AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quarta-feira, 23 de novembro de 2016

PARADINHOS E GORDINHOS

Foi divulgado o Relatório Health at a Glance: Europe 2016. Para além dos dados preocupantes relativos à população adulta alguns indicadores sobre o universo dos mais novos são motivo de preocupação.
Em Portugal mais de uma em cada quatro crianças tem excesso de peso. Nas raparigas ultrapassa os 30% e nos rapazes temos 25%.
Acresce que no que respeita à actividade física e considerando a recomendação da OMS de uma hora diária de actividade física aos 11 anos só 16% das raparigas e 26% dos rapazes cumprem e aos 15 anos temos 5% das raparigas e 18% dos rapazes.
Estes dados estão em linha com os de relatórios anteriores e com estudos nacionais sobre os hábitos alimentares e estilo de vida dos mais novos.
Recordo um trabalho, creio ser 2014, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto sugerindo que aos 4 anos mais 87% das crianças ultrapassa já “os valores toleráveis de sal” para a sua idade. Crianças com dois e “têm consumos alimentares nada saudáveis”, aos dois anos, por exemplo
Lembro um outro,  “EPACI Portugal 2012 – Estudo do Padrão Alimentar e de Crescimento na Infância”, segundo o qual, 31.4% das crianças portuguesas entre os 12 e os 36 meses apresentam excesso de peso e 6.5% situações de obesidade. 
A Direcção-Geral de Saúde e o ME têm vindo a determinar que nas escolas alimentos hipercalóricos, como doces ou bolos, não sejam expostos, devendo ficar visíveis aos olhos dos alunos os alimentos considerados mais saudáveis em como estão em curso medidas no sentido de baixar a publicidade a alimentos e bebidas com maior carga calórica.
Ainda um estudo divulgado de 2015 da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, encontrou 17% de rapazes e 26% de raparigas de quatro anos, sublinho, quatro anos, com excesso de peso e obesidade e níveis de colesterol elevados, um cenário verdadeiramente preocupante e de graves consequências futuras.
Creio ainda de sublinhar que estudos realizados em Portugal mostram que a obesidade infantil é já um problema de saúde pública, implicando, por exemplo, o disparar de casos de diabete tipo II em crianças.
Apesar de parecer uma birra ou teimosia acho sempre importante sublinhar a importância que deve merecer a questão dos hábitos alimentares e o combate ao sedentarismo, sobretudo nos mais novos.
No que respeita á actividade física, um trabalho da Universidade de Coimbra divulgado em 2013 sublinhava, mais uma vez, o impacto que o sedentarismo tem na saúde das crianças. Este estudo envolveu 17424 crianças entre os 3 e os 11 anos e mostrou a forte relação entre hábitos fortemente sedentários, ver televisão por exemplo, e obesidade infantil e óbvias consequências na saúde e bem-estar dos miúdos.
Um outro trabalho de 2012 da Faculdade de Motricidade Humana envolvendo cerca de 3000 alunos que evidenciava o efeito positivo da actividade física no rendimento escolar para além dos benefícios óbvios na saúde.
Também em 2012, um trabalho divulgado na Lancet referia que em Portugal, entre os adolescentes, dos 13 aos 15, quatro em cada cinco não são fisicamente activos.
As consequências potenciais deste quadro em termos de saúde e qualidade de vida são muito significativas, quer em termos individuais, quer em termos sociais. Assim, e como já tenho referido, um problema de saúde pública desta dimensão e impacto justifica a definição de programas de prevenção, educação e remediação que o combatam. Provavelmente, teremos algumas reacções contra o chamado “fundamentalismo nos hábitos individuais” mas creio que são também de ponderar as implicações colectivas e sociais do problema.
No entanto, como sabemos, o excesso de peso e os riscos associados não serão, para a esmagadora maioria das miúdos e graúdos nessa situação, uma escolha individual, é algo de que não gostam e sofrem, de diferentes formas, com isso.
Eu sei que à escola não compete tudo. Não pode, nem deve ser responsável por todos os problemas que afectem a população em idade escolar. Sei, sabemos, no entanto, que pela educação é que vamos lá.

atentainquietude.blogspot.pt

Ex-piloto e ex-agente da CIA choca o mundo: “Nenhum avião atingiu as torres gêmeas. Eram hologramas”


O polêmico John Lear, filho de Bill Lear (inventor do Learjet – jato executivos de alta performance) deu uma entrevista explosiva em um canal de TV norte americano

John conta que era ‘fisicamente impossível’ que aeronaves Boeing 767 tivessem atingido as Torres gêmeas em no 11 de setembro.

ERAM HOLOGRAMAS

“Eram pilotos amadores” disse John.

“Nenhum Boeing 767 atingiu as torres gêmeas. Foi tudo foi uma forma fraudulenta alegada pelo governo, mídia e seus comparsas.

Os prédios foram implodidos!

Um Boeing 767 não pode atingir uma velocidade de 540 mph a 1000 pés acima do nível do mar.

Nenhuma parte significativa do Boeing 767 ou do motor poderia ter penetrado as colunas de aço de 14 polegadas e 37 pés do núcleo maciço da torre, sem que parte caísse no chão.

Os restos do acidente deveriam conter partes maciças do Boeing 767, incluindo 3 núcleos do motor pesando aproximadamente 4 mil quilos cada um.

Não havia nenhuma evidência de qualquer um destes componentes estruturais dessas aeronaves no WTC.

O desaparecimento completo de um Boeing 767 é impossível!"





















PORQUE TODOS NÓS VIMOS AVIÕES?

John alega que foram usados hologramas e diz que o governo tem a tecnologia capaz para realizar tal façanha.

O depoimento do executivo, realizado em 28 de janeiro de 2014, é parte de um processo judicial que está sendo investigado por Morgan Reynolds no Tribunal Distrital dos Estados Unidos, Southern District, NY.

Morgan Reynolds, ex-economista-chefe do governo Bush, entrou com um pedido de correção no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Estados Unidos a respeito de sua crença de que nenhum avião atingiu os prédios.

O capitão John Lear, de 65 anos de idade, aposentado e ex-piloto da CIA, é membro do site Pilotsfor911truth.org, um grupo de pilotos profissionais que alegam que o governo americano está mentindo sobre o que aconteceu naquele dia fatídico.

Apesar de seus argumentos e de fornecer evidências para refutar as reivindicações do governo, ele foi ignorado pela mídia e pelas autoridades do governo.



Segundo John Lear, nenhuma parte significativa do Boeing 767 ou o motor poderia ter penetrado as colunas de aço de 14 polegadas e 37 pés para além do núcleo maciço da torre, sem parte dela cair no chão. Os restos do colapso deveriam ter contido seções maciças do Boeing 767, incluindo 3 núcleos do motor pesando aproximadamente 4 mil quilos, no entanto, não há nenhuma evidência de qualquer um destes componentes estruturais maciças de ambos 767 no World Trade Center.





www.marchaverde.com.br

O assassino da deputada trabalhista britânica Jo Cox foi condenado esta quarta-feira à prisão perpétua.



O assassino da deputada trabalhista britânica Jo Cox foi condenado esta quarta-feira à prisão perpétua.
Thomas Mair de 53 anos e com ligações à extrema-direita, foi reconhecido culpado de um crime, “premeditado, movido pelo ódio” e “um ato de terrorismo destinado a defender a sua ideologia desviante”, segundo o tribunal.

–– ADVERTISEMENT ––


O homem que sofria de depressão e que se encontrava sob tratamento médico tinha agredido mortalmente a deputada, a 16 de junho, a uma semana do referendo à saída do Reino Unido da União Europeia.
Jo Cox de 41 anos era uma das principais vozes do partido trabalhista a defender os direitos dos imigrantes e a fazer campanha pela permanência do Reino Unido na UE.
O assassino teria gritado, “o Reino Unido primeiro”, antes de lançar o ataque, um dos lemas dos defensores do “Brexit”.
O marido de Cox, Brendan, reagiu à sentença, afirmando que a morte da deputada, “foi um ato político e um ato de terrorismo, motivado pelo ódio”.

VÍDEO

video
pt.euronews.com

AS MAIORES ONDAS JAMAIS VISTAS FORAM AS DO TUFÃO MEGI QUE ASSOLOU A COSTA DA ILHA DE TAIWAN


Um tufão é um fenómeno atmosférico que ocorre quando a pressão e bruscas mudanças de temperatura produzem um sistema fechado de circulação de ar e tempestade. Dependendo de sua força pode ter outros nomes e causar mais ou menos destroços pelas áreas onde passe. Seja como for todos os anos vemos nas notícias os efeitos devastadores destes ventos tempestuosos. Em setembro o tufão Megi assolou a costa da ilha de Taiwan. Seus ventos chegaram a atingir os 205 km/h e causaram 4 mortos, vários desaparecidos, mais de 500 feridos e numerosas perdas materiais.

Tristemente, estamos acostumados a ver todos estes dados nas notícias, quando um temporal açoita alguma população. O que não costumamos ver é o impressionante que pode chegar a ser o fenômeno quando chegar à costa. No seguinte vídeo podemos ver as enormes ondas que o Megi provocou. Dizem que foram as maiores já filmadas. Não sabemos se isto é verdade ou não, mas após ver o vídeo, não estranharia em absoluto já que o farol em destaque tem em torno de 25 metros.

VÍDEO

www.mdig.com.br

Trou de Bozouls, ou "Buraco de Bozouls", é um grande canhão em forma de ferradura localizado perto da comuna de Bozouls, no departamento de Aveyron no sul da França.

Trou de Bozouls, ou "Buraco de Bozouls", é um grande canhão em forma de ferradura localizado perto da comuna de Bozouls, no departamento de Aveyron no sul da França. O meandro foi escavado na pedra calcária pela ação erosiva da água corrente do rio Dourdou que atravessa o largo platô de calcário de Causse Comtal no Maciço Central. O desfiladeiro tem 400 metros de diâmetro e mais de 100 metros de profundidade. A característica mais marcante deste monumento natural é a cidade de Bozouls empoleirada na borda da curva.

01
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 01
Via: Syl Lemouzy
A localização geográfica de Bozouls, acima de uma das curvas do rio Dourdou, dá à cidade uma fortaleza naturalmente defensiva. A região do Maciço Central, constituída por montanhas e planaltos, e cobrindo cerca de 15% de toda a França, começou a formar-se há cerca de 600 milhões de anos, quando a orogênese hercínica resultou no empuxo de grandes cadeias de montanhas.

As novas montanhas continuaram a se formar há 60 milhões de anos. Cerca de dois milhões de anos atrás, uma sucessão de eras de gelo fez com que as geleiras avançassem e recuassem, fazendo com que os rios subissem e descessem. A paisagem que vemos hoje é o resultado de todos esses fenômenos geológicos.
02
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 02
Via: Mairie-bozouls
03
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 03
Via: Syl Lemouzy
04
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 04
Via: Syl Lemouzy
05
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 05
Via: Syl Lemouzy
06
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 06
Via: Syl Lemouzy
07
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 07
Via: Mya Klips
08
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 08
Via: Sonia Thuery
09
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 09
Via: Inra Dist
10
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 10
Via: Belvedere
11
Bozouls: Uma cidade francesa empoleirada acima de um buraco 11
Via: Belvedere

www.mdig.com.br

MAIS UMA VERGONHA ! Rampas de garagem pagam taxa em estradas nacionais


Portaria é de outubro de 2015 e já há proprietários a serem intimados pela GNR para regularizar a situação.
Uma portaria de outubro de 2015, que fixa taxas a pagar à Infraestruturas de Portugal (IP) para quem tiver acessos a estradas nacionais, está a revoltar moradores e câmaras municipais. Em Cabeceiras de Basto, já houve moradores notificados pela GNR para regularizarem a situação, que implica taxas até 500 euros.

http://www.jn.pt

OBRIGADO

Um grande abraço e votos de saúde para o meu amigo e camarada José Gonçalves Cravinho emigrado na Holanda incansável comentador do desenvolturasedesacatos assim como para todos os amigo(a)s e camaradas leitore(a)s deste projecto que tentarei levar por diante.
As vossas opiniões e análises são muito importantes e levam-me a publicar com prazer a política, a cultura, o conhecimento, no meu blog que atingirá esta semana os DOIS MILHÕES DE VISITANTES


Os 28 rios mais esplendorosos do mundo (à superfície ou debaixo de terra)


Alguns exibem-se serpenteando pelos desfiladeiros e montanhas, outros escondem-se centenas de metros abaixo dos nossos pés. Conheça 28 rios magníficos, superficiais ou subterrâneos.


Há o rio Colorado, que atravessa as zonas mais áridas dos Estados Unidos e que é rei e senhor da América do Norte. Há o rio Futaleufú, azul como só ele na Patagónia, alimentado pelos glaciares que vão derretendo pelos raios do sol. E depois há rios como o Puerto Princesa, que vagueia a centenas de metros de profundidade por grutas e cavernas calcárias sem nunca conhecer a luz do dia.

A água compõe 71% de todo o planeta e a maior parte está nos oceanos: são umas astronómicas 1,35 x 10¹8 toneladas métricas de água salgada. Mas fora deles também se pode admirar a beleza de um elemento essencial à vida: os rios fertilizam as terras, embelezam as paisagens e regulam as temperaturas do planeta. Alguns nascidos e criados à superfície, outros com berço nas profundezas da Terra, uma parte deles encaminhados para lá pelas atividades humanas.

Conheça 28 rios esplendorosos do planeta Terra na fotogaleria.



























































observador.pt