AVISO

O administrador deste blogue não é responsável pelas opiniões veiculadas por terceiros, nem a sua publicação quer dizer que delas partilhe, apenas as publica como reflexo da sociedade em que se inserem, dando-lhes visibilidade, mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia de situações menos claras do ponto de vista ético.

Atenção este blog tem tradutor se quiser traduzir clique com o botão direito do rato ou procure o tradutor no fim da publicação e clique onde diz traduzir para português ou outro idioma.


quarta-feira, 31 de agosto de 2016

em rota de despedida


Grupo de baleias quase encalha em ilha espanhola




Na mitologia grega acreditavam que as baleias e os golfinhos se suicidavam porque, segundo eles, tinham sido expulsos do mar por Netuno, deus dos mares. Hoje graças aos estudos sobre o comportamento desta espécie, existem diversas teorias a respeito do suicídio em massa. Uma expõe que os grupos de mamíferos marinhos são afetados por alguma infecção que danifica seu sistema de navegação baseado no eco. No entanto, a maioria dos pesquisadores coincidem na teoria da desorientação, dado porque os cetáceos são gregários, transladam-se pelos oceanos guiados por um líder que, se perde ou fica doente, fazendo com que o resto do grupo imite sua conduta.

Muito provavelmente foi isso que aconteceu, quando banhistas em uma praia em Lanzarote, na Espanha, uma das ilhas Canárias ao largo da costa da África Ocidental, foram surpreendidos por um grupo de baleias-piloto desorientado, que começou a se aproximar da costa até que várias delas quase ficaram encalhadas.

Nesse ponto, em face de uma situação de emergência óbvia, todas as pessoas presentes intervieram da única maneira que podiam, que era através da criação de uma espécie de corrente humana que impediu as baleias de alcançar a praia, enquanto suave e lentamente foram de moevendo em direção ao mar. No final, eles conseguiram realizar esta tarefa difícil!

VÍDEO


www.mdig.com.br

UM VÍDEO ESPECTACULAR - CARANGUEJO EREMITA RESOLVE MUDAR DE CONCHA E LEVA O SEUS AMIGOS ANTES HOSPEDADOS NO EXTERIOR DA SUA ANTIGA CASA



O caranguejo-ermitão é um bicho bem vulnerável: seu abdômen é frágil e não possui carapaça protetora. Por isso ele sempre busca uma concha vazia de outro animal e passa a usá-la como seu abrigo. Acontece que muitas vezes ele também muda de casa e quando isso acontece ele leva tudo que lhe pertence como em uma mudança comum. Como podemos ver neste impressionante e raro vídeo, capturado por Jonathan Bird para sua terceira temporada de Blue World, que mostra um comportamento raramente registrado, quando este crustáceo leva também as anêmonas para a nova concha.




Os dois tem relações mutuamente benéficas e sabem que sobrevivem melhor juntos do que sozinhos. Ao colocar uma anêmona-do-mar em sua carapaça, o ermitão sabe que terá uma camada extra de camuflagem e se protegerá de ataques de predadores como os polvos, que não gostam muito do sabor dos cnidários. O vídeo não tem legendas, mas é auto-explicativo por si só.

VÍDEO

www.mdig.com.br

UM VÍDEO ESPECTACULAR - CARANGUEO EREMITA RESOLVE MUDAR DE CONCHA E LEVA O SEUS AMIGOS ANTES HOSPEDADOS NO EXTERIOR DA SUA ANTIGA CASA



O caranguejo-ermitão é um bicho bem vulnerável: seu abdômen é frágil e não possui carapaça protetora. Por isso ele sempre busca uma concha vazia de outro animal e passa a usá-la como seu abrigo. Acontece que muitas vezes ele também muda de casa e quando isso acontece ele leva tudo que lhe pertence como em uma mudança comum. Como podemos ver neste impressionante e raro vídeo, capturado por Jonathan Bird para sua terceira temporada de Blue World, que mostra um comportamento raramente registrado, quando este crustáceo leva também as anêmonas para a nova concha.




Os dois tem relações mutuamente benéficas e sabem que sobrevivem melhor juntos do que sozinhos. Ao colocar uma anêmona-do-mar em sua carapaça, o ermitão sabe que terá uma camada extra de camuflagem e se protegerá de ataques de predadores como os polvos, que não gostam muito do sabor dos cnidários. O vídeo não tem legendas, mas é auto-explicativo por si só.

VÍDEO

www.mdig.com.br

10 animais que se camuflam muito bem


A arte de se camuflar e passar despercebido por um predador ou para ser despercebido por suas presas, é de muito valia no mundo animal, sendo uma característica moldada ao longo da evolução e que eu admiro muito. Afinal, como estes animais puderam adquirir essas características, se camuflando tão facilmente no ambiente onde se encontram? Isso é bem simples de entender, quando você ver este post sobre a Seleção Natural: Como funciona?.


Veremos abaixo os animais que se camuflam perfeitamente no ambiente em que vivem.

1º – Polvos
Estes animais são incrivelmente habilidosos e passam tranquilamente despercebidos por predadores. Veja abaixo um vídeo em que um polvo está em repouso, de tal forma que pareça fazer parte dos corais, como se fosse uma “rocha”.

VÍDEO

Veja também este outro polvo que está se camuflando em uma outra “rocha” de corais. No começo do vídeo você nem faz idéia de onde ele esteja, porém somente quando ele se move é possível identificá-lo.

VÍDEO

É importante ressaltar também que os polvos quando ameaçados soltam uma “fumaça” na água para escapar, deixando o possível predador confuso, perdendo-o de vista.




2º – Anuros
Anuros são também animais que se camuflam muito bem no ambiente em que se encontram. Algum também fazem mimetismo (se parecem com animais venenosos ou com outros animais que indicam perigo, veja este post Mimetismo – Adaptações Especiais), e ao invés de se parecer com o ambiente, eles se destacam com cores chamativas, como azul, vermelho, amarelo. Veja esta espécie de anuros que se parece com folhas:

Sapo-de-chifre que se parece com macrófitas aquáticas

Anuro da família Microhylidae
Rã camuflando-se entre folhas secas


3º – Camaleão
Outro mestre do disfarce é o camaleão. Alguns podem mudar suas cores para os mais variados tons, como o camaleão pantera, e outros podem “ajustá-las” para tons que o deixem o mais camuflado possível. Existem muitas espécies de camaleão, com os mais variados padrões de coloração, formato e tamanho.




4º – Lagartas
Os invertebrados também tem vez nessa história de se camuflar. Muitas espécies de borboletas e mariposas quando em processo de metamorfose (fase de lagarta) possuem colorações e formatos de cabeça/corpo propiciando um disfarce perfeito, o que evita a sua predação.






5º Bicho-pau
O bicho-pau também é extremamente habilidoso na arte de se camuflar. Por se movimentar lentamente e se parecer muito com o ambiente que vive (galhos, troncos) ele também tem um imenso sucesso o que garante que não seja predado tão facilmente, aumentando as chances de reprodução mantendo a espécie viva.



6º Peixes
Os peixes também conseguem se esconder de seus predadores de forma muito eficaz, ou até mesmo se esconde de suas presas para dar o bote certeiro e capturá-las rapidamente. Existem várias espécies de peixes que se camuflam, tendo as mais variadas formas e cores, podendo ser peixes ósseos ou cartilaginosos como raias e tubarões.

Linguado se camuflando em meio a areia no fundo d’água
Raia (peixe cartilaginoso) se camuflando na areia


7º – Urutau
O Urutau é uma ave brasileira mestra na camuflagem também. Ela fica parado, estático em troncos secos, com os olhos fechados de tal forma que se não olharmos com atenção, ele fica imperceptível. É uma ave muito habilidosa nessa arte. A camuflagem em aves é algo que não ocorre muito, sendo o urutau um ícone neste caso.






8º Leões
Os leões são os reis da selva nas savanas e isso não ocorre só porque caçam em bandos e são fortes, ocorre também porque a coloração deles é extremamente parecida com a coloração da vegetação de pequeno porte nas Savanas. Sendo assim, podem facilmente chegar até uma presa despercebidos, aliando a habilidade em caminhar suave (típico de todos os felinos) juntamente com a coloração perfeita. Um ataque preciso!



9º – Borboletas e Mariposas
Estes pequenos invertebrados também possuem incrível capacidade de mimetizar outros animais, como aquelas que possuem “olhos” nas asas, o que parece imitar uma coruja ou ave parecida. Porém elas também podem ser despercebidas, ao contrário do mimetismo, camuflando-se perfeitamente.





10º – Louva-Deus
O louva-deus possui cores incríveis que também lhe propicia a camuflagem. Como em qualquer outro animal,  a camuflagem dos louva-deus é ideal para protegê-los contra a predação das aves, pois ficam expostos e não se escondem. Alguns ficam em flores, outros em folhas e galhos.





www.euquerobiologia.com.br

A ARTE DA CAMUFLAGEM EM ANIMAIS, OBJECTOS, PESSOAS - DESCUBRA !




Animals1Camouflage_11_1641377aCamouflaged-10halloween-camouflage-920-16human-camouflagemilitary_camouflage_22






 AQUI ESCONDE-SE UMA AVE
 AQUI UM LEOPARDO

AQUI ESTÁ MAIS UM ANIMAL CAMUFLADO




 UMA AVE
 UMA GIRAFA

UMA CORUJA



HOMEM/SOLDADO