AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Mianmar: pela primeira vez em mais de 50 anos, toma posse Parlamento eleito pelo voto popular

 01/02/2016 

Líder Suu Kyi não pode assumir a presidência por regra constitucional; Liga Nacional da Democracia, de Suu Kyi, conseguiu a maioria do Parlamento
Os novos parlamentares de Mianmar tomaram posse nesta segunda-feira (01/02), após as eleições populares de novembro indicarem o partido LND (Liga Nacional da Democracia), liderado por Aung San Suu Kyi, como vencedor de 80% dos assentos elegíveis. Foi a primeira sessão parlamentar de uma legislatura eleita em pleito popular desde 1962.


A líder da LND, Aung San Suu Kyi (à esquerda), não falou com jornalistas ao chegar ao Parlamento nesta segunda-feira (01/02)
Nas próximas semanas, o Parlamento deverá escolher o novo presidente de Mianmar. O mandato do atual presidente, Thein Sein, se encerra em 30 de março. Apesar de ter maioria parlamentar, Suu Kyi não poderá ocupar o cargo, porque a Constituição do país veta para o cargo candidatos com familiares estrangeiros, e seus dois filhos têm passaporte britânico. Em Mianmar, o presidente, que é o chefe de Estado e de governo, é escolhido pelo Parlamento.
No entanto, ela afirmou previamente que estará “acima do presidente”. Nenhum nome foi apontado ainda, embora deverá ser alguém do círculo mais próximo de Suu Kyi.


A LND possui 60% dos 224 assentos da câmara alta e 51% dos 440 da câmara baixa. A Constituição de Mianmar estabelece 25% dos assentos das duas Casas do Parlamento para os militares. Em 1990, a população votou nas eleições, mas os resultados não foram reconhecidos pelo governo militar.


O Parlamento escolherá o novo presidente, cargo que Suu Kyi não pode ocupar, a não ser que seja feita uma mudança constitucional
“Nunca imaginei que nosso partido fosse poder formar o governo. Até a população não acreditava que pudéssemos ter um governo da LND, mas agora é um choque para nós e também para o mundo”, disse o parlamentar Khin Maung Myint à agência de notícias Associated Press. Suu Kyi não falou com a imprensa ao chegar ao Parlamento.
“Estamos nos deparando com uma batalha difícil. A maioria de nós possui pouca experiência em governar, mas estamos muito determinados para fazer com que dê certo”, declarou à agênciaReuters o parlamentar da LND Myo Zaw Aung.
Suu Kyi passou mais de 15 anos em prisão domiciliar por fazer oposição ao governo militar de Mianmar. Em 1991 ela ganhou o prêmio Nobel da Paz “pela sua luta sem violência pela democracia e pelos direitos humanos”.

Plataforma petrolífera alarma Algarve - População pensou que ia começar a extração de petróleo.


Plataforma petrolífera alarma Algarve 

População pensou que ia começar a extração de petróleo. 


O cenário, visto de terra, era em tudo semelhante a uma plataforma petrolífera já instalada, a alguns quilómetros da costa. A população e principalmente ambientalistas chegaram a pensar que as perfurações para a extração de petróleo e gás estavam a começar. Mas tudo não passou de um mal-entendido, uma vez que se trata apenas de um navio de carga a transportar uma parte de uma plataforma petrolífera. 

O pânico começou a instalar-se nos últimos três dias, quando foi detetada a presença do navio ao largo de Tavira e Monte Gordo, em movimento lento. "Foi vista uma plataforma a ser transportada e ficámos atentos e com algum receio. Quisemos saber se já iria ser colocada na bacia do Algarve ou Alentejo", revelou ao CM Laurinda Seabra, da Associação Surf e Atividades Marítimas do Algarve. 

O mal-entendido gerou confusão nas redes sociais e uma corrida até a alguns miradouros junto à costa, apesar de não ser visível a olho nu. Segundo o CM apurou, a plataforma está a ser transportada pelo navio de carga Osprey, com 226 metros de comprimento e com capacidade para transportar 50 toneladas. 

Fonte da Autoridade Marítima do Sul explicou que "o navio está em trânsito e segue em direção à Holanda". "Questões atmosféricas obrigam a um movimento mais lento", acrescenta. O navio, com bandeira norueguesa, segue, no entanto, no corredor de tráfego de cargueiros que, normalmente, passam junto à costa algarvia. 

Ontem, ao final do dia, estava ao largo de Olhão, às voltas, a mais de 15 milhas da costa.

http://www.cmjornal.xl.pt

CORRUPÇÃO NA VENDA DA TAP – GESTORES FORAM AUMENTADOS POR PASSOS COELHO PARA FACILITAREM A VENDA DA TRANSPORTADORA AÉREA NACIONAL

O caso do extraordinário aumento salarial dos três gestores da Autoridade Nacional de Aviação Civil poderá ter sido ainda mais grave do que se pensara. Pertencendo ao órgão regulador da aviação em Portugal, o aval destes gestores foi determinante para a aprovação da venda da TAP ao consórcio Atlantic Gateway. O aumento dos três gestores quase triplicou o seu salário e foi efectivado já na época em que Passos Coelho liderava o Governo de gestão, após a coligação PàF ter sido derrubada na Assembleia da República. Além do aumento dos gestores ter sido feito à pressa, foi também feito em segredo, pois só agora foi divulgado, apesar da lei estipular que aumentos salariais desta natureza devem ser publicados de imediato em Diário da República. Como se isso não bastasse para levantar sérias suspeitas sobre a idoneidade dos gestores em causa, sabe-se agora que os mesmos foram nomeados directamente por Passos Coelho, mas não tiveram a aprovação da CReSAP, que apontou falta de formação para os cargos e conflitos de interesses que os gestores teriam entre empresas onde trabalharam, que eram reguladas pela ANAC, e a própria ANAC, para onde foram trabalhar. Apesar das dúvidas da CReSAP, Passos Coelho insistiu e os gestores ganharam, de facto, o cargo.
O caso está agora a ser investigado e poderá ter repercussões no negócio da venda da TAP, que várias vezes foi denunciado pela associação Não TAP os olhos devido a reiteradas inconformidades com a lei.
O vídeo pertence à peça transmitida pela SIC e pode ser consultado na íntegra através da seguinte ligação:AQUI

[1855] 16.000 mortos, duas linhas de jornal e a estátua de um Rei a cavalo




























O Rei ainda lá está, em bronze, no lisboeta Terreiro do Paço, virado ao Tejo. Monta o seu cavalinho, em aparato de armadura anacrónica que nunca usou, com cara que o escultor teve de idealizar, ajudado por gravuras e pela efígie da moeda de real..., por o monarca nunca lhe ter mostrado a face... de carne. Um dinheirão custou a obra, cuja longuíssima história aqui não contamos nem as desditas do escultor Machado de Castro, incluindo as do dia de inauguração, em 6 de Junho de 1775. O infindável depósito de informação da Internet esclarecerá o leitor mais interessado no assunto.

Ora, que terá esta estátua portuguesa a ver com a repescagem de uma notícia de duas linhas pelo jornal "The Mechanicville Mercury" desta pequena localidade do estado de Nova Iorque, datado de 16 de Novembro de 1888?

É que o periódico (como já referimos) lembrava a grande fome de 1775 em Cabo Verde, em que, segundo ele, haviam morrido 16.000 almas. 

Ou seja, enquanto em Lisboa se inaugurava uma estátua de luxo (aliás, a primeira pública no país), nas ilhas esquecidas morriam milhares de cabo-verdianos. Claro que o Rei se estava nas tintas para tal desdita. Queria ele lá saber da triste colónia, mais interessado que estava em paixonetas secretas. Quanto ao Pombal, o ministro que o servia, esse malandro/genial, esse sacana/empreendedor, esse assassino/inovador, também não se deixou emocionar. Outro que tinha mais que fazer...

Lembremo-nos então, quando por ali passarmos, que enquanto o povo de Lisboa dava vivas ao Rei que, receoso de atentados, assistia à inauguração escondido numa sala do andar superior do Terreiro, em Cabo Verde havia gente a morrer à fome. Exercício fácil de fazer...



mindelosempre.blogspot.pt

VÍDEOS - QUANDO OS RUSSOS DANÇAM





VÍDEOS













O MUNDO MARAVILHOSO DOS GRAFFITIS - INCLÚI GRAFFITIS 3D FEITOS NO SOLO