AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


terça-feira, 5 de maio de 2015

CARLOS ALEXANDRE RESPONDE A DENÚNCIAS ANÓNIMAS



ARTE URBANA MOSTRANDO O QUE É DESAGRADÁVEL, MOSTRANDO A VERDADE

mundo moveu-se em direção as cidades, e a arte fez o mesmo. E assim como a arte pode inspirar ações políticas e resistência, também o fazem as paredes das cidades convertidas em telas que contêm importantes mensagens de arte de rua. Os grafites e a arte urbana que você verá nesta lista são perfeitos para propagar mensagens sobre ecologia e a mudança climática para uma audiência mais ampla.

Estas obras de arte urbana utilizam imagens provocativas e sinais singelos para espalhar ideias importantes e inspiradoras de maneira que sejam fáceis de lembrar. Obras semelhantes podem inspirar as pessoas a passarem da total inércia à ação ou ao menos faz com que recordem certos assuntos importantes que o mundo parece ter esquecido.


Não creio em aquecimento global
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 01

O mundo escorrendo pelo bueiro
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 02

A urbanização está nos matando
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 03

Não deixe as plantas morrerem
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 04

Suicídio coletivo
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 05

Temos pouco tempo
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 06

Mais parques e menos "parkings"
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 07

Lembrança de quando tudo isto eram árvores
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 08

Nascido para ser selvagem
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 09

Os animais nos zoos
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 10

O mundo derrete
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 11


Estamos nos comendo
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 12

Sugando a Terra
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 13

A Terra não está morrendo, está sendo assassinada
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 14

Animais enjaulados
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 15

A crueldade contra os animais está por todos os lados
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 16


Se pudéssemos ver o céu e não os edifícios
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 17

Nada o que comer
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 18

Cortando as árvores
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 19

Coma você!
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 20

Um bolo de puro lixo
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 21

Pobre Terra!
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 22

Cultivando.
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 23

Reciclagem é uma função digna, mas você nunca vai ver uma pessoa abastada fazendo isso
24 eloquentes obras de arte urbana mostrando a desagradável verdade 24


 http://www.mdig.com.br

PODEM CONSIDERAR QUE SOU PESSIMISTA MAS EU NÃO CONFIO NOS AMERICANOS E NAS SUAS BOAS INTENÇÕES. - OS DIRIGENTES CUBANOS SERÁ QUE ESTARÃO A PROCEDER BEM !?



PODEM CONSIDERAR QUE SOU PESSIMISTA MAS EU 

NÃO CONFIO NOS AMERICANOS E NAS SUAS BOAS 

INTENÇÕES.

OS DIRIGENTES CUBANOS SERÁ QUE ESTARÃO A 

PROCEDER BEM !?

QUEM SOU EU PARA JULGAR ISSO !?



EUA autorizam ligação por 'ferryboat' com Cuba


O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou hoje 

que emitiu licenças para autorizar o transporte de 

passageiros por 'ferryboat' entre os EUA e Cuba, o que 

acontece pela primeira vez em mais de 50 anos.


"Algumas licenças foram concedidas hoje" para a 

exploração 

das ligações por 'ferry', confirmou uma porta-voz, sem 

quantificar o número de licenças emitidas.


Pelo menos uma empresa do Estado da Florida confirmou 

ter sido autorizada a lançar um serviço de 'ferry' entre Cuba 

e os EUA, que estão separados por cerca de 150 

quilómetros.

EIS O ÚLTIMO POST DA BESTA NAZI-RACISTA PEDRO COSME VIEIRA NO SEU "BLOG"

Ontem, mais 3400 domingo, maio 03, 2014









Enquanto o Louçã perdeu tempo a dar-me fama 
E o Bruno Nogueira a ler uma crónica (que me tornou ainda mais famoso) alegadamente humorística mas que não deve ter arrancado um sorriso a ninguém, mais milhares de alienígenas (não posso mais dizer -pi-alhada) deram às costas europeias. Só ontem, Sábado, foram mais de 3400 (ver). 
Além destes alienígenas que chegaram de barco, chegaram mais uns milhares de amarelados pela Mar Negro (vêm do Afeganistão e Paquistão, atravessam o Turquemenistão, o Mar Cáspio, entram no Azerbaijão, cruzam a Arménia, a Turquia e, finalmente, fazem-se ao Mar Negro para dar à costa na Bulgária e na Roménia).

Disse a minha irmã do meio.
Esse Bruno Nogueira falou de ti? Coitado dos fulanos que escrevem isso, não haverá ninguém interessante para esse Bruno falar, talvez o Portas, o Cavaco? Para irem buscar-te, um gajo totalmente desconhecido, é sinal que estão mesmo sem ideias, estão perdidos, daqui a nada estão na mata de Monsanto a "falar ao microfone" de quem passa para ganhar uns 2,50€. Se queriam gozar à farta com um professor, tinham aquele candidato à presidência, o Professor Não Sei Quê da Nódoa que tem muito mais graça do que tu.

Quanto custará ao Estado Português a Cidade para os alienígenas?
Esta questão é do Fernando Gonçalves e a minha resposta é simple:

NADA.
O FG está a imaginar custos porque quer pegar nos alienígenas que têm actualmente uma vida de miséria na sua terra (por exemplo, na Etiópia 50% das pessoas ganham, aos nossos preços, menos de 0,20€/hora de trabalho, não têm casa, estradas, água canalizada, esgotos, assistência média nem medicamentosa), uma vez aqui, têm que viver como Lords.
Na Etiópia morrem por dia 500 crianças por causas evitáveis, 180 mil por ano e nas nossas ex-colónias de Angola + Moçambique + Guiné-Bissau mais 750 por dia, 250 mil por ano (ver, Fig. 2). Nesses países podem morrer à vontade que não nos sentimos nada incomodados mas, caso desembarquem aqui, já não pode morrer mais nenhuma criancinha inocente. 


Fig. 1 - Que se f--am, são alienígena.

Lembram-se dos 70 sírios que vieram de Bissau?
Eram brancos, com elevada escolaridade e, sem qualquer dúvida, estavam a fugir de uma sangrenta guerra.
Os guineenses, talvez tendo pena deles e porque os sírios tinham bilhete da TAP e o avião estava meio vazio, mandaram-nos para cá para não correrem o risco de morrerem afogados (ver).
Foi um 31 e não me lembro de ouvir o Louça a abanar a cabela ou o Bruno Nogueira a dizer que o que os alienígena da Guiné-Bissau tinham feito um acto de humanidade.

Como isso não é possível, os alienígenas que se danem. 
O "Estado Social" que garante (na nossa Constituição) todos os direitos a todas as pessoas não pode dar nenhum direito a ninguém. Então, os alienígenas que fiquem lá onde estão e que morram como puderem.

Fig. 2 - Mortes anuais de crianças (<5 anos) na Etiópia e nas nossas ex-colónias por causas evitáveis (dados: Banco Mundial).

Mas a minha solução não é aplicar o "nosso" estado social.
É um estado onde a comunidade alienígena viverá com os recursos que conseguir gerar fruto do seu trabalho. Se na terra onde estão ganham 0,20€/h e não vejo a CGTP-In a ir para lá fazer comícios a dizer que é uma indignidade, se na Cidade houver quem lhes pague 1,00€/h já será um enorme incremento no seu nível de vida.
Quem vai pagar tudo desde estradas, passeios, escolas, hospitais, água e esgotos, recolha de lixos, bombeiros, imaginemos o que for, serão os alienígena com o fruto do seu trabalho.
A Cidade vai pagar a renda pelos terrenos, um preço pela água e pela emissão dos esgotos e dos lixos (por m3 e por tonelada) e, dentro dos muros, vai-se governar como Singapura ou Hong Kong se governam.
Os alienígenas pagarão um impostos qualquer a mim para eu poder pagar a renda do terreno. Depois, haverá mais impostos mas integralmente destiandos à governação da Cidade.
Em contrapartido, Portugal não prestará nenhum "apoio social" aos alienígenas.
Portugal tratará a Cidade como se de um país estrangeiro se tratasse, como durante centenas de anos a China tratou Macau.

Vamos ao investimento.
Com mão de obra local (a 1,00€/h), uma célula (um apartamento ou um local de trabalho) ficará na ordem dos 20 mil€ (uma média de 250€/m2 de construção) o que dá, em termos de habitação, 6700€/pessoas e outro tanto em termos de locais de trabalho.
Imaginando um edifício com 1000m x 1500m x 12 pisos que em termos de espaço públicos estão separados por 120 m, haverá 1m2 de espaço público por habitante, o que tem um custo irrisório (100€).
Juntando as canalizações e fios eléctricos, a Cidade implicará um investimento nunca superior a 5000€ por habitante (e outro tanto para as áreas de trabalho).
Muitos do candidatos têm os 5000€ (que gastam actualmente na viagem ou a subornar os do SEF) mas não faltarão fundos de investimento localizados pelo Mundo fora, talvez em Paraísos Fiscais, para financiar a Cidade. 
Cada edifício e infra-estruturas implicam um investimento de "apenas" 3000 milhões €.
Para 50 milhões de pessoas será preciso um investimento de 500 mil milhões € (ao longo de 50 anos).

Fig. 3 - Se não fosse a Cidade, hoje teria as minhas piii como as da Dr.a Ferreira Leite

O custo do Estado Social.
Para um Spread de 2%/ano, amortização em 50 anos (a duração previsional do edifício), os 5000€ implicam uma prestação de 13€/mês. 
Se acrescentarmos o custo da renda, água, electricidade e um apoio se necessário ao nível da ajuda humanitária da ONU aos refugiádos, cada pessoa terá um "custo social" de 30€/mês que será suportado pela Cidade com os impostos que cobrar aos alienígenas que ai viverem.
E mais nada, quem quiser mais que se desenrasque.

E o custo das estradas?
Dentro da Cidade, dada a densidade, as estradas serão mínimas.
Quanto às ligações Europa, os camiões e os autocarros usarão as nossas auto-estradas onde pagarão portagem o que será positivo para os concessionários. Havendo necessidade de fazer mais umas auto-estradas de ligação, os veículos pagarão portagens suficiente para amortizar o investimento. 
Assim, por esta parte também não haverá qualquer custo para Portugal, ainda recebe IVA nas portagens.

E do que vão viver as pessoas?
Da liberdade do comércio e da proximidade com o espaço económico da União Europeia.
Apenas peço liberdade de circulação de bens e de capitais.
Quem quiser viver na Cidade poderá trabalhar, importar e exportar bens e colocar as suas poupanças onde quizer mas apenas poderá viajar de volta ao seu país (ou a um terceiro país que lhe permita a entrada).
Entre os alienígenas haverá  empreendedores que criarão empresas capazes de dar emprego às pessoas. Essas empresas importarão matérias primas e bens em curso de fabrico e, com eles e a mão de obra local, produzirão bens e serviços para serem consumidos localmente e para exportação. Além disso, haverá empresários de toda a UE que aproveitarão este espaço economico para deslocalizar actividades de mão de obra intensiva que actualmente são executadas, por exemplo, na China.

Por isso.
Se o Estado Português me arrendar 1000km2 de território e me deixar total liberdade para receber lá os alienígenas que o quiserem, garanto que posso receber todos os que actualmente tentam entrar na Europa e que isso, além de ser benéfico para os portugueses, também será benéfico para os alienígenas e não implicará nem 1€ de custo ao nosso querido país.
"E eu só prometo o que posso cumprir." (Costa, mas não me acredito mesmo nada que me vá repor o corte no salário que o Sócrates fez).

Hoje é o dia da Liberdade de Imprensa.
A liberdade é os outros não terem o direito de fazer qualquer juizo de valor sobre o que nós dizemos ou escrevemos.
Haverá para aqueles filhos da piiii que mataram os cartonistas francese acção mais desprestigiante do que fazer um desenho do piiii? Mas a liberdade diz que teriam que aguentar.


Pedro Cosme Vieira
economicofinanceiro.blogspot.pt

Universidade está a avaliar caso do professor que se assume racista - O Económico apurou que a Comissão de Ética da Universidade do Porto está a analisar as declarações de Pedro Cosme Vieira.

Universidade está a avaliar caso do professor que se assume racista

O Económico apurou que a Comissão de Ética da Universidade do Porto está a analisar as declarações de Pedro Cosme Vieira.

"O caso já está a ser analisado pelos órgãos da Universidade do Porto e será objecto de avaliação pela Comissão de Ética", é a resposta oficial dada ao Económico por fonte oficial desta universidade, onde Pedro Cosme Vieira é professor, em reacção às suas declarações polémicas em que se assume como racista que fizeram a manchete de hoje do jornal "i".
 .
"A Universidade do Porto considera que as declarações proferidas pelo professor Pedro Cosme Vieira são fruto de uma opinião pessoal, que vincula apenas o próprio, não reflectindo os valores e as posições defendida" pela instituição, sublinha a mesma fonte.

Na mesma resposta, a universidade esclarece que a Comissão de Ética da Universidade é o órgão colegial e independente que se ocupa da observância de padrões éticos em todas as actividades académicas da instituição e na conduta dos seus membros (docentes, funcionários ou alunos).

Segundo o "i", Pedro Cosme Vieira diz coisas no seu blogue ("Económico-Financeiro") como "a pretalhada que atravessa o Mediterrâneo devia ser abatida a tiro" ou "Se se fizesse o abate sanitário de todos os infectados com sida, a doença desapareceria da face da terra".

Professor da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, há 20 anos, Pedro Cosme Vieira assume-se como racista e diz mesmo: "todos nós somos racistas e isso está gravado nos nossos genes".

Em declarações ao mesmo jornal, Pedro Cosme Vieira diz que os qualificativos lhe passam ao lado. "Essas adjectivações não são sobre mim enquanto pessoa, mas apenas enquanto personagem de um mundo virtual".

O nome de Pedro Cosme Vieira foi referido num artigo de opinião do deputado do PSD Duarte Marques e, posteriormente, Francisco Louçã foi ao arquivo do blogue buscar as frases polémicas.

Ao 49 anos, este professor concorreu, este ano, à direcção do Conselho Pedagógico da Faculdade de Economia, mas não conseguiu nenhum voto.

* O homem é um nojo, não pode ser professor em lado nenhum, nos genes nada está gravado sobre preconceitos racistas, como pode um traste chegar a prof. universitário, pode, pode, em Portugal os trastes estão em todo o lado, na política, na banca, na administração pública, etc.




apeidaumregalodonarizagentetrata.blogspot.pt

NOTAS - UMA BIOGRAFIA JÁ COM POLÉMICA



ENA TANTOS ! 35 Fotos Incríveis De Grandes Grupos De Animais Que Nos Lembram Que Não Estamos Sós


35 Fotos Incríveis De Grandes Grupos De Animais Que Nos Lembram Que Não Estamos Sós



É fácil esquecer que nós coexistimos com aproximadamente 8,7 milhões de outras espécies.
1. Camelos (Deserto de Liwa, Abu Dhabi)
camelos

2. Leões-marinhos (Ilhas Palomino, San Juan, Porto Rico)

leões-marinhos

3. Morcegos (Kasanka, Zambia)

morcegos

4. Patos (China)

patos

5. Bodes (Grécia)

bodes

6. Gnus (Serengueti, Tanzania)

Gnus

7. Peixes (Cabo Pulmo, México)

peixes

8. Gado bovino (Sudão-do-sul, África)

gado bovino

9. Zebras (Masai Mara, África)

zebras

10. Boboletas-monarcas (Cerro Pelon, México)

borboletas-monarcas

11. Gansos-das-neves (Merced, Califórnia)

ganso-das-neves

12. Flamingos (Quênia, África)

flamingos

13. Morsas (Alasca, EUA)

morsas

14. Caranguejos-vermelhos (Ilha Christmas)

caranguejos-vermelhos

15. Queleas do bico vermelho (África)

queleas de bico vermelho

16. Abelhas (Himalaia, Nepal)

abelhas

17. Medusas (Salps, Nova Zelândia)

medusas

18. Papagaios-do-mar (Ilha Hornoya, Noruega)

papagaio-do-mar

19. Gaivotas (Alasca)

gaivotas

20. Tartarugas (Sichuan, China)

tartarugas

21. Baleias beluga (Canadá)

baleias beluga

22. Velellas (Norte da Califórnia, EUA)

velellas

23. Búfalos-africanos (Botswana)

búfalos-africanos

24. Gafanhotos (Madagascar)

gafanhotos

25. Estrelas-do-mar (DEvon, Inglaterra)

estrelas-do-mar

26. Ovelhas (Nova Zelândia)

ovelhas

27. Tubarões-martelo (Ilha Cocos, Costa Rica)

tubarões-martelo

28. Hipopótamos (Parque Nacional de Luangwa, Zambia)

hipopótamos

29. Arraias-do-diabo (Sul da Baja Califórnia, México)

arraias-do-diabo

30. Golfinhos (San Diego, Califórnia)

golfinhos

31. Caribus do Ártico (Utukok Uplands, Alasca)

caribus do Ártico

32. Pinguins-rei (Baía de St. Andrews, Ilha Geórgia do Sul)

pinguim-rei

33. Elefantes (Chade)

elefantes

34. Maçaricos (New Brunswick, Canadá)

maçaricos

35. Elefantes-marinhos (e mais pinguins, Baía de St. Andrews, Ilha Geórgia do Sul)

elefantes-marinhos

www.tatulegal.com