AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 26 de março de 2015

CONHEÇA O FESTIVAL DE ARRASTO DE OVELHAS NOS EUA

Todos os anos, no final do verão, criadores de ovinos no estado de Idaho, nos EUA, guiam milhares de ovelhas através de centenas de quilômetros em um percurso que se estende desde as montanhas do Sawtooth, no norte, para as pastagens de inverno do Vale do Rio Snake, no sul. O Arrasto das Ovelhas, como o evento é chamado, marca o fim do festival de quatro dias organizado na cidade de Ketchum, que celebra a história e a cultura rico e colorido do pastoreio no oeste dos Estados Unidos.

01
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 01
As ovelhas são acompanhadas por carroças históricas, bailarinos e participantes da feira folclórica. A ovinocultura começou no sudoeste da região de Idaho no final dos anos 1860, quando John Hailey, um imigrante, trouxe as primeiras ovelhas para o Vale do Rio Wood. Naquela época, havia apenas 14.000 ovinos em todo o estado. Em menos de 60 anos, a população de ovinos aumentou para 2,65 milhões, a quase o sêxtuplo da população humana do estado. Ketchum tornou-se um importante centro de ovelhas, perdendo apenas para Sydney, na Austrália.

Além do desfile de ovelhas, o festival realiza eventos como o melhor cão pastoreiro, uma Feira de Folclore, aulas de culinária, degustações de cordeiros e ovelhas, aulas de fotografia de ovelhas, palestras sobre ovelhas, e dança tradicional e muita folia.


02
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 02
03
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 03
04
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 04
05
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 05
06
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 06


07
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 07
08
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 08
09
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 09
10
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 10
11
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 11


12
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 12
13
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 13
14
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 14
15
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 15
16
Conheça o Festival de Arrasto de Ovelhas 16
Fonte: Education.


http://www.mdig.com.br

Como desaparecer sem dor

Como desaparecer sem dor


O senhor Costa foi informar-se com François Hollande como fabricar o unguento que possa, sem dor, esfrangalhar mais facilmente os Partidos Socialistas. A morte do Partido Socialista Grego foi dolorosa, o italiano sofreu um longo estertor e, como o PS Francês vai desfalecendo, sempre com um sorriso idiota, Costa está interessado no método usado por Hollande.
No entanto ao senhor Costa não faltam bons conselheiros, desde Bilderberg a Soares/Carlucci ou o calor de abraços com muita ternura e facas.

NOTAS - LÁ EM CIMA NO CÉU OS PILOTOS ANDAM A ENLOUQUECER


Entrada no cockpit. Um semáforo de possibilidades - O copiloto alemão que terá sido responsável pelo desastre do Airbus A320 nos Alpes franceses bloqueou a entrada na cabine de pilotagem, deixando o comandante do outro lado.

Entrada no cockpit. Um semáforo de possibilidades





O copiloto alemão que terá sido responsável pelo desastre do Airbus A320 nos Alpes franceses bloqueou a entrada na cabine de pilotagem, deixando o comandante do outro lado. Mas, afinal, quais os procedimentos de entrada na cabine de pilotagem? Quando é ou não é possível entrar? Existem regras a seguir e três possibilidades distintas, que impedem ou não a abertura da porta de entrada no cockpit: modo normal, bloqueado ou desbloqueado. 

Maria João Bourbon |
 

veja no vídeo descrição de coockpit


A incapacidade de o comandante Patrick Sonderheimer, do voo 4U 9525 da Germanwings que caiu nos Alpes, entrar na cabine de pilotagem, por alegadamente o copiloto Andreas Lubitz lhe ter bloqueado o acesso , tem sido esta quinta-feira a pedra-de-toque do desastre do Airbus A320 nos Alpes franceses. Depois de as gravações retiradas da caixa negra terem revelado que a colisão terá sido intencional, várias companhias aéreas, entre as quais a Easyjet, anunciaram um reforço das medidas de segurança no cockpit , obrigando a que estejam sempre duas pessoas na cabine de pilotagem. 
Mas, afinal, o que se terá passado para o comandante ser impedido de entrar? O procurador-geral de Marselha, Brice Robin, afirmou esta quinta-feira que o copiloto terá bloqueado o acesso à cabine, quando o comandante se ausentou momentaneamente do cockpit. O que acontece numa situação destas? Em que situações é possível aceder à cabine de segurança? Quando é que esse acesso fica interdito?
Para responder a estas perguntas, é preciso conhecer os procedimentos a seguir dentro das cabines de pilotagem de um Airbus, explicados no vídeo "Airbus Reinforced Cockpit Door Description and Procedure", publicado no Youtube a 4 de abril de 2014 (pode vê-lo no início do texto). 
Desbloqueado, normal ou bloqueado? 
Dentro da cabine de pilotagem, o comandante e o copiloto têm três opções distintas que podem ser selecionadas através um interruptor: desbloqueada (porta da cabine aberta, com luz verde para entrar), normal (fechada, mas passível de ser acedida em caso de emergência) e bloqueada (acesso interdito em qualquer momento, indicado com uma  luz vermelha). Esta última foi uma opção incorporada após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, quando se realizou um reforço das regras e procedimentos de segurança das cabines de pilotagem. Assim, um comandante ou copiloto que se aperceba que o voo está a ser sabotado poderá bloquear a porta de acesso ao cockpit como uma forma de segurança - o que impossibilita a sua abertura a partir do outro lado, mesmo recorrendo à utilização do código de emergência.  
Apesar desta nova possibilidade, durante o voo o procedimento mais comum é ter a porta do cockpit em modo "normal". Neste caso, a porta está fechada. Quando um comissário de bordo quer entrar no cockpit deve, em primeiro lugar, contactar a cabine de pilotagem, pedir para aceder e, depois de o comandante ou copiloto desbloquearem a porta e quando a luz verde surgir, poderá entrar.  
No entanto, situações inesperadas podem surgir. Se no cockpit existir um problema com o comandante ou copiloto (se estiverem inconscientes, por exemplo) existe uma possibilidade, por parte da tripulação, de aceder ao cockpit. O tripulante que quer entrar na cabine, e que não obtém resposta do comandante/piloto, deverá inserir um código de emergência para abrir a porta. Trinta segundos depois, ser-lhe-á permitida a passagem.   
No entanto, esta é apenas uma possibilidade se a porta estiver fechada no modo "normal". Se dentro da cabine a opção selecionada for "bloqueada" não há código de emergência que valha, a não ser que quem está no cockpit decida abrir a porta de acesso. O que não aconteceu no caso da Germanwings, segundo os investigadores.

Inquérito ao BES gastou 35 euros até agora; - sete comissões de inquérito custaram mais de 2,6 mil Segundo dados do Parlamento, a comissão à gestão do BES, ainda em curso, consumiu menos custos que as restantes comissões de inquérito da legislatura. Camarate, que se prolonga há mais tempo, é a mais onerosa.

Inquérito ao BES gastou 35 euros até agora; sete comissões de inquérito custaram mais de 2,6 mil

Segundo dados do Parlamento, a comissão à gestão do BES, ainda em curso, consumiu menos custos que as restantes comissões de inquérito da legislatura. Camarate, que se prolonga há mais tempo, é a mais onerosa.
 .
A comissão de inquérito ao Banco Espírito Santo consumiu, até aqui, 34,76 euros. Apesar de ter tido mais de 50 audições, superiores ao número das audições em cada um dos restantes seis inquéritos parlamentares que tiveram lugar nesta legislatura, só ficou mais cara que a comissão à aquisição de material militar, como os submarinos.

MARIANA MORTÁGUA
"A comissão de inquérito ao BES não tem tido qualquer ‘gasto específico’ que obrigue a especiais procedimentos. Em concreto, até agora, podem elencar-se as seguintes despesas de reduzido valor: despesas de correio, telefone e digitalização de documentos, que ficam consumidas pelos procedimentos orçamentais iguais aos de qualquer outra comissão", diz ao Negócios o gabinete do secretário-geral da Assembleia da República.

Houve vários depoentes que não quiseram ir em pessoa falar aos deputados e que receberam ofícios da parte da comissão de inquérito por correio. Também foram necessários telefonemas para calendarizar as várias audições.

Os pouco menos de 35 euros da comissão de inquérito ao BES, que ainda não acabou, são "reduzidos" tendo em conta os mais de 1.100 euros gastos em Camarate (que teve, por exemplo, de ir para tribunal pedir acesso a imagens televisivas) e os 920 euros despendidos com o inquérito aos Estaleiros de Viana. A segunda comissão do BPN teve despesas na ordem dos 114 euros, a das PPP de 283 euros e a dos "swaps" de 113,5 euros.

"A parte mais significativa do total das despesas com as comissões de inquérito corresponde ao reembolso de despesas com deslocações de depoentes, ao pagamento de documentos técnicos requeridos a entidades exteriores à Assembleia da República e ao custeio de pequenos gastos em alimentação dos depoentes", indicou a mesma fonte em respostas ao Negócios.

As comissões de inquérito são diferentes das restantes comissões parlamentares porque têm poderes específicos, nomeadamente parajudiciais, com possibilidade de inquirição. Contudo, sendo esporádicas e marcadas em torno de um tema específico, não têm um orçamento próprio. Assim, "qualquer despesa realizada com os trabalhos inerentes a uma comissão parlamentar de inquérito tem que ser objecto de um pedido de autorização prévia que cumpre as regras legais sobre realização de despesa pública".

* Informação que cidadão comum desconhece nem tem noção do valor das despesas. 


apeidaumregalodonarizagentetrata.blogspot.pt

SEF deteta futebolistas ilegais em Portugal - O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras detetou situações de irregularidade na presença e na atividade de jovens futebolistas estrangeiros em território português.


SEF 
deteta futebolistas ilegais em Portugal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras detetou situações de irregularidade na presença e na atividade de jovens futebolistas estrangeiros em território português.

Em comunicado, a instituição informa que foram identificados 103 atletas estrangeiros, 17 dos quais estão notificados para comparência nas suas instalações a fim de aferir com rigor a sua situação no país. 
 .
"Analisada a situação de cada jovem notificado, verificou-se que nove estavam em situação de permanência ilegal, sendo dois deles, maiores de 18 anos, notificados para abandonarem o país no prazo de 20 dias. Os outros sete terão que se regularizar nos termos da lei", refere, sem revelar identidades.

O SEF detetou 38 situações de irregularidade por ausência de título jurídico adequado para a prática desportiva.

"A informação continua a ser analisada no sentido de se aferir o procedimento a tomar para com alguns dos clubes, nomeadamente ao nível contraordenacional", informa.

A operação de fiscalização foi realizada na quarta-feira e incidiu em 13 clubes, a maior parte da I Liga, nomeadamente Benfica, Sporting, FC Porto, Belenenses, Estoril-Praia, Vitória de Setúbal, Sporting de Braga, Vitória de Guimarães e Nacional.

Foram ainda vistoriados União de Coimbra, União Desportiva de Leiria, Académico de Viseu e Sport Clube Angrense, todos de escalões inferiores.

Esta ação surgiu na sequência de outras que o SEF tem realizado e nas quais detetou um número significativo de atletas em situação de permanência e de atividade irregular no território português.
A operação centrou-se nas camadas jovens, nomeadamente nos escalões juniores A e B, no sentido de verificar se estão a ser cumpridos os requisitos legais no que toca à permanência de estrangeiros em Portugal, assim como a legalidade da atividade que desenvolvem nos clubes.

Na operação, o SEF envolveu 84 operacionais das várias direções regionais e da direção central de investigação.

* O SEF detectou tráfico de seres humanos e a opinião pública precisa saber o nome dos clubes coniventes, não chamem outro nome a esta situação, é tráfico! 
Os criminosos, tal como o Primeiro-ministro, podem argumentar com o desconhecimento da lei.




apeidaumregalodonarizagentetrata.blogspot.pt

LAERDAL TUNNEL - O MAIOR TÚNEL RODOVIÁRIO DO MUNDO

 Num lugar geograficamente acidentado, como a Noruega, é praticamente impossível ir de um lugar para outro sem atravessar uma montanha ou navegando um ferry-boat através de um fiorde. É um país bonito, mas sua geografia intrincada criada por um labirinto de fiordes, geleiras e montanhas faz com que muitas comunidades norueguesas permaneçam isoladas umas das outras durante os longos meses de inverno. Vizinhos que vivem a menos de um quilômetro um do outro, mas em lados opostos de um fiorde ou montanha, parecem viver em um mundo à parte.

01
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 01
Via
Isso era ainda muito mais comum antes da Noruega iniciar a construção de uma extensa rede de túneis. Se a montanha estiver no caminho, eles vão atravessá-la. Um fiorde é muito longo para ser acruzado por uma ponte? Vão passar por debaixo dele. Os túneis tornaram a condução através do país muito mais fáceis do que vencer rotastortuosas ao longo de montanhas ou trocar de balsa a cada quanto de poucos quilômetros.

Existem mais de 1.000 túneis rodoviários na Noruega, com comprimento total superior a 750 km, e pelo menos 33 túneis submarinos. Para um país do tamanho da Noruega, com área equivalente ao estado de Goiás, isto parece uma rede de túneis de tatus.

A Wikipédia tem uma pequena lista  de alguns dos túneis mais longos no país. O mais longo desses fenômenos da engenharia é o Túnel Lærdal, que tem nada mais nada menos que 24,51 quilômetros de comprimento, o mais longo do mundo, que liga as aldeias de Lærdal e Aurland, mas, fundamentalmente, que liga a capital de Oslo a Bergen e segunda maior cidade do país. Necessário lembrar que o Lærdal é o mais longo túnel rodoviário, mais longo do mundo é um túnel ferroviário, o Gotthard, na Suíça, que tem 57 km.

Só para entender a grandeza do Lærdal, a "faraônica" obra dos 3 túneis que estão sendo construídos na Serra do Cafezal, entre Curitiba e São Paulo, juntos somam pouco mais de 2km, menos de 10% do túnel norueguês..

Um dos desafios enfrentados pelos engenheiros foi a forma de manter os motoristas alertas através da monótona travessia de mais ou menos 20 minutos de duração. Isso era um ponto essencial pois os motoristas poderiam perder a concentração causando acidentes. Para quebrar a monotonia foram feitas leves curvas ocasionais entre os trechos retos da estrada, e, a cada intervalo de 6 km, tem uma grande caverna. As cavernas são feitas para quebrar a rotina, proporcionando uma visão refrescante e permitindo que os motoristas façam, se assim desejarem, um breve descanso.

Especial atenção foi dada à iluminação. Considerando que a luz branca é usada no túnel, as cavernas são equipadas com luz azul e amarela que dá a ilusão de estar dirigindo à luz do dia a cada 6 km, e a luz dourada ao longo do chão dá a ilusão do nascer do sol.

Outra preocupação foi a ventilação. A alta qualidade do túnel é alcançada de duas maneiras, por meio de ventilação e purificação. Grandes ventiladores sugam o ar de ambas as entradas, e o ar poluído é expelido através de um túnel de 18 km de ventilação único localizado no final do túnel do lado de Aurland. O Túnel Lærdal é o primeiro no mundo a ser equipado com uma estação de tratamento de ar,que remove pó e dióxido de nitrogênio do ar túnel.
02
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 02
Via

03
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 03
Via

04
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 04
Via

05
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 05
Via

06
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 06
Via

07
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 07
Via

08
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 08
Via

09
Lærdal Tunnel: o maior túnel rodoviário do mundo 09
Via


 http://www.mdig.com.br

FOTOGALERIA ESPECIAL NO DESENVOLTURAS & DESACATOS - VEJA COMO O OUTONO TRANSFORMA A PAISAGEM, FAÇA AS COMPARAÇÕES ENTRE AS FOTOS

Na vida atribulada que vivemos quase nunca temos tempo para parar e dar uma olhada no que está acontecendo ao nosso redor, e às vezes podemos perder a transição  com a chegada do outono. Aliás, o outono é uma das estações menos lembradas, já que viramos picolé no inverno, nos maravilhamos com as flores primaveris e depois corremos para as praias no verão. E no outono? Talvez hoje você pare um pouquinho e tente reparar como as árvores estão mudando de cores.


Além do arrefecimento do ar, as deliciosas frutas e legumes características de outono, o amarelar das folhas das árvores é, provavelmente, o maior sinal de que o outono chegou. A clorofila, o pigmento verde das folhas que produz energia para as árvores, decompõe-se progressivamente na queda, revelando as muitas outras cores que também existem nas folhas. Ai surgem os ricos marrons, laranjas, amarelos e vermelhos que associamos com a estação. E aqui temos uma lista de fotos que comparam vários locais antes e depois da transformação em suas cores do outono.

Bem-vindo outono, pode entrar!
01
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 01
Via: 影 武者

02
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 02
Via: nipomen2

03
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 03
Via: Martin Molcan

04
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 04
Via: Andrew Shaland

05
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 05
Via: unicorn81

06
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 06

07
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 07
Via: Jessica Jenney

08
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 08
Via: BooRad0859

09
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 09
Via: Kadek Susanto

10
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 10
Via: Pete Wongkongkathep

11
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 11

12
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 12
Via: Kacper Kowalski

13
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 13
Via: Kacper Kowalski

14
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 14
Via: Eddie Crimmins

15
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 15
Via: Vivienne Gucwa

16
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 16


17
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 17
Via: Kacper Kowalski

18
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 18
Via: Wayne Boland

19
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 19
Via: Alex Burke

20
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 20
Via: Mathieu Noel

21
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 21
Via: fen_snapz

22
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 22
Via: Jim Liestman

23
12 antes e depois das mais belas transformações que chegam com o outono 23
Via: Ajay Thakur

 http://www.mdig.com.br