Praça da Revolução, 1964. Autor Roberto Salas 


55. Fidel Castro com Che Guevara. data provável: 1961. Autor: ( Fonte )


56. Havana, Fidel março 1960 durante a demonstração e serviço memorial para as vítimas do La Coubre: cicatriz dolorosa de terrorismo contra Cuba

57. Abril de 1961, Fidel Castro em um tanque durante a invasão de Girón, em abril de 1961. Cerca de 1.300 contra-revolucionários cubanos, apoiados pelo governo dos EUA invadiram Cuba. A invasão foi interrompida de forma decisiva, morrendo cem invasores e sendo capturado o resto em  poucos dias. Após a invasão da Baía dos Porcos, Fidel anunciou oficialmente o caráter socialista da revolução cubana.  Fonte . Direitos foto: OAH / AFP / Getty Images.


58. Fidel Castro fala com os membros das Forças Armadas de Cuba durante a invasão de mercenários americanos em abril de 1961 ( source1 , source2 ). Direitos foto: REUTERS / Prensa Latina.

59. Fidel visita a uma brigada de Defesa Aérea durante a Batalha de o Bay of Pigs (também conhecido como a invasão de Girón), em abril de 1961. Em menos de 65 horas, as Forças Armadas Revolucionárias da Cuba esmagado as tropas mercenárias organizada pela CIA.  Fonte .

60. Fidel fala a combatentes em abril de 1961, quando a invasão da Baía dos Porcos (Playa Giron) ocorreu. Fonte .

61. Fidel no julgamento de mercenários americanos, capturados na Baía dos Porcos, em abril de 1961 ( fonte )

62. 1961. Fidel Castro em Playa Giron (Baía dos Porcos), inspecionando o local da invasão de tropas mercenárias enviados pelos Estados Unidos. Fonte . Aujtor: Bob Henriques. © Bob Henriques / Magnum Photos

63. 1962: Fidel Castro retorna a Sierra Maestra depois do triunfo da revolução.

64. Fidel Castro com Che e sua filha Aleida nos braços ( Aleida Guevara March , nascida em 1960), depois do triunfo da revolução. 


65. O funcionário Ernst Hankiewicz, Marita Lorenz e Fidel Castro, em foto de 1959. Fidel foi o tema de inúmeras tentativas por parte da CIA para assassiná-lo.

Um deles onde esteve envolvida Marita Lorenz (foto), contratadoa pela CIA para realizar o assassinato de Fidel. 

66. A hostilidade desde o primeiro momento na imprensa do Império. EU tentou  destruir a revolução socialista muito antes da virada deste. Desde o início, os meios de comunicação americanos expressaram uma "anti furiosa -campanha anti Castro".



Diplomatas viajar para os Estados Unidos nos primeiros dias


67. Fidel Castro, 15 de abril de 1959, conferência de imprensa no aeroporto de Washington ( source1 ,source2 ).

68. Fidel Castro durante uma visita ao jardim zoológico de Bronx, em Nova Iorque, em 23 de abril de 1959 com seu filho Fidelito. 

69. Fidel Castro durante uma visita ao jardim zoológico de Bronx, em Nova York, 22 de abril de 1959, comendo um cachorro-quente ( source1 , source2 ). 

70. Um quadro histórico. Fidel Castro e outros revolucionários cubanos em 1959 junto ao Capitólio dos Estados Unidos 


71. Fidel Castro é recebido na Universidade de Columbia, Nova Iorque, em 22 de Abril, de 1959 ( fonte ).

72. Os defensores de Fidel Castro em Nova Iorque levantar -lo em seus ombros em um momento de júbilo em 21 de Abril 1959 ( fonte ).

73. Nova Iorque. Fidel Castro com Donna Friedman e Lisa Langer no jardim zoológico de Bronx em 22 de Abril 1959 ( fonte ).

74. Fidel durante sua histórica visita a Nova York em 1959, em Hill Park

75. 24 de abril de 1959, Fidel Castro visita uma escola em Queens (Nova York) com seu filho ( fonte ) pensam que o autor poderia ser Bob Henriques, por analogia com uma fotografia semelhante encontrada emmagnumphotos.com



76. Fidel Castro, com repórteres no Hotel Statler em Nova York em 22 de abril de 1959 ( fonte ).

77. Abril de 1959, New York. Castro ri de um título que detalha um plano para assassiná-lo. Foto Bettmann / Corbis. Fonte .


1959, reunido em Washington com o vice-presidente dos EUA, Richard Nixon, durante a primeira visita oficial de Fidel para o US, quatro meses depois de tomar Havana. Source1 ; source2 . Autor:


79.  FideI.Castro de 1959, em Nova York. Foto IC "Chuck" Rapoport. Direitos:. IC Rapoport / Getty Images   Origem 1 .  Fonte 2 .


80. Um encontro histórico marcou o início da frutuosa amizade e compreensão entre Cuba e URSS: Fidel é Khrushcev para a primeira vez, para participar na Cimeira das Nações Unidas em 22 de Setembro de 1960 em Nova York.

81. Fidel Castro e o chanceler Raul Roa, ouvindo o discurso do presidente Eisenhower nas Nações Unidas em 22 de setembro de 1960  ( fonte ).

82. Fidel Castro ouvir intervenção Khrushcev (Jrushchov / Kruschev)  nas Nações Unidas em 22 de setembro de 1960  ( fonte ).

83. Fidel Castro fala na Assembleia Geral da ONU em 26 de setembro de 1960  ( fonte ).


84. Uma outra imagem de Fidel Castro durante seu discurso histórico na Assembleia Geral da ONU em 26 de setembro de 1960 . 

85. A viagem para Nova York Fidel Castro em setembro de 1960, para participar na Cimeira das Nações Unidas. Fidel falando a repórteres no Hotel Theresa./  A história do Hotel Theresa ...  A delegação cubana chegou a Nova York na noite. A insatisfação com o seu tratamento no hotel que a ONU tinha reservado, Fidel decidiu mudar-se para um hotel  de negros modesto de Harlem 



87. Fidel Castro. Almoço ou jantar no Hotel Theresa em 23 de setembro de 1960  ( fonte ).



Cuba-URSS, solidariedade e amizade entre dois países socialistas



88. Khrushchev convidou o líder mais jovem do bloco socialista, Fidel Castro, em uma visita oficial à URSS.


89. Fidel Castro, aprender a esquiar durante uma visita à URSS, 1962.  Foto Korda .


90. Viagem a URSS. Um relacionamento caloroso de confiança. Nikita Khrushchev e Leonid Brezhnev tentam enfiar as calças de um companheiro. Fidel visto no fundo.  Foto Korda .


91.  Fidel comer com Khrushchev. Alberto Korda foto.


92. Fidel Castro fotografa Nikita Khrushchev  e sua família para num  fim de semana na dacha de Nikita. URSS , 1963. 


93. Fidel Castro dirigindo um trator em uma plantação de algodão em Kzyl Uzbequistão, uma fazenda coletiva. Durante sua viagem à União Soviética em 1963 ( fonte ).


94. Fidel e o urso Baikal. Fidel Castro com um filhote de urso que foi oferecido por geólogos da Sibéria durante a sua visita à URSS em 1963, de acordo com uma fonte .

95. Fidel Castro. Visita à URSS em 1963. Reunião com os alunos em Murmansk. Data d foto: 27 de abril de 1963 ( fonte )


96. Fidel Castro. Visita à URSS em 1963 ( fonte ). Em Severomorsk com marinheiros da marinha do Norte.Fidel foi o primeiro eo último na história dos chefes de Estado estrangeiros, que tiveram a honra de ver a plataforma de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais soviéticos ( fonte ).


97. Fidel, durante a demonstração de maio Day 1963 em Praça Vermelha, Moscou ( fonte ).



98. Fidel Castro, a visitar a URSS em 1963, com Khrushchev ao seu lado. Foi o primeiro estrangeiro que foi convidado a participar e seguir uma cerimónia oficial a partir da plataforma do mausoléu de Lenin, (Praça Vermelha, Moscou), até agora um privilégio reservado para o lugar autoridades Soviética 


 Fidel Castro em Moscou. 1963. Foto Korda ( fonte ) . 


100.  foto pouco conhecida de Fidel, feita por Korda na URSS ( fonte ).


101. Fidel Castro de mão na mão com o líder soviético Nikita Khrushchev, 7 de maio de 1964, na Praça Vermelha, em Moscou ( fonte ). Hulton Archive / Getty Images.


102. Fidel Castro se reúne com o presidente soviético Leonid Brezhenev (esquerda) e Nikita S. Khrushchev primeiro-ministro (à direita),


103. Fidel, URSS 1963. Uma recepção calorosa na Geórgia com Khrushchev ( fonte )


104. Fidel, URSS 1963. Uma recepção calorosa na Geórgia com Khrushchev ( fonte )


105. Fidel Castro no aeroporto de Havana acolhe 255 crianças da Ucrânia, afetadas pela radiação de Chernobyl, 02 de julho de 1990 ( fonte )


106. quadro do pintor soviético D. Nalbandian: Brezhnev cumprimenta Fidel Castro. Entre os muitos líderes socialistas que aparecem na imagem, o fundo na última linha Álvaro Cunhal (PCP, Partido Comunista Português) ao lado do retrato de Lenin aparece.


E isso ... Cuba Fidel chegou, bastião do socialismo



107. Fidel Castro aborda a multidão em Havana. A fotografia é com segurança Raul Corrales (às vezes aparece como Raul Corral) eo lugar é a Plaza de la Revolução, em Havana; mas a partir daí o quadro é um exemplo da confusão que domina a rede em relação às imagens históricas. Nós pensamos que esta é a chamada "Primeira Declaração de Havana" , em 2 de Setembro de 1960, tal como expresso no ecured.cu .No entanto , em outros lugares, incluindo cubanos e solvência (por exemplo  Radio Rebelde  ou em um artigo de Atilio Boron em  La pupila Sleepless ), a imagem é apresentada como a "Segunda Declaração de Havana", que teve lugar em 04 de fevereiro de 1962 no mesmo lugar. Parece referência correta ecured , entre outras coisas, a imagem serviu de inspiração para os bilhetes 10 pesos, em que a data indicada é a de 02 de setembro de 1960 (veja a imagem abaixo). Na histórica Primeira Declaração de Havana , você pode ler odocumento você encontrará ecured , que reproduzimos o início: "A voz dos sentimentos genuínos do povo da América subiram grito quando colossal de rebelião e de combate, quando a 02 de setembro mais 1.960 do que um milhão de cubanos reunidos em Assembléia Nacional Geral realizada na Praça da Revolução José Martí aprovado, exultante, a Declaração Primeira d e Havana, lido por Fidel Castro " .
na segunda Declaração (dois anos mais tarde), cujo significado histórico é o mesmo ou até mais, você pode ler o artigo escrito por Atilio Boron : "o documento que mudou a América" . 

108.  10 pesos cuja iconografia foi inspirado na famosa foto de Raul Corrales, mostrando Fidel abordar a multidão na Primeira Declaração de Havana em 2 de setembro de 1960. Na nota sob o título "República de Cuba "aparece:" Declaração de Havana 02 de setembro de 1960 ". 


109. Fidel Castro falando com repórteres em um quarto de hotel em Havana. 1963. Autor: Marc Riboud. © Marc Riboud / Magnum Photos. Fonte .

110. Fidel Castro em Havana, 1964. Foto Elliott Erwitt ( fonte )


111. Fidel Castro uma visita a um projeto habitacional em 1964. Autor: Elliott Erwitt. © Elliott Erwitt / Magnum Photos Fonte .


112. Fidel Castro, Havana, 1964. Autor: Elliott Erwitt. © Elliott Erwitt / Magnum Photos. Fonte .


113. Fidel Castro, quinto aniversário do triunfo da Revolução, 02 de janeiro de 1964, Havana. Fonte

114. Havana. Fidel Castro fala sobre a reorganização do partido 


115. Esta é uma fotografia bonita de Fidel por Elliott Erwitt em 1964, em Cuba. Não temos mais referências, .


116. Fidel Castro em uma plantação de cana-de-açúcar, 16 de julho de 1969 ( fonte ). Foto François Páginas na Paris Match .  Exemplo Dando foi destinado a incentivar as pessoas a produção run "grande colheita", que também envolveu estudantes universitários em férias.

117. Fidel, em um campo de cana-de-açúcar ( fonte ). Embora a fonte foto de referência em 1970, por analogia com o acima deve corresponder à mesma data de 1 de 06 de julho de 1969.



118. Fidel durante um discurso em 1970, durante a campanha Grande Zafra visa aumentar a produção de açúcar. Direitos:. Reuters Fonte .



119. Fidel Castro entregou um presente a cosmonauta Yuri Gagarin, com eles, Ernesto Che Guevara.Havana, 26 de maio de 1961  fonte ).


120. Fidel Castro Yuri Alekseyevich Gagarin abraços ( fonte ). 



121. Fidel Castro assistindo na TV vendo o cosmonauta cubano Arnaldo Tamayo Méndez e o cosmonauta soviético Yuri Romanenko ( fonte ). Arnaldo Tamayo, realizou o vôo histórico para o espaço  acompanhado por  Yuri Romanenko. Tamayo foi premiado com a medalha  medalha de Herói da República de Cuba e da União Soviética recebeu os prêmios de  a Ordem de Lenin eo Herói da União Soviética.


122. Fidel Castro, Raul Castro, e o cosmonauta cubano Arnaldo Tamayo Méndez e cosmonauta Yuri Romanenko Soviética durante a recepção no aeroporto de Havana após astronautas retornam de vôo espacial em "Soyuz 38, Outubro de 1980 

123. Fidel Castro fala em uma reunião no aeroporto de Havana na partida do pessoal médico enviados à Arménia, 10 de maio de 1978.


124. Fidel Castro faz uma pausa para a reflexão durante o seu discurso nas Nações Unidas em 12 de Outubro 1979 ( fonte ).

125. Fidel depois de participar em Nova York em uma reunião da ONU sobre o avião de volta para Cuba, de 1979.

126. Vilma Espin com Fidel em uma das reuniões da Federação das Mulheres Cubanas. A FMC foi fundadaem 23 de agosto de 1960.

127. Fidel leitura. Foto Korda .


128. Fidel Castro em seu escritório em Havana em 2001, olha para um livro de fotografias do triunfo da revolução em 1959, fotógrafo Burt Glinn. Autor: Burt Glinn. © Burt Glinn / Magnum Photos. Fonte .


129. Uma lenda da revolução Melba Hernandez. Na foto com Fidel Castro durante o funeral de seu maridoJesus Montane, em 1999. Melba Hernandez uma heróína da revolução cubana, uma das duas mulheres que acompanharam Fidel Castro no ataque Moncada. Mais tarde , ela também participou da guerrilha. Morreu em 2014 aos 92 anos. 

130. Fidel Castro no Memorial José Martí. Foto: Silvio Rodriguez. 26 de julho de 2010 Fonte.


131. Fidel Castro, em uma reunião de trabalho em 9 de Julho , 2010. Photo Alex Castro. Fonte .



Um líder para além
 fronteiras de Cuba



132. Hemingway e Fidel Castro, em Cojimar, Cuba, verão 1960. Autor:  . Andrew St George  . © Andrew St George / Magnum Photos Fonte .

133. Fidel Castro Álvaro Cunhal, Gustav Husak e Erich Honecker, durante uma conferência internacional, 70.



134. Fidel Castro e Salvador Allende, Palacio de la Moneda, 1971. Foto de Diego Goldberg ( fonte ).

135. O presidente do Chile, Salvador Allende e Fidel Castro em Cuba Vale em dezembro de 1972 ( fonte).

136. Fidel Castro com Arafat. À direita de Fidel, ?? Local, data e autor:



137. Fidel Castro e líder da OLP, Yasser Arafat no aeroporto de Havana, durante a primeira visita a Cuba Arafat, 14 de novembro de 1974 ( fonte )


138. Fidel Castro e do presidente romeno Nicolae Ceausescu, em uma reunião em Santiago de Cuba, em agosto de 1973 ( fonte ).

139. Sukarno com Fidel Castro 1960 ( fonte ). Sukarno foi o primeiro presidente da República da Indonésia após a independência . Ele foi um dos promotores do Movimento dos Países Não-Alinhados, em conjunto com Jawaharlal Nehru (Índia), Gamal Abdel Nasser (Egipto) e Tito (Iugoslávia). Embora ele não era um comunista (especialmente anti-imperialista era um nacionalista), foi em favor da cooperação e entendimento com o (Partido Comunista Indonésio) PKI, o maior partido comunista no mundo depois do chinês e soviético.

140. Agostinho Neto e Fidel Castro março 1977, em Luanda. Kilamba António Agostinho Neto (Angola, 1922 - Moscou, 1979) foi o primeiro Presidente de Angola, e o presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA). Foi sem dúvida um dos mais importantes  anti-imperialista - líderes africanistas.

141. Outra foto de Agostinho Neto com Fidel Castro.


142. Fidel Castro, Che Guevara e Ben-Bella, em Havana, 16 de outubro de 1962. 

143. 28 de setembro de 1960. Uma imagem curiosa por sua localização e os personagens. Presidente Gamal Abdul Nasser do Egito (1918-1970), com Fidel Castro no Harlem de Nova York, durante uma Assembleia Geral da ONU em 1960 ( fonte ). Nasser é considerado o maior  estadista egípcio de todos os tempos e o principal líder político árabe de seu tempo. Foi o primeiro grande promotor do arabismo e do socialismo árabe, mas também um dos promotores do Movimento dos Países Não-Alinhados. 

144. Nasser com Fidel Castro.


145. Fidel Castro com Malcolm X, encontro histórico em Harlem, Nova Iorque (1961) ( fonte ).

146. Amilcar Cabral com Fidel Castro e outros soldados cubanos. Depois do triunfo da revolução, Cuba ENVOLVEU-SE ativamente no apoio a movimentos de libertação africanos que lutam contra o colonialismo Português, exercendo uma liderança anti-imperialista notória no mundo. Amílcar Lopes da Costa Cabral, foi o maior líder revolucionário na Guiné Portuguêsa (agora Guiné-Bissau e Cabo Verde).

147. Fidel Castro com a feminista Africo americana Angela Davis. A norte-americana foi a primeira militante do partido Black Panther e mais tarde o CPUSA, o Partido Comunista EUA. Ativista pelos direitos dos afro-americanos, também é uma das feministas americanas mais importantes do último quartel do século XX. Em 1969, Davis viajou para Cuba para ver em primeira mão as conquistas da Revolução na luta contra a desigualdade racial. Durante a sua estada em Cuba corrobora a ideia de que era inseparável da luta contra o racismo e a luta pelo socialismo.

148. maio de 1972. Fidel Castro desajeitadamente tenta para montar um camelo durante uma visita à Argélia e é ajudado pelo presidente argelino Houari Boumedienne. Christian Simonpietri / Sygma / Corbis. Fonte .

149. Fidel com Houari Boumediene, em 8 de Maio de 1972, em Argel (Argélia). © AFP. Fonte .  Boumediene foi um dos líderes proeminentes na luta contra o colonialismo francês na Argélia. Ele tornou-se Presidente da Argélia e secretário-geral do Movimento dos Países Não-Alinhados. 

150. 09 de setembro de 1973. Encontro com Fidel Castro Hafez al-Assad, em Damasco. © HO / AFP. Fonte .Hafez al-Assad foi uma das figuras importantes do pan - nacionalismo árabe e um dos promotores do Baath.E l Baaz (também Baath ou ba'aṭ), Party of Árabe Socialista Renaissance surgiu em 1947 com três identidade clara: o nacionalismo árabe, o secularismo e do socialismo.

151. Fidel Castro com Ta Thi Kieu, heroína Vietcong, em setembro de 1973, durante uma viagem ao Vietname. © AVI / AFP. Fonte . Ta Thi Kieu era um símbolo das muitas mulheres vietnamitas que pegaram em armas para lutar contra o exército dos EUA



152. I Encontro entre Fidel e Olof Palme, em Havana, 1975. Fidel Castro recebe Olof Palme, o primeiro-ministro da Suécia e sua esposa Lisbeth Palme, no aeroporto de Havana, 26 de julho de 1975. Olof Palme foi assassinado sob circunstâncias misteriosas em 1986, depois de se ter oposto várias vezes à política dos EUA. © AMERICA PRESS / AFP.  Fonte .


153. Gabriel García Márquez (1927-2014) e Fidel: história de uma longa amizade.



154. Abriel García Márquez (1927-2014) e Fidel: história de uma longa amizade.

155. Fidel Castro em sua reunião com o líder Rev. Jesse Jackson Africano americano

156. Fidel Castro com um chapéu de palha e uma huaso poncho chileno ou ao visitar a pequena cidade agrícola de Santa Cruz, 120 milhas ao sul de Santiago do Chile. 25 de novembro de 1971. AP Photo.Fonte . 



157. Indira Gandhi e Fidel Castro. 

158. Indira Gandhi e Fidel Castro. 


159. Indira Gandhi e Fidel Castro. 

159b. Erich Honecker com Fidel Castro. Leuna (RDA), 1972. Autor Thomas Billhardt. Fonte .

160. Fidel Castro dá o boné a Diego Maradona, Havana, 28 de julho, 1987 ( fonte )

161. Fidel Castro com Maradona em Havana

162. dezembro de 1995, Fidel Castro visita a Grande Muralha da China durante o 9 - visita oficial de um dia à China



163. Oliver Stone com Fidel Castro em Havana


164. Fidel Castro com Evo Morales


165. Fidel Castro, Evo Morales.

166. Rafael Correa com Fidel Castro

167. Fidel Castro e Dilma Rousseff. Havana, 27 de janeiro de 2014. 

168. Cristina Kirchner visita Havana e  Fidel

169. Duas reuniões com Putin Fidel Castro em Havana. 


170. 


171.


Com o nosso lembrado
 e cativante Dolores


172. A mesma luta pelo socialismo. Dolores Ibarruri e Fidel Castro. Cuba, 1963. Foto:  Arquivo Histórico PCE


173. Uma fotografia agradável de Fidel Castro com Dolores Ibarruri.

174. Dolores Ibarruri e Fidel Castro. fotografia Korda ( fonte ). 

175. Dolores Ibarruri com Fidel Castro em 1964 em Moscou. © Sholomovich / RIA Novosti. Fonte .




Amizade e compreensão entre os dois líderes históricos, exemplos para a juventude do futuro.


176. Nelson Mandela com Fidel Castro. Presidente Sul Africano, Nelson Mandela cumprimenta o presidente cubano, Fidel Castro na 12ª Reunião de Cúpula do Movimento Não-Alinhado, 02 de Setembro de 1998. Juntamente com a mulher  Graça Machel.


177.  Nelson Mandela com Fidel Castro. S eptembre 1998. © Mike Hutchings / Reuters. Fonte .


178. Nelson Mandela com Fidel Castro.  Mandela cumprimenta a multidão com Fidel Castro em Matanzas, Cuba, em julho de 1991. Fonte .


179.  Nelson Mandela com Fidel Castro. Durante a celebração do "Dia da Revolução", na cidade de Matanzas, Cuba, Sábado, 27 de julho de 1991. Os cubanos comemoraram o 38º aniversário da revolução. Source1 ; Fonte 2 .



180.  Nelson Mandela com Fidel Castro.  Autor, local, data: 



181.  Nelson Mandela com Fidel Castro.  ¿1991? Autor e local:



182.  Nelson Mandela com Fidel Castro.  Autor, local, data: 





183. Cuba, Fidel Castro 1964 e Lisa Howard. 


184. Cuba, 1964. Outra foto de Fidel Castro com Lisa Howard.

185. Barbara Walters com Fidel Castro em Havana, 1977. Barbara Walters, em sua longa carreira de 50 anos, tornou-se uma pioneira do jornalismo americano, tornando-se em 1976 a primeira mulher em um noticiário da noite a copresentar num dos os principais canais dos EUA


186. Barbara Walters com Fidel Castro em Cuba em 1977. Veja legenda do primeiro desta série.

187. Barbara Walters com Fidel Castro em Cuba em 1977. Veja legenda do primeiro desta série.


188. Barbara Walters com Fidel Castro em Cuba, em 2002. 1977.






189.  O presidente cubano, Fidel Castro, brinca com o presidente venezuelano Hugo Chávez em sua chegada em Havana em 15 de novembro de 1999. AP Photo / GregoryBull. Fonte .


190. Fidel e Hugo Chavez. Fevereiro de 2006 no Havana. 


191.  Fidel e Hugo Chávez, na cidade de Sandino (Pinar del Río, Cuba), 21 de agosto de 2005, d urante um rádio de transmissão especial e televisão Chavez semanal, "Alo Presidente" . Foto Reuters. Fonte .


192.  Fidel e Hugo Chavez. 

193.  Fidel e Hugo Chavez. Chávez visita Fidel no hospital em Havana em 2006, depois de uma operação a que foi submetido o último.  Fonte . Direitos: AP.


194.  Fidel e Hugo Chavez,  ouvindo músicas na Feira Internacional do Livro de Havana em fevereiro de 2006. Autor: Claudia Daut. Direitos:. Reuters Fonte . 


195. Fidel Castro, Raul Castro e Chávez. Fevereiro de 2008.


Paixão pelo desporto


196. Fidel Castro jogando um jogo de beisebol em Havana em 1959. Várias fontes.


197. Fidel Castro joga ténis de mesa com os alunos  visitantes americanos Varadaro, Cuba, 30 de agosto de 1963. A foto foi feita por um dos alunos. Fonte .

198. Che Guevara jogando golfe contra Fidel Castro em Havana, 1961.  Fonte .

199. O fotojornalista americano Lee Lockwood em Cuba, com Fidel Castro, a quem ele convenceu a fazer uma entrevista muito pessoal, 1965. Fonte .

200. Fidel Castro jogando beisebol com os professores de uma escola em Sierra Maestra em 1962

201. Fidel Castro jogando beisebol em Havana em agosto de 1964



202. Fidel Castro abraça uma criança durante o 4º Campeonato Amador de beisebol em Havana, 03 de fevereiro de 1965


203. Fidel Castro joga beisebol em Cuqui Bosh Instituto de Santiago de Cuba-27/07/64. Fonte .

204. Fidel Castro e Camilo Cienfuegos com a equipe de "The Bearded" formada por guerrilheiros Movimento 26 de Julho .  Havana, 1959.  Em 24 de julho de 1959, foi organizada uma partida de exibição entre Los Barbudos ea Polícia Nacional de Cuba , antes de um jogo entre os Reis de açúcar e Red Asas Rochester . Fidel e Camilo eram parte da equipe logicamente Los Barbudos .

205. Outra foto de Fidel com a equipe de "The Bearded", 24 de julho de 1959, Havana. Ver legenda explicativa para a foto acima.

206. Fidel Castro e Camilo Cienfuegos com a equipe de "The Bearded", 24 de julho de 1959, Havana. Ver legenda explicativa da imagem No. 204.


207. 14 de maio de 2002. Castro observa o ex-presidente dos EUA Jimmy Carter jogando uma bola de beisebol antes de um jogo entre duas equipas cubanas em Havana. Carter foi o primeiro ex-presidente dos EUA a visitar Cuba desde os 1959 revolução Sven Creutzmann / Mambo Photography / Getty Images.  Fonte.

208. paixão para o basebol toda a sua vida. Baseball é um dos esportes mais populares em Cuba.

209. Fidel Castro com Teofilo Stevenson e Muhammad Ali em Havana em agosto de 1996. O primeiro é considerado o melhor pugilista cubano de todos os tempos e uma das principais figuras do mundo de boxe olímpico. 

210. Mohamed Ali (Cassius Clay), com Fidel Castro em Havana, de 2001 ( fonte ).


211. O jogo de xadrez. Bobby Fischer contra Fidel Castro em 1966. Source1 ; source2 . 


Sempre Fidel!


212. revolução Album adesivos que já tiveram grande popularidade entre as crianças cubanas. Uma verdadeira jóia para colecionadores, mas também um material educativo muito interessante tão pouco que já vimos em a Internet.


213. Havana, Cuba. 2001. Fidel Castro com o fotógrafo americano Burt Glinn (1925-2008) e sua esposa Elena Prohaska no escritório oficial de Castro. 


214. 16 de novembro de 1999. Castro experimentando e atirando piadas a alguns óculos escuros enquanto fala à imprensa em Havana, durante uma cimeira internacional. Christophe Simon / AFP / Getty Images. Fonte . Foi no programa popular espanhol Harder They Come (CQC) apresentado por  El Gran Wyoming, em 2009  que ele obteve os famosos óculos de sol . 

215. "Kalashnikov Castro."  Fidel Castro com um rifle de assalto Kalashnikov (AK - 47),


216. Fidel Castro, 11 de agosto de 2011. Autor:. Alejandro Ernesto Fonte .

217. Fidel Castro, em Setembro de 2010. Fotogafía Adalberto Roque.

218. Fidel Castro.


219. Fidel Castro durante a cerimônia em que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, recebeu o prêmio da UNESCO José Martí por seus esforços em educação, 03 de fevereiro de 2006 em Havana,

220. Uma janela reflete uma imagem de Fidel Castro em um bairro de Havana. Autor: Paolo Pellegrin. © Paolo Pellegrin / Magnum Photos. Fonte .


221. A jornada histórica. Fidel Castro, chegando em Moscou, em 1963. Autor: Alberto Korda Fonte .

222. Havana, Cuba. As crianças jogam futebol atrás de uma imagem de Fidel. 29 de maio de 2015

223. Fidel Castro, Santiago de Cuba, 1964. Autor:. Osvaldo Salas Fonte .


224. Fidel, 09 de janeiro de 2014, durante a apresentação de uma galeria de arte em Havana. Fonte .

225. Fidel, 09 de janeiro de 2014, durante a apresentação de uma galeria de arte em Havana. Fonte .

226. Viva Fidel. Cuba

227 . Fidel (1994),





VÍDEO
Carlos Puebla - E que veio Fidel



blogdelviejotopo.blogspot.pt