19 de março de 2015

Produtora de programa americano mata irmã surda

Depois de pagar fiança de U$ 1 milhão, produtora foi liberada pela polícia

Jill Blackstone é uma produtora de programas televisivos responsável por atrações importantes na TV americana, como “Rosie”, “Dr. Drew” e “Jerry Springer”, sendo este último famoso por mostrar “barracos” à la “Casos de Família”. Mas o mundo é uma caixinha de surpresas e ironicamente Jill  envolveu-se  num caso de família mais grave do que os que normalmente costumava exibir no “Jerry Springer”.
A produtora foi presa depois de ser a principal suspeita de assassinar Wendy Blackstone, sua irmã. A polícia recebeu uma ligação de Jill nesse último sábado (14), dizendo que havia uma pessoa em sua garagem que havia cometido suicídio. Ao chegarem no local, as autoridades acharam o corpo de Wendy, um bilhete de suicídio e três cães mortos.
Wendy, que além de surda era parcialmente cega, estava caída na garagem da casa onde morava com Jill. A polícia achou a vítima segurando a nota de suicídio e concluiu que o bilhete não foi escrito por ela. Além disso, as autoridades também analisaram a cena onde Wendy foi encontrada e julgou que não se tratava de uma descoberta de suicídio e sim de uma cena de um crime, já que tudo levou a crer que a irmã de Jill foi assassinada.
Jill foi libertada ontem (18) após pagar a fiança de U$ 1 milhão. O caso continuará sendo investigado pela polícia de Los Angeles.