terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Agricultor deixa morrer à fome mais de 100 animais




Uma exploração agropecuária com cerca de 100 bois, vacas e vitelos está a preocupar a população de Serzedelo, na Póvoa de Lanhoso, devido ao problema de saúde pública e atrocidades cometidas sobre os animais, que estão a morrer à fome.

O dono do gado é José Vieira, que diz estar a ser perseguido pelo Ministério da Agricultura e garante que não tem dinheiro para alimentar os bichos.
Uma visita à exploração permite perceber que as pastagens estão sem alimento, não há feno ou serragem, os animais têm os ossos à mostra e o cheiro apenas é suportável de máscara, em algumas zonas. Na semana passada, José Vieira ainda tinha na garagem os ossos de dois vitelos de dois e sete meses. Ambos morreram à fome. "Ou o Ministério me dá uma ajuda urgente ou então vão acabar por morrer todos", explica o próprio, enquanto abre o celeiro onde uma vaca deitada já só mexe os olhos. "Já não dura dois dias, vai morrer porque não comeu", admite o dono.



Sem comentários: