AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

OLHÃO: PJ VISITA CÂMARA!


Apesar de algum atraso na sua divulgação, porque procurámos confirmar a informação, a PJ esteve nas instalações da Câmara Municipal de Olhão no inicio da semana passada.
Fechado a ferrolho, não fosse algum besouro inconveniente dar com a língua nos dentes, a informação escapou apesar de se tratar de um processo em segredo de justiça.
Segundo rezam as más línguas do burgo, o processo foi desencadeado com uma queixa apresentada na PJ pela actual direcção do Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Câmara, a propósito das contas da anterior direcção. Contas essas que a actual direcção pretendia fossem previamente auditadas mas que António Pina e Eduardo Cruz inviabilizaram, não fossem descobertas algumas manobras de bastidores de gente "amiga", como parece vir-se a confirmar.
Não é de agora que a gestão da autarquia e seus apêndices anda envolto num nevoeiro intenso com a permissividade da actuação dos Serviços do Ministério (pouco) Publico. Desde violações dos planos de gestão territorial, reconhecidos pelo MP, mas porque na óptica dele, não houve intenção de beneficiar terceiros, arquivou. Bem haja! Exemplar justiça a nossa!
Tiras de choco e latas de Cerelac para o Centro de Cultura, poderão estar no despoletar num bom cambalacho; é que os sócios do CCD já são um pouco crescidinhos para andarem a mamar no biberão.
Claro quer o silencio absoluto, e a redução da fuga de qualquer informação sobre o processo, terá a ver com os (as) envolvidos (as), que ocupando cargos de chefia e com poderes muito amplos, mais parecendo ser os do próprio presidente, aliados à repressão e perseguição movida aos demais funcionários, ajudam a encobrir, a esconder as verdades escondidas de tão escabroso processo.
O CCD sempre viveu de subsídios da autarquia, devido à insuficiência das quotas dos associados, subsídios esses que são dinheiros públicos, sobre os quais deveria haver mais controlo e contenção na sua utilização. Em abono da verdade diga-se, que nos mandatos anteriores, o regabofe era bem maior do que actualmente, pese embora o facto de parte dos actuais eleitos já virem de trás e sempre terem permitido o deboche na utilização dos munícipes.
Sabemos também que a PJ tem vindo a vasculhar mais alguns processos, que o tempo se encarregará de esclarecer, independente de haver ou não qualquer acusação ou condenação porque deste MP, tudo é de esperar.
Mas o Povo de Olhão deve meditar e perguntar-se a quem deu o Poder, a quem permitiu que o dinheiro que lhe é roubado sobre a forma de taxas e impostos seja gasto levianamente.


REVOLTEM-SE, PORRA!

olhaolivre.blogspot.pt


Sem comentários: