AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

VÍDEOS E IMAGENS - Dois jornalistas mortos em direto nos EUA - O AUTOR FEZ VÍDEO DO CRIME E JÁ SE TERÁ SUICIDADO
























Repórter e operador de câmara foram baleados enquanto faziam um direto para um noticiário televisivo de uma estação de TV local, em Virgínia. Autor dos disparos está a monte


Dois jornalistas foram mortos a tiro esta manhã, em Moneta, no estado norte-americano de Virgínia, enquanto faziam um direto para um noticiário televisivo. Alison Parker, 24 anos, e o operador de câmara Adam Ward, de 27, foram atingidos por um homem que fugiu e continua a monte. Uma terceira pessoa ficou ferida.
A polícia não tem, por enquanto, qualquer explicação para o crime, que está sob investigação. Sabe-se apenas o que a própria filmagem mostra, quando, cerca das 6h45 locais (11h45 em Lisboa) um homem se aproximou da Praça Bridgewater, disparando vários tiros, no momento em que a equipa da WDBJ7, uma estação local, gravava o direto. Começam por ouvir-se gritos, depois a câmara cai, descreve o “The Guardian”, passando a emissão para o estúdio, onde os colegas foram incapazes de conter a aflição e o estado de choque.
A repórter acabara de iniciar uma entrevista sobre turismo, num centro comercial. As imagens captadas ainda mostram fugazmente o atacante, vestido com calças pretas e uma camisola azul. Quanto à mulher que dava a entrevista, embora atingida, sem que se saiba a extensão dos ferimentos, sobreviveu.

Segundo adianta o diretor-executivo da estação, Jeff Marks, citando a informação dada pela polícia, “alguém armado, que se pensa ser um homem, infiltrou-se onde os jornalistas filmavam e disparou seis ou sete tiros”, fugindo em seguida. “Foi-nos descrito um cenário de caos”, acrescentou.
Licenciada em 2012 pela Universidade de Madison, Alison Parker tinha celebrado o seu aniversário há pouco tempo e namorava um colega, Chris Hurst, que através do Tweeter partilhou o que até aqui tinham mantido mais ou menos em segredo: estavam juntos há nove meses, felizes e a viverem juntos atualmente.






Já Adam Ward, cujo empenho e profissionalismo os colegas destacam, estaria de saída da estação, para acompanhar a namorada, ex-produtora da WDBJ7, que se mudara recentemente, depois de ter aceite um novo emprego.

De acordo com o governador da Virginia, Terry McAuliffe, citado pela “BBC Nws”, o autor dos disparos pode ter sido um funcionário descontente, estando afastada a hipótese de se tratar de um ataque terrorista.

VÍDEOS



VÍDEO cmtv


Sem comentários: