AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

FREGUESIA DE SANTA BÁRBARA DE NEXE - BORDEIRA, HISTÓRIA E FUTURO




BORDEIRA, HISTÓRIA E FUTURO
Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Nexe
BORDEIRA, TERRA DE ACORDEÃO
OBJECTIVOS
- Preservação, valorização e desenvolvimento da nossa tradição de acordeão.
- Constituição de um pólo de atracção nacional e internacional.
Afirmação e promoção da Freguesia de Santa Bárbara de Nexe: terra criativa, espaços onde queremos estar, locais para serem vistos e um sector cultural vibrante.
FASE I
Estudo, preservação, valorização e divulgação da obra de grandes acordeonistas, umbilicalmente ligados a Bordeira, Santa Bárbara de Nexe, Faro.
FASE II
Estabelecimento de uma Casa do Acordeão para exposição e consulta do património, salas de ensino e sala de espectáculos.
NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO CANTEIRO EM BORDEIRA – MUSEU MUNICIPAL DE FARO
- Preservação e valorização do património material e imaterial dos canteiros em Bordeira.
- Preservar o passado, preparar o futuro e desenvolver o turismo.
PRESERVAR E VALORIZAR A HISTÓRIA. ATRAIR TURISMO.

1 comentário:

Jose Vargues disse...

É pena não termos uma indústria de cinema, pois se a tivéssemos, o livro que esteve no pensamento de jornalista Arménio de Aleluia Martins, "Alma Algarvia", já teria relançado o Algarve folcórico,o corridinho, o baile de roda, as charolas e toda a tradição algarvia a nível internacional.Temos as praias do Algarve e gastronomia algarvia.De qualquer maneira lanço daqui a ideia aos nossos cineastas.E porque não juntar a arte da pedra?Contando as histórias dos nossos emigrantes algarvios.