AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


sábado, 29 de agosto de 2015

Pescadores do Algarve indignados com Governo



A Cooperativa dos Armadores de Pesca do Barlavento (Barlapescas) não se conforma com a proibição de pesca da sardinha em Portimão.

A captura de sardinha em Portimão está interdita a partir do meio-dia, devido ao esgotamento da quota local anual de captura, de 700 toneladas.

Jorge Vairinhos, da Barlapescas, aponta o dedo em duas direções, nomeadamente Governo e Direção-Geral dos Recursos Naturais: “O senhor secretário de Estado por incompetência e o senhor diretor-geral não souberam gerir a quota nacional”.

“A pesca ficou hoje dividida por cartéis”, queixa-se. “Não é admissível que nós estejamos parados e os meus colegas de outro lado qualquer estejam a trabalhar”, argumenta Jorge Vairinhos.

Há quase uma semana foi interdita a pesca de sardinha nas zonas de Peniche e Nazaré. Uma portaria publicada em Diário da República prevê que os armadores e tripulantes recebam compensações financeiras pela interdição. No caso dos pescadores a compensação pode ir até 27 euros por dia.



Sem comentários: