AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


domingo, 26 de junho de 2016

JORNAL FRANCÊS QUE CONSIDEROU JOGO PORTUGUÊS "BEM NOJENTO" PEDE DESCULPA


Portal '20 minutes' deixa claro que não quis ofender ninguém
Jornal francês que considerou jogo português bem nojento pede desculpa

O portal francês '20 minutes' utilizou este domingo a sua conta no Facebook para pedir desculpas pelo título colocado no sábado para analisar o duelo entre Portugal e Croácia, no qual classificou o jogo português como "bem nojento". Na nota emitida, que em anexo tinha o artigo de sábado já com um novo título ("Esta equipa portuguesa não é bonita, mas está nos 'quartos'"), o portal gaulês pede desculpas "se as palavras utilizadas tenham ofendido os leitores". 

"Nunca julgámos uma nação ou uma cultura, mas sim a equipa em si, nada mais. Por 'nojento' queríamos enfatizar o facto de o jogo português ser restritivo e chato, reconhecendo que, mesmo assim, serviu para superar a Croácia, equipa apontada como potencial vencedor do Euro'2016", justifica o mesmo site, que depois explica por que razão o título da crónica fora alterado: "Decidimos mudar o título do artigo, que respeitando a nossa visão do jogo português, agora evita que se pense que nos estamos a referir a algo mais do que futebol."

www.record.xl.pt

NOMADISMO (1) - A VIDA GELADA DOS NÓMADAS DO ÁRTICO RUSSO

nomadismo é a prática dos povos nômadas,ou seja,que não têm uma habitação fixa, que vivem permanentemente mudando de lugar.
Usualmente são os povos do tipo caçadores-coletores ou pastores, mudando-se a fim de buscar novas pastagens para o gado, quando se esgota aquela em que estavam. Os nômadas não se dedicam à agricultura e frequentemente ignoram fronteiras nacionais na sua busca por melhores pastagens.
A maioria dos antigos povos nômadas tornaram-se sedentários com a descoberta da agricultura. No entanto, ainda hoje subsistem sociedades nômadas, como algumas tribos de tuaregues do Sahara.
O nomadismo na economia recolectora era motivado pela deslocação das populações que, na procura constante de alimentos, acompanhavam as movimentações dos próprios animais que pretendiam caçar, procuravam os locais onde existiam frutos ou plantas para recolher ou necessitavam de se defender das condições climáticas ou dos predadores. Este tipo de nomadismo manteve-se entre as comunidades que persistiram no modo de produção recolector.

Há, portanto, uma diferença básica entre este tipo de nomadismo e o nomadismo coincidente com o início da criação de gado. Alguns povos, eventualmente por razões de natureza ambiental ou por ao longo dos anos se terem afastado dos agricultores, preferiram um tipo de vida exclusivamente dedicado à criação de ovelhas, cabras, bovinos e outros animais. A pastorícia implica uma frequente deslocação dos animais criados em função dos recursos naturais existentes ou para possibilitar a renovação da flora. Em consequência da sua constante mobilidade, os nómadas não produziam, em geral, qualquer espécie de cerâmica, que tinham de obter por troca.
Na Ásia Central e Setentrional a população optou e continuou com o seu estilo de vida característico dos nómadas, mudando frequentemente os seus locais de acampamento. Ampliou-se com o avanço e a diversificação da criação de gado e tem sobrevivido até aos nossos dias sem modificações assinaláveis. É o caso das tribos nómadas mongóis, a viverem em regiões onde a vegetação típica das estepesproporciona boas pastagens com condições naturais para a manutenção de grandes rebanhos.
Na Índia uma cultura nómada de caçadores destacou-se na domesticação e criação de animais. Grupos de pequenas famílias ou comunidades, atravessavam os rios utilizando jangadas, cobriam o corpo com peles de animais e usavam equipamento de caça como o arco e a flecha com micrólitos na ponta.
No Saara uma economia de pastoreio nómada mais desenvolvida pode ter sido também uma consequência da desertificação crescente. Na África Oriental, fenómenos como a dessecação dos lagos, onde eram abundantes os recursos alimentares, alterou a fixação das populações que passaram a um regime de pastoreio nómada que permaneceu até tempos recentes.

 Uma Litografia de 1848 mostrando nômades Ghilzai no Afeganistão.
 Pastores nômadas acampando perto deNamtso em 2005. Aproximadamente 40% da população do Tibete é nômada ou semi-nômada.[
Família Sami da Noruega, cerca de 1900. Os povos nômades árticos e subárticos criam renas há séculos
wikipédia


 OS NÓMADAS DO ÁRTICO
O fotógrafo Sasha Leahovcenco arriscou uma gelada viagem até à região de Chukotka, no norte da Rússia, para fotografar os nómadas do Ártico no seu dia-a-dia. Segundo Leahovcenco, que teve de suportar temperaturas de -45ºC, esta foi a primeira vez que a família foi fotografada. Assim, e como Sasha levou uma impressora digital, eles puderam ver-se, pela primeira, em retrato.

Leahocvenco fotografou os homens, mulheres e crianças de Chukotka, ouviu as suas histórias e aventuras de séculos e séculos de tradições imutáveis. Veja algumas das fotos.
















greensavers.sapo.pt

poesia:António Garrochinho



é ela quem manda na sua mente
é ela que se revolta e se afirma como gente
dona do seu corpo vestida ou nua
é ela que escolhe o amor
e no coração já arranjou lugar para o pôr
tem a cabeça na terra
e os pés, o sonho, no algodão da lua


António Garrochinho

Vídeo - Jerónimo reticente quanto à realização de um referendo





O secretário-geral do PCP disse domingo que Portugal deve estar preparado para se libertar do euro. Mas, Jerónimo de Sousa, mostrou-se reticente quanto à realização de um referendo, remetendo as decisões em matérias europeias para "as instituições nacionais".

Sobre um eventual referendo, Jerónimo lembrou que tal como a adesão à CEE não foi objeto de consulta popular, o mesmo se deve aplicar noutros casos, já que as instituições nacionais "têm legitimidade" para reconsiderar as decisões no que diz respeito à Europa.

Jerónimo de Sousa, que falava após uma reunião do comité central do PCP para analisar a situação política e económica nacional e internacional.

VÍDEO

video


www.rtp.pt

A imigração é tudo menos um assunto menor


Demos de barato que foi o tema da imigração que motivou o recente terramoto no Reino Unido e que se irá propagar pela União Europeia. 

Não é por acaso que os povos migram. Cada caso é uma história, mas talvez se possa olhar para as grandes linhas. Na massa, a imigração é sempre a válcula de escape de um sistema desequilibrado. Seja pela guerra, seja pelas diferenças de condições económicas e sociais. Os números dos gráficos seguintes, juntamente com mais informação, podem ser encontrados no último boletim estatístico sobre os movimentos migratórios no Reino Unido, divulgado pelo organismo estatístico oficial britânico.

Portanto: 
1) Não parece ter sido a imigração de fora da UE que está a inundar o Reino Unido. Essa baixou parece estar em recuo desde 2005 e parece estar mais ou menos estabilizada desde 2013; 
2) a que está a subir - desde 2012 - é precisamente a imigração que vem da União Europeia. 

Olhemos, mais em pormenor: 

 
Ora:
1) A emigração que está a subir é a que vem da Bulgária e Roménia;
2) mas sobretudo dos países de UE15 - Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Portugal, Irlanda, Grécia, Suécia e Reino Unido (embora se exclua esse grupo). E este grupo tem estado a crescer desde 2012. Em 2015, representavam quase 50% da imigração da UE.

Algum sugestão para esse facto?

Sim, claro. É por "trabalho" que se está a verificar a subida de imigração. Mas a minha pergunta era mais qual a razão porque há mais pessoas da União Europeia a procurar trabalho no Reino Unido?

Pois, lá teremos de voltar a falar de todo o edifício da política seguida desde o rescaldo da crise económica de 2007/8 e que adoptou aquela teoria de que a austeridade ir provocar um milagre económico na União Europeia.

ladroesdebicicletas.blogspot.pt

CURIOSIDADES Um coração de baleia azul pesa 600kg (1300 libras). Um ser humano poderia rastejar por suas artérias.





A TERRA NÃO MENTE ! QUANDO A AGRIDEM COM EXCESSOS DE QUÍMICOS EIS O QUE ACONTECE

mensagem terra toptuga

CURIOSIDADES Os Anéis mais caros da história

Anel Blue Diamond – US$ 10 milhões

Blue Diamond entre os anéis mais caros já feitos
Esse anel possui um diamante azul, de 6.01 quilates, em forma de almofada, cercado por um diamante menor rosa em ambos os lados. Ele foi vendido para um comprador anônimo em leilão.
O mesmo anel foi vendido também em Hong Kong e o original preço esperado, na realidade, foi dentro do intervalo de 2.5 a 1 milhão de dólares. O fato de que este anel foi vendido 3 vezes, e cada vez mais se valorizando, mostra quanto realmente requintado é.

The Vivid Pink – US$ 11.8 milhões

The Vivid Pink entre os anéis mais caros já feitos
Um lance na casa de leilões Christie’s, de Hong Kong levou esta beleza brilhante. É um corte de almofada, muito popular e icônico, e foi extraído todo o caminho na África do Sul. Este anel é também bem conhecido por sua beleza rara e exótica. O diamante de 5 quilates com certeza faz qualquer mulher ao vê-lo de perto muito feliz.

The Bulgari Blue – US$ 15.7 milhões

The Bulgari Blue entre os aneis mais caros ja feitos
Este é o maior diamante azul lapidado em triângulo do mundo. E apresenta um diamante branco de 9.87 quilates ao lado de um azul vívido de 10.95 quilates.
Ele foi primeiramente adquirido em Roma na década de 1970, antes de fazer seu caminho para a América do Norte, onde Christie’s estava o segurando para manter seguro. A estimativa de preço original para o diamante The Bulgari Blue é realmente 3 vezes menor do que o valor de agora.

Anel Chopard Blue Diamond – US$ 16.26 milhões

Chopard Blue Diamond Ring entre os anéis mais caros já feitos
Este anel apresenta um diamante azul impressionante em forma oval com uma banda em 15 quilates de ouro branco. A banda em si é até encaixada com diamantes brancos menores. O diamante azul veio de um depósito de boro, que foi responsável pelo impressionante azul. E parece como uma combinação de luz azul água-marinha e brilhante.

The Vivid Yellow – US$ 16.3 milhões

The Vivid Yellow entre os aneis mais caros ja feitos
Este é o mais caro diamante amarelo de todos os tempos, e foi vendido em um leilão de Genebra de Sotheby de Magnificent Jewels e Noble Jewels. E parece como um pequeno narciso em cor e formato. Apresenta 2 diamantes do lado, totalizando mais de 100 quilates e parece significamente pesado na mão de alguém.

Perfect Pink Diamond – US$ 23.2 milhões

Perfect Pink Diamond entre os aneis mais caros ja feitos
Trata-se de um diamante rosa de 14.23 quilates que foi vendido em um leilão de Christie’s em Hong Kong. Lapidado em um formato retangular, a jóia possui um raro tom de rosa e até quando diamantes rosa é encontrado, é difícil achar em tamanho tão grande.
De fato, o anel magnífico! Na realidade, há apenas em torno de 18 diamantes no mundo que pesam mais do que 10 quilates e foram vendidos em leilão.

The Winston Blue – US$ 23.8 milhões

The Winston Blue entre os aneis mais caros ja feitos
The Winston Blue Diamond é chamado assim porque os joalheiros de Harry Winston o nomearam. Este é um diamante azul vívido e impecável, o maior no mundo todo! São 13.22 quilates, um recorde mundial, e aparentemente vale quase 24 milhões de dólares.
O diamante em forma de lágrima parece absolutamente perfeito, daí toda a parte “impecável”, que pertence a sua clareza perfeita. Além disso, é uma das jóias mais caras possíveis de encontrar em um anel. Extraído na África do Sul, é acompanhado em ambos os lados por 2 diamantes em forma de pêra, pesando em torno de 1 quilate cada.

The Graff Pink – US$ 46.2 milhões

The Graff Pink entre os aneis mais caros ja feitos
O anel de diamante Graff Pink foi vendido em um leilão de Sotheby em Hong Kong. Durante todos aqueles anos, o anel foi mantido escondido, mas recentemente foi enviado para casa de um ofertante na Ásia. O diamante é de 24.78 quilates de luxo e elegância, e sua cor rosa impressiona.

Anel Pink Star Diamond – US$ 72 milhões

Pink Star Diamond entre os aneis mais caros ja feitos
Extraído na África, o diamante parece como um enorme escaravelho, mas é na realidade um diamante rosa. Ao colocar no dedo, é duvidado que alguém seria capaz de levantar a mão.
Trata-se de tesouro nacional e vem em 59.60 quilates com clareza perfeita. É uma pedra de formato oval e foi submetido a polimento e corte por 2 anos para atingir a aparência perfeita. Originalmente, era de 132.5 quilates em seu estado natural.

Wittelsbach-Graff Diamond – US$ 80 milhões

Wittelsbach-Graff Diamond entre os aneis mais caros ja feitos
Este anel é de 31.06 quilates, uma cor azul escuro, e apresenta clareza perfeita. Os 3 diferentes especialistas que trabalharam na lapidação do diamante acertaram. Descoberto no final do século 17 em Kollur Mine Guntur da Índia, originalmente pertenceu ao rei Filipe IV da Espanha.
O diamante de corte oval foi observado por milhares e milhares de pessoas no National Museum of Natural History, e também pertenceu em um ponto às Jóias da Coroa austríaca e bávara



plugcurioso.wordpress.com

CURIOSIDADES Top 10 jogos de xadrez mais caros do mundo

10°

Jogos de xadrez Medieval Venice – US$ 30.545

Medieval Venice jogos de xadrez mais caros do mundo
Apresentado por Pianki, este jogo de xadrez inclui peças de mais de 17,78 cm feitas de bronze sólido e revestidas com ouro 24 quilates e prata. Com este conjunto de xadrez histórico é possível aproveitar a essência da cultura medieval, sendo décima posição nesta seleção, dos 10 jogos de xadrez mais caros do mundo.

Jogo de xadrez Renault F1 Team Collection – US$ 42.000

Renault F1 Team Collection jogos de xadrez mais caros do mundo
Este jogo de xadrez maravilhoso é feito usando os mesmos materiais que são usados para fazer um carro de Fórmula 1 Renault, aço inoxidável, alumínio, e titânio.
As peças do xadrez são moldadas na forma de lugares de cockpit e hubs, enquanto a placa de carbono de F1 é projetada com tração para dar aos jogadores a ilusão que estão dirigindo em uma pista de corrida com o adversário.

Jogo de xadrez Silver Jubilee – US$ 77.880

Silver Jubilee jogos de xadrez mais caros do mundo
Este jogo de xadrez foi feito em 1970, por Geoffrey Parker, em honra ao jubileu de prata da Rainha Elizabeth. É feito de ouro e prata. O conjunto todo é impagável. As versões mais baratas deste jogo estão também disponíveis.

Peças de xadrez Carolingians & Moors – US$ 96.075

Carolingians Moors jogos de xadrez mais caros do mundo
O conjunto de xadrez ornamentado de Pianki, da coleção Carolingian and Moors é maravilhoso. Muitos metais preciosos são usados para fazer este conjunto de xadrez. As peças são feitas por Piero Benzoni. Cada peça tem em torno de 30,48 cm de altura, e é feita de bronze sólido banhado com ouro 24K e prata.

Jogo de xadrez Carolingi XIV – US$ 113.580

Carolingi XIV jogos de xadrez mais caros do mundo
Este é o conjunto mais famoso de Piero Benzoni. E visualiza em guerra os turcos e carolíngios do século IX. Cada uma destas estatuetas é feita de ouro e prata, meticulosamente detalhada e adornada no estilo do período citado.

Jogo de xadrez Baccarat Crystal – US$ 287.684

Baccarat Crystal jogos de xadrez mais caros do mundo
Baccarat Crystal Set foi criado para comemorar os 250 anos de Baccarat. As peças deste conjunto de xadrez, de edição limitada, são feitas de corte a mão, e cristal azul claro.

Jogo de xadrez Royal Diamond – US$ 600.000

Royal Diamond jogos de xadrez mais caros do mundo
Feito em 2004 pela empresa de bens de luxo Charles Hollander, o conjunto de xadrez Royal Diamond é maravilhoso. E foram mais de 4.500 horas para criar esta obra-prima.

Jogo de xadrez J. Grahl – US$ 700.000

J Grahl jogos de xadrez mais caros do mundo
O conjunto de xadrez de J. Grahl foi projetado para a família Cole em 1972. As figuras sólidas de ouro 14 quilates e prata de Grahl pesam quase 0,45 kg. Todos os personagens são formados como europeus medievais. Este jogo de xadrez é terceira posição nesta seleção, dos 10 jogos de xadrez mais caros do mundo.

Jogo de xadrez Art of War – US$ 750.000

Art of War jogos de xadrez mais caros do mundo
O conjunto de xadrez Art of War de Victor Scharstein é uma obra-prima. As peças são feitas de ouro sólido e são ornamentadas com diamantes, safiras, esmeraldas e rubis, sendo este conjunto segunda posição nesta seleção, dos 10 jogos de xadrez mais caros do mundo.

Peças de xadrez Jewel Royale – US$ 9.8 milhões

Jewel Royale jogos de xadrez mais caros do mundo
O conjunto de xadrez Jewel Royale é posição líder nesta seleção, dos 10 jogos de xadrez mais caros do mundo. E foi encomendado na Grã-Bretanha por Jewel Royale. É feito de ouro sólido e platina, diamantes, safiras, rubis, esmeraldas, e pérolas brancas e negras



plugcurioso.wordpress.com

PCP apresenta na Assembleia da República iniciativa legislativa em defesa da produção tradicional algarvia de aguardente de figo

O grupo Parlamentar do PCP apresentou na Assembleia da República, na passada sexta-feira, o Projeto de Resolução “Pela manutenção da isenção de imposto à aguardente de figo destinada ao consumo próprio dos pequenos produtores”, com o objetivo de salvaguardar a produção tradicional algarvia de aguardente de figo.
O Código dos Impostos Especiais de Consumo estabelece a isenção de imposto para a aguardente, até 30 litros por ano e por produtor, desde que essa aguardente se destine a consumo próprio.
Em 2010, esta isenção foi limitada apenas às situações em que a aguardente é produzida em pequenas destilarias.
Contudo, tendo em conta a realidade regional algarvia, ao longo dos últimos seis anos a Alfândega de Faro não aplicou esta norma à aguardente de figo, isentando-a do pagamento de imposto mesmo quando esta era produzida em destilarias que não são consideradas pequenas.
Recentemente, a Alfândega de Faro notificou as destilarias algarvias, com efeitos a partir da próxima campanha que se iniciará em setembro, que a aguardente de figo só poderá beneficiar da isenção de imposto se for produzida em pequenas destilarias.
Esta decisão, se consumada, terá consequências desastrosas, pois ignora a realidade da produção de aguardente de figo na região algarvia.
Efetivamente, no Algarve os pequenos produtores de aguardente de figo recorrem a três destilarias da região, que, pelo volume anual de aguardente produzida, não são consideradas pequenas destilarias. Entregam aí os figos secos no sistema de maquia, recebendo até 30 litros de aguardente para consumo próprio, isentos de impostos, ficando a restante produção para a destilaria, a qual coloca a aguardente no mercado (pagando, naturalmente, os impostos devidos).
Com as novas regras que a Alfândega de Faro pretende aplicar já a partir da próxima campanha, os produtores de aguardente de figo, para poderem beneficiar da isenção de imposto, teriam de passar a produzir a sua aguardente em pequenas destilarias. Só que, no Algarve, as pequenas destilarias são em número muito reduzido, conseguindo absorver, no máximo, 5% da produção dos figos destinados à destilação.
Tendo em conta esta realidade, os pequenos produtores de aguardente de figo não têm outra alternativa que não seja continuar a recorrer às três não-pequenas destilarias da região algarvia. Mas, neste caso, perdem o direito à isenção de imposto e, consequentemente, deixam de ter incentivo para a produção de aguardente de figo. Efetivamente, pagando o imposto, mais vale aos pequenos produtores comprar a aguardente no mercado do que produzi-la!
Pelos condicionalismos acima descritos, o fim da isenção de imposto terá como consequência previsível o abandono de muitos pequenos pomares de figueiras, cujos figos são destinados à destilação, prejudicando a economia local e contribuindo para acentuar a desertificação e despovoamento do interior serrano algarvio. Também as destilarias da região sofrerão um impacto negativo e a sua viabilidade será colocada em causa. O Algarve perderá um dos seus produtos tradicionais.
Assim, para preservar a atividade económica tradicional algarvia de produção de aguardente de figo, o Grupo Parlamentar do PCP, na sua iniciativa legislativa, recomenda ao Governo que mantenha o critério que tem sido seguido nos últimos anos no sentido de isentar de imposto a aguardente de figo produzida em qualquer destilaria, pequena ou grande, até ao limite de 30 litros de produto acabado, por ano e por produtor, destinada ao seu consumo.

proverbio popular


Na Rússia, jovens comunistas veem o momento de almejar o poder


Por Fred Weir, via CSMonitor, traduzido por Gustavo Rodrigues
No dia 1º de maio de 2016, o Partido Comunista Russo organizou uma demonstração apartada das marchas pró-Putin, reunindo algumas dezenas de milhares de trabalhadores e trabalhadoras.

Nikita Popov é muito jovem para ter qualquer memória da vida na União Soviética. No entanto, o editor de notícias na internet e bacharel em ciências políticas tem certeza que o sistema comunista que morreu mais ou menos na época em que nasceu é a chave para o futuro da Rússia.
Ele não está sozinho.
Desafiando todas as expectativas de quando a URSS colapsou, uma grande quantidade de ativistas jovens e bem-educados estão indo para o antigo Partido Comunista Russo e começando a rejuvenescer sua face e prospectos.
E sobre o impacto de uma crise econômica cada vez pior e impaciente com o que Mr. Popov chama de “capitalismo mutante” dominado por pessoas íntimas ao Kremlin, comunistas jovens dizem que é hora de almejar o poder na Rússia de novo.
Com eleições parlamentares no horizonte em Setembro, enquetes sugerem que a sorte do Partido está melhorando. Nas últimas duas eleições, o partido aumentou seus votos de 12% para 20% e pode ter enormes ganhos dessa vez. O Partido Comunista surpreendeu em recentes pesquisas regionais.
“Russos tendem a ser de esquerda, por sua história e mentalidade coletiva”, disse Popov. “As pessoas estão ficando mais pobres e pobres, enquanto todos os lucros vão para apenas alguns amigos do nosso Presidente. E a cada ano, Putin faz um encontro televisionado em que ele finge resolver todos os problemas. É só teatro. Ele está na verdade cortando benefícios sociais e empobrecendo as pessoas. Mais cedo ou mais tarde, não vai dar mais. Eu estou pessoalmente pronto para a revolução, assim como em 1917.”
Uma oposição de verdade?
O PC na Rússia é o segundo maior partido político e sobreviveu todos esses anos apelando para a nostalgia de milhões de Russos mais velhos com o Estado de bem estar social soviético e cultivando a imagem de uma oposição de esquerda enquanto, cuidadosamente, evita confrontos com o Kremlin. Uma galeria com os quase 100 deputados da Duma, encabeçados pelo seu venerável líder Gennady Zyuganov, revela apenas uma poucas faces jovens.
Dos seus quase 160.000 membros, quase 40% têm menos de 35 anos, de acordo com Yaroslav Listov, o chefe da juventude do partido. Assim como antigamente, o PC é organizado em células locais, as quais se encontram regularmente, discutem políticas do partido e planejam atividades. Para alguns jovens russos, alienados pela cultura ocidental mas também desapontados pela corrupção e pelo que eles veem como valores superficiais do regime de Putin, as células do partido provêm uma rede de suporte pessoal vital e um fórum para explorar ideias alternativas.
“Eu fui para o partido lendo literatura ocidental como Freud, Fromm e Marcuse. Eu queria estudar mais e eu encontrei esse círculo de pessoas que são completos entusiastas sobre as mesmas coisas”, disse Konstantin Kopelov, um estudante de Direito. “Essas pessoas são minhas camaradas. Nós conversamos sobre tudo, música, teatro, filmes, políticas radicais, o que seja. Nós somos irmãos ligados pelo espírito e estamos procurando juntos pelo caminho a seguir adiante”.
Mas o Sr. Zyuganov, o líder do PC, tem dado passos cuidadosos por entre o regime popular e às vezes desastrado de Putin, parecendo até que está disposto a aceitar as vantagens que vêm em se tornar parte do establishment. Quando dezenas de milhares de Russos de classe média foram às ruas protestar contra fraude do Partido no Poder Rússia Unida, o partido demorou para se juntar, mesmo tendo seus próprios agravos contra supostos truques e compra de votos pelo partido do Kremlin.
E quando os protestos esfriaram, o PC conseguiu evitar o fado de grupos liberais e de esquerda, os quais sofreram prisões em massa, sofreram julgamentos políticos e em alguns casos foram até exilados.
Isso faz com que alguns observadores fiquem cínicos sobre o potencial do PC como um veículo para mudança social genuína.
“Na era do Putin, o PC se tornou completamente integrado as sistema”, disse Boris Kagarlitsky, um intelectual veterano de esquerda. “Tem sido dito que o ‘PC não é mais um partido político, mas um monopólio licenciado para prover serviços de oposição ao público.’ Isso para mim é resumo bem adequado”.
Período de sobrevivência
Mas é difícil dispensar um partido que tem mais de um século de existência, que já liderou a Rússia ao status de superpotência e está retornando, malgrado as forças criadas para impedi-lo, disse Grigory Azhogin, um ativista do partido na Universidade Estadual de Moscou para Humanidades.
“Aqui em Moscou você não vê o quão ruim as coisas estão. Mas eu venho de uma pequena cidade de mineração, na qual a grande maioria das minas e das fábricas foram fechadas,” disse. “As pessoas sabem que as autoridades são corruptas, elas não estão interessadas em ouvir as pessoas. Para a maioria dos Russos hoje em dia, esse é o ‘período de sobrevivência’. Ele vai ser seguido por mobilização política e para onde as pessoas irão senão para o PC?”
O Kremlin tem se preocupado demais com o PC, com sua base de apoio sólida e durável, e tenta há uma década substituí-lo com um partido artificial mas totalmente leal ao Kremlin, Rússia Justa. No entanto, não teve muito sucesso eleitoral, fazendo com que o partido pró-Putin Rússia Unida sofresse nessa eleição para flanquear o programa Comunista contra a crise com medidas populistas como aumento do salário mínimo e aumento das pensões.
“Nosso maior problema é que o partido no poder vive roubando nossas ideias”, disse Mr. Listov, o chefe da juventude do Partido. “Claro que eles não são sólidos ou sistemáticos sobre isso, é apenas populismo. Mas mostra o que eles temem. As pessoas estão sofrendo e elas sabem quem é o defensor mais confiável dos padrões de vida e igualdade social nesse país. E nós não vamos embora”.
Revolução, interrompida?
Ao contrário de vários antigos partidos comunistas da Europa, o Partido Comunista Russo nunca abraçou totalmente o parlamentarismo, no qual partidos se alternam no poder de acordo com o resultado das eleições. O partido comunista da Rússia continua a acreditar que a revolução social será necessária para retornar o país para o caminho do socialismo. E comunistas jovens pareciam mais empáticos sobre isso do que os mais antigos.
“Nós não achamos que revolução é uma mudança de um líder por outro”, disse Sr. Kopelev, o estudante de direito. “Para nós é uma transformação social através de ação em massa e participar em eleições é apenas um aspecto disso.”
Ilya Ponomaryov, uma ex-ativista da juventude do PC que se juntou à Rússia Justa vários anos atrás em frustração com o estilo tímido da liderança do PC, disse que enquanto a velha guarda comandar o partido, ele não será capaz de honrar o lugar histórico que ele clama. (Sr. Ponomaryov, como um deputado da Rússia Justa, foi o único parlamentar a votar contra a anexação da Crimeia em 2014. Ele foi forçado então a deixar o país sob ameaça do que ele disse serem acusações criminosas especiosas, e agora vive nos EUA.)
“O PC está preso entre o passado, personificado por sua liderança, e seu futuro, o qual é personificado pela numerosa e energética juventude em suas fileiras”, ele disse. “Só o tempo dirá”.
Russia 1