AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 4 de abril de 2016

Até amanhã !


JAPÃO USARÁ MURALHA DE GELO PARA IMPEDIR RADIAÇÃO DE FUKUSHIMA

fukushima-exclusion-zone-podniesinski-60

O governo japonês aprovou a ativação de um sistema que criará uma muralha de gelo em seu território. A ideia não é defender reinos – como em Game of Thrones – e sim tentar impedir que a radiação exalada pelos destroços da usina de Fukushima continue a ser espalhada pelos mares.
A usina de Fukushima produzia energia da seguinte forma: uma série de reatores (que possuem temperaturas altíssimas) era colocada em contato com toneladas de água. O material fazia com que o líquido evaporasse e o vapor movimentava turbinas, consequentemente gerando energia.
Acontece que em 2011, um terremoto atingiu a usina, esses reatores entraram em contato com a água do mar, e desde então contaminam a região. Os japoneses já até tentaram tirar o material dali, mas as altas temperaturas e radioatividade dificultaram o processo. A ideia da barreira de gelo é deixar os reatores ali, mas evitando que a água contaminada se misture ao resto do oceano.
Não é exagero chamar a coisa de muralha. O projeto consiste em tubos refrigeradores localizados a 30 metros de profundidade. Ao serem ligados, criarão a barreira de gelo, que deve ter 1,5km de extensão, cercando todo o complexo nuclear. Trata-se de uma forma ao menos viável de construir uma barreira dessas – já que fazer uma de concreto no meio do mar seria virtualmente impossível. E os custos foram relativamente baixos para algo desse porte: o equivalente a R$ 1 bilhão. A usina de Belo Monte, que é grande, mas não passa de uma construção convencional, está em R$ 30 bilhões (tire R$ 5 bilhões, ou R$ 10 bilhões, de eventuais propinas e corrupções, e ainda assim ela fica bem mais cara que a muralha japa).
O projeto todo, na verdade, é uma grande aposta. Tanto pode ser que tudo saia exatamente como o planeado, e crie-se a muralha de gelo quando os tubos congeladores forem acionados, quanto é possível que a situação apenas agrave os problemas do acidente nuclear. “As consequências continuam desconhecidas. Isso porque o resultado esperado é baseado em simulações”.
megaarquivo.com

ELES SÃO GATUNOS, ESTÁ-LHES NO SANGUE !


No caso "PANAMÁ PAPERS" tudo o que foi divulgado até ao momento nada de surpreendente. O sistema capitalista corrupto, atolado nos negócios de armas de droga e do petróleo subtraído a outros povos pela força das armas e das chacinas a inocentes vive e continuará a viver destes expedientes.

Noto no entanto que no que está a ser divulgado (uma grande parte) é de gente que não alinha com as políticas do Tio Sam. Muitos dirão que é especulação, que é teoria da conspiração mas vamos esperar para ver.
O primeiro ministro da Islândia, o Sarkozi, o Berllusconi, os reis das arábias, os de Espanha, os Belgas, os do Mónaco, ao longo de todos estes anos não têm andado sob suspeitas envolvidos em escândalos de vária ordem onde o assunto é sempre o dinheiro que eles enfiam nos offshores ?
E então cá pelo nosso Portugal, o Oliveira e Costa, o Dias Loureiro o Duarte Lima e o grande amigo comum, o Cavaco ? onde terão eles enfiado a "massa" ?
Então e o Sócrates ? o Vara, e tantos outros que nos têm governado ao longo destes últimos quarenta anos ?
A Mossack Fonseca é só mais uma a esconder o dinheiro dos poderosos em offshores.
Os que agora foram caçados não são os únicos e no que diz respeito cá à nossa parvónia quantos milionários, banqueiros, administradores estarão a salvo (por agora) deste novo Wikileaks ?
Desportistas, empresários, actores, realizadores de cinema também não são novidade nesta senda de criminosos que ganham milhões e milhões e mesmo assim não cumprem no mínimo com os seus deveres, os seus impostos, fogem com as suas empresas para o estrangeiro, escondem o vil metal em todos os buracos.
Cá anda o Zé povinho alimentando a esperança de que estes abutres caiam nas mãos da justiça mas o que é certo é que eles safam-se sempre. ELES PODEM PAGAR ADVOGADOS, JUÍZES, POLÍCIAS e assim nunca têm medo de se atolar até ao pescoço nos roubos, nos tráficos, no crime.
Um dia quando as massas se organizarem, abrirem os olhos e lutarem de novo, fizerem verdadeiras revoluções. eles ganharão medo e aos que não respeitarem irá acontecer-lhes o pior.
Pena que demore tanto tempo e não se sigam hoje exemplos que já mostraram resultados no mundo.
António Garrochinho

Há três universidades portuguesas entre as melhores do mundo

Há três universidades portuguesas entre as melhores do mundo

Em causa está o curso de Engenharia Civil.



Há três universidades portuguesas que entraram num dos mais prestigiados rankings internacionais. 
Em causa está a avaliação do curso de Engenharia Civil das universidades do Porto, Coimbra e Minho que entraram para as 150 melhores universidades.
A avaliação é feita pelo ranking QS by subject, que elogia sobretudo a capacidade de investigação das instituições nacionais.
A lista foi publicada na semana passada. O melhor resultado foi conseguido pela Universidade do Porto, que está situada entre a posição 50 e 100, seguindo-se as universidades de Coimbra e do Minho, no patamar seguinte, entre os lugares 101 e 150.

www.noticiasaominuto.com

Dinko tornou-se super herói a "caçar" refugiados - A mesma notícia num jornal português e num blog estrangeiro


Dinko Valev tem várias fotos no Facebook com armas ou, como aqui, em cima de um tanque  |  FACEBOOK



Corretor de profissão e wrestler semi-profissional, o búlgaro de 29 anos dedica os tempos livres a perseguir migrantes na fronteira com a Turquia. Um programa de TV tornou-o famoso.

Dinko Valev é corretor na Bolsa, mas nos tempos livres, este lutador de wrestling semi-profissional e o grupo de amigos patrulham a fronteira entre a Bulgária e a Turquia para impedir a entrada de imigrantes. Se a sua fama já chegara aos migrantes que fogem da guerra na Síria à procura de vida melhor na Europa, foi um programa de televisão que no mês passado fez dele uma espécie de "superherói" aos olhos de muitos búlgaros. E uma figura detestável aos olhos de outros tantos.

Cabeça rapada, musculoso e com o peito coberto por várias tatuagens, entre elas uma cruz gigante no lado esquerdo, Valev, de 29 anos, surgiu num programa da bTV a contar como dias antes conseguir "controlar" um grupo de sírios - 12 homens, três mulheres e uma criança - "com as próprias mãos". As imagens do momento foram captadas por um dos companheiros de Valev com o telemóvel e mostram o grupo de migrantes sentados no chão à espera da chegada da polícia e o corretor a acusá-los de terem vindo da Síria "para nos matar como cães".

Depois da reportagem da bTV, a história de Valev chegou aos media internacionais, do grego Greek Reporter ao italiano pagina99, passando pela BBC. O jornalista Matthew Brunwasser, da televisão estatal britânica, conversou com Valev em Yambol, a cidade onde este viev, a 50 quilómetros da fronteira. Na esplanada de um café, onde bebeu um sumo de laranja, o vigilante explicou que os refugiados são "pessoas nojentas, que deviam ficar onde estão". Segundo ele, 95% dos búlgaros apoiam a sua ideia de que os migrantes são perigosos "terroristas, jihadistas e talibãs".

A verdade é que o governo búlgaro já construiu um muro na fronteira para impedir a entrada de refugiados e tem procurado aumentar a sua extensão. Em 2015, mais de um milhão de migrantes entraram na Europa pela Rota dos Balcãs, destes apenas 90 mil terão passado pela Bulgária.

A retórica incendiária de Valev e a sua exposição mediática já levou mais de duas centenas de pessoas a juntar-se à sua patrulha de voluntários. Mas também lhe trouxe críticas e problemas com a justiça. A ONG de defesa dos direitos humanos Helsinki Committe búlgara já pediu mesmo a abertura de uma investigação a Valev por se ter vangloriado na televisão de uma dúzia de crimes: agressão, ameaças de morte, detenção ilícita, incitamento ao ódio racial e à violência.

O wrestler garantiu ter agido em auto-defesa, depois de um dos refugiados o ter tentado esfaquear. E quando foi levado pela polícia para interrogatório, há dias, pelo menos 30 pessoas juntaram-se frente à esquadra a gritar: "Dinko é um herói!" e "Não queremos migrantes!" E parece já ter feito escola: o presidente da câmara da vizinha Topolovgrad já pediu ao Ministério da Defesa equipamento militar para criar a sua própria milícia.
www.dn.pt

CAZADORES DE REFUGIADOS


Dinko Valev, un aficionado búlgaro a las artes marciales de 29 años de edad que reside en la ciudad de Yambol, a unos 60 kilómetros de la frontera, ha sido presentado en los medios de comunicación locales con el apodo de “cazador de inmigrantes”, después de que retuviera en marzo a un grupo de 16 refugiados sirios.


Esta imagen es parte de un video grabado por un acompañante de Valev y muestra a un grupo de migrantes sirios reducidos por el búlgaro.
Esta imagen es parte de un video grabado por un acompañante de Valev y muestra a un grupo de migrantes sirios reducidos por el búlgaro.
Hablando con los medios de comunicación, Valev ha relatado que tras avistar a un grupo de inmigrantes —entre ellos, tres mujeres y un niño— y repeler la agresión de algunos de ellos, los retuvo y mantuvo maniatados hasta la llegada de una patrulla policial.


“Es un derecho civil defender y proteger mi patria de intrusos como estos sirios, iraquíes, paquistaníes y otra basura”, argumentó Dinko Valev, quien ha sido presentado en los medios de comunicación locales con el apodo de “cazador de inmigrantes”
El cazador de inmigrantes defiende su derecho a proteger Bulgaria de la llegada de inmigrantes, a los que considera “basura”. “Es un derecho civil defender y proteger mi patria de intrusos como estos sirios, iraquíes, paquistaníes y otra basura”, argumentó.




“Son gente mala y asquerosa y deberían quedarse donde están”, afirma Valev sobre los inmigrantes y los describe como peligrosos “terroristas, yihadistas y talibanes”. Él estima que el 95% de búlgaros lo apoya. “Bulgaria necesita gente como yo, búlgaros dignos, dispuestos a defender su territorio”
La Policía búlgara interrogó a Valev la semana pasada pero no lo detuvo, a pesar de que el hombre había anunciado abiertamente su decisión de organizar patrullas civiles para detener a los migrantes que buscan asilo en su país o en el resto de Europa.
De hecho, Valev ha usado su reciente fama para atraer a más gente que se le quiera unir patrullando la frontera.




El 12 de marzo de este año, dice, unas 50 personas desarmadas se reunieron para buscar migrantes en los boscosos límites, a bordo de cuatrimotos y jeeps.


Pero un gran grupo de policías de frontera estaba esperandolos. Según Valev, estaban ahuyentando deliberadamente a los inmigrantes para evitar que los “justicieros”atraparan a uno.
El lugar y el momento de futuras patrullas, dice, no se anunciará públicamente.
Los violentos actos de Valev han provocado críticas entre organizaciones pro derechos humanos búlgaras como el Comité Búlgaro de Helsinki, que ha denunciado a la Fiscalía por atacar y humillar injustificadamente a los refugiados.
Ese organismo humanitario ha advertido de que las medidas de Valev “incitan al odio y la hostilidad” entre los búlgaros hacia los refugiados, que en su mayoría huyen de la violencia y conflictos que azotan a sus propias patrias.
Cuando Valev fue interrogado por la policía el viernes, unos 30 manifestantes se reunieron fuera de la estación policial y gritaron “¡Dinko es un héroe!” y “¡No queremos migrantes!”.
El viernes, la Organización Internacional para las Migraciones (OIM) informó de que un total de 169.060 inmigrantes y refugiados llegaron a Europa por mar en los tres primeros meses del año en curso.





El informe indica que en la última semana de marzo, tras la entrada en vigor del acuerdo alcanzado entre la Unión Europea (UE) y Turquía para deportar a los refugiados que pisan el territorio comunitario, las llegadas de inmigrantes a Grecia han caído un 70 por ciento con respecto a la semana anterior.
El controvertido pacto provocó muchas denuncias entre ciertos países y organizaciones pro derechos humanos, entre ellos el Alto Comisionado de las Naciones Unidas para los refugiados (ACNUR) y Amnistía Internacional (AI).
Los refugiados que se encuentran actualmente en Europa, además de sufrir políticas migratorias hostiles de algunos Estados europeos, se enfrentan a un creciente odio racial promovido por grupos radicales.


Fuente: http://www.hispantv.com/newsdetail/europa/230917/cazador-inmigrantes-refugiador-bulgaria
http://www.bbc.com/mundo/noticias/2016/04/160330_internacional_bulgaria_cazador_migr

periodicodigitalwebguerrillero.blogspot.pt

0S 10 PAÍSES COM MAIORES RESERVAS DE OURO





As reservas de ouro estão nas mãos dos bancos centrais como depósitos de valor e como uma garantia para resgatar promessas para pagar os depositantes, detentores de notas, ou para assegurar uma moeda. Em um levantamento realaizado em 2012, estimava-se que o total de todo o ouro extraído das minas chegava a 165.000 toneladas, sendo que 19% deste montante permanecia como ativo de reserva. O seguinte vídeo lista 10 países cujos cofres estão transbordando positivamente com ouro. Surpreendentemente, alguns não sabem o que é uma mina de ouro.


Há um briga encarniçada sobre a origem do ouro americano, enquanto alguns dizem que é p resultado de pilhagens pelo mundo (dizem que os americanos roubaram 3 mil toneladas deouro do Iraque na invasão de 2003, enquanto outros dizem que isso é pura inveja.

VÍDEO



Curiosamente o Fundo Monetário Internacional (FMI) tem uma reserva de 2.814 toneladas de ouro. Se posicionando no terceiro lugar desta lista. Veja o top 50:
RankPaísToneladas
1Estados Unidos8.133,5
2Alemanha3.381
3Itália2.451,8
4França2.435,6
5China1.762,3
6Rússia1.392,9
7Suíça1.040
8Japão765,2
9Países Baixos612,5
10Índia557,7
11Turquia515,5
12República da China (Taiwan)423,6
13Portugal382,5
14Venezuela361
15Arábia Saudita322,9
16Reino Unido310,3
17Líbano286,8
18Espanha281,6
19Áustria280
20Bélgica227,4
21Cazaquistão221,8
22Filipinas195,8
23Argélia173,6
24Tailândia152,4
25Cingapura127,4
26Suécia125,7
27África do Sul125,2
28México121,4
29Líbia116,6
30Grécia112,6
31Coreia do Sul104,4
32Romênia103,7
33Polônia102,9
34Iraque89,8
35Austrália79,9
36Kuwait79
37Indonésia78,1
38Dinamarca66,5
39Argentina54,7
40Finlândia49,1
41Bulgária39,9
42Malásia36,4
43Bielorrúsia32
44Peru34,7
45Brasil33,6
46Eslováquia31,8
47Bolívia28,3
48Ucrânia27,2
49Equador26,3
50Síria25,8



www.mdig.com.br

Esculturas feitas pelo frio


A solidificação da água na natureza pela baixa temperatura, com a ajuda do vento 
e das formas dos lugares onde se deposita, cria esculturas de gelo belíssimas.




www.sovacodesapo.com.br

ÁRVORES LINDAS E MAJESTOSAS DO NOSSO PLANETA



Ipê Amarelo, no Cerrado Brasileiro



Rododentro, no Canadá

Dragon Blood, no Iêmen


Bristocone Pine, nos EUA


Flamboyant, no Brasil


Eucalipto Arco-íris, em Kauai - Havaí


Jacarandás, na África


Mapple Tree, no Japão


Cerejeira Florescente em Bonn, Alemanhã

Carvalho na Ilha de John, Carolina do Sul - EUA

Bonsai de 800 anos, no Japão

Le Hetrê de Phontus, Bretagne - França

Piuva, no Brasil

Floresta Negra, na Irlanda do Norte

Baobá, Madagascar e Senegal

Passeio de Bambus, no Japão

Flor-do-Paraíso, em Minas Gerais - Brasil

Árvore de Banyan, na Índia

Cerejeiras, no Japão


Túnel Laburnun, no Reino Unido

Cipreste Mexicano

Sequoia Gigante, Califórnia - EUA

Borbo Japonês



Ghost Tree Florest, no Canadá

Dead Tree Parks, na Namíbia

Glinícia de 144 anos, no Japão


Extra:

Você conhece essa árvore?

Não não é!!!??? Parecem árvores, mas na verdade essa é uma foto em alta resolução dos vasos sanguíneos do olho humano.


tudorocha.blogspot.pt