AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Detida uma das mulheres e filho do chefe do Estado Islâmico

Detida uma das mulheres e filho do chefe do Estado Islâmico

02.12.2014 -
O exército libanês deteve uma das mulheres e o filho do líder do autoproclamado Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, perto da fronteira da Síria há cerca de 10 dias, anunciou uma fonte das forças de segurança, esta terça-feira.
Detida uma das mulheres e filho do chefe do Estado Islâmico

Abu Bakr al-Baghdadi numa mesquita em Mossul, Iraque, segundo um vídeo divulgado em 5 de julho
"Os serviços militares detiveram uma das mulheres [do líder do Estado Islâmico (EI)], que viajava com o seu filho, perto de Arsal (cidade fronteiriça libanesa) há 10 dias", disse a mesma fonte à agência de notícias francesa France Press.
De acordo com fontes militares citadas pela agência de notícias espanhola EFE, ambos os detidos foram conduzidos a uma prisão situada na sede do Ministério da Defesa, onde estão a ser interrogados.
Segundo o diário libanês "As Safir", a detenção foi realizada em coordenação com "os serviços de informações estrangeiros" e a mulher, cuja identidade não foi revelada, viajava com o seu filho com passaportes falsos.

INTERVENÇÕES À AMÉRICO TOMÁZ - Passos desafia Costa: “Que gente crescida possa olhar para o futuro, sem ser para contar espingardas” 2/12/2014, 13:38 O primeiro-ministro considerou hoje que não é o momento de "contar espingardas", esperando que a nova liderança do PS dê "estabilidade" e "força" ao partido para assumir compromissos para futuro.

Passos desafia Costa: “Que gente crescida possa olhar para o futuro, sem ser para contar espingardas”

O primeiro-ministro considerou hoje que não é o momento de "contar espingardas", esperando que a nova liderança do PS dê "estabilidade" e "força" ao partido para assumir compromissos para futuro.
JOSÉ COELHO/LUSA
Autor
  • lusaAgência Lusa

    O primeiro-ministro considerou hoje que não é o momento de “contar espingardas” mas de encontrar respostas para os problemas dos portugueses, esperando que a nova liderança do PS dê “estabilidade” e “força” ao partido para assumir compromissos para futuro.
    “Espero que o facto de agora o PS ter o seu candidato a primeiro-ministro identificado e também o novo secretário-geral do PS eleito nas eleições primárias e confirmado no seu congresso, que isso dê alguma estabilidade ao PS e que dê também alguma força porque é difícil fazer compromissos quando as próprias soluções políticas são frágeis”, disse Pedro Passos Coelho aos jornalistas à margem da inauguração do Hospital Senhor do Bonfim, em Vila do Conde.
    O primeiro-ministro, que se escusou a comentar o discurso do secretário-geral do PS, António Costa, no congresso socialista do fim de semana passado, quis “apenas reafirmar a importância que para o país tem que gente adulta, gente crescida, gente preparada, gente que tem responsabilidades políticas possa olhar para o futuro sem ser com a perspetiva de contar espingardas, que seja com a perspetiva de chegar a respostas que os portugueses entendem como sendo respostas para os seus problemas”.
    “Quando as soluções políticas parecem ter outra solidez, as pessoas sentem-se mais à vontade para comprometer a sua palavra, para poder chegar a um entendimento sem que isso pareça uma derrota para ninguém. Essas condições estão reunidas e só não haverá um espírito de compromisso se ele não for desejado”, enfatizou.

    Acordeonista algarvio sagra-se vice- campeão do Mundo

    Acordeonista algarvio sagra-se vice-


    campeão do Mundo

    Acordeonista algarvio sagra-se vice-campeão do Mundo

    A 67.ª edição da Copa Mundial de Acordeão realizou-se de 27 de Outubro a 2 de Novembro em Salzburgo na Áustria, com um momento de glória para a música portuguesa.
     
    O jovem algarvio, João Filipe Guerreiro, natural de Faro, aluno do professor Hermenegildo Guerreiro, único português em prova, conquistou o 2º lugar na Categoria Sénior Virtuoso, no concurso organizado pela “Confédération International des Accordéonistes, membro da International Music Concil and NGO partner of UNESCO”, que contou com a participação de centena e meia de concorrentes em representação de 27 países, nas diferentes categorias a concurso.
     
    Recorde-se que o acordeonista conseguiu este feito, passadas poucas semanas, após ter marcado presença no pódio na competição internacional de Castelfidardo em Itália.
     
    A participação de João Filipe Guerreiro, contou com os apoios da Direção Regional de Cultura do Algarve, da Mito Algarvio – Associação de Acordeonistas do Algarve, da Câmara Municipal de Castro Marim e do Grupo Folclórico de Faro.

    ROUPA A CORAR - POESIA E FOTOS

    JÁ POUCOS SE DEVEM LEMBRAR

    DA ROUPA AO SOL A CORAR


    E DO COLORIDO ESTENDAL


    E DOS TEMPOS DA BARRELA


    CADA SAIA UMA AGUARELA


    COM AS CORES DE PORTUGAL


    FORAM USOS E COSTUMES


    ENTRE CANTARES E QUEIXUMES


    NA VOZ DAS LAVADEIRAS


    CORRIA A ÁGUA CRISTALINA


    ROUPA VELHA, ROUPA FINA


    SOBRE AS PEDRAS DAS RIBEIRAS


    CHEIRAVA A ALECRIM, ROSMANINHO


    E O SABÃO TINHA O CHEIRINHO


    PARA AS RENDAS PERFUMAR


    BELOS TEMPOS QUE JÁ LÁ VÃO


    DESSES USOS DE ENTÃO


    QUE QUIS AQUI RECORDAR

    poesia - António Garrochinho
    fotos: Fernanda Almeida/José Carlos Casimiro/Ramos Andrade/Benjamim Silva ehttp://flickrhivemind.net/




















    ISTAMBUL - MANIFESTAÇÃO DA PLATAFORMA SOLIDARIEDADE KOBANÊ QUE SE MANIFESTAVAM CONTRA O ESTADO ISLÂMICO (ISIS) FORAM ATACADOS PELA POLÍCIA

    Manifestación contra el ISIS atacada por la policía en Estambul

    ANF – ISTANBUL 02.12.2014 – Trad. S.K.
    07e795eef07a62a536054a5bd3f09a2f_ba650c16a7ffd07eb8746df886ff96c7_IMG_8973

    Los miembros de la plataforma Solidaridad Kobanê en Estambul fueron brutalmente atacados por la policía cuando se reunieron en la zona central del Túnel y comenzaron una marcha para protestar por el ataque del sábado del ISIS lanzado en Kobanê desde suelo turco.
     
    En la manifestación participaron un gran número de personas, incluyendo ejecutivos del DBP (Partido Democrático de las Regiones, formalmente BDP) y del HDP (Partido Democrático del Pueblo).
     
    La policía bloqueó a los manifestantes poco después de que comenzara su marcha hacia la céntrica plaza de Galatasaray, coreando consignas condenando la “colaboración del AKP” y portando banderas del YPG, HPG y KCK.
     
    Atacando a la multitud sin ninguna advertencia, los equipos de policía, entre los que había decenas de policías vestidos de civil con barba, detuvieron a siete personas, hirieron a una anciana y rompieron la nariz de un joven.
     
    La anciana herida en la represión fue trasladada de urgencia al hospital, mientras que los manifestantes insistieron en no salir de la zona hasta que los detenidos fueran libertados, lo que obligó a la policía a hacerlo después de una larga espera.
     
    Los ejecutivos del DBP y HDP condenaron enérgicamente la represión policial que -han dicho- ha demostrado una vez más el apoyo de Turquía al ISIS, también subrayó que ningún ataque será capaz de intimidar a que ejerzan su derecho democrático a protestar.
    Imágenes de la manifestación (ANF):
    1cbbb44c3a8143e9858802a533ed0d44_5e579fef49e58f7f0053824d4375ccb5_IMG_88969c736852c2f59b13864d58c549c61507_05581ba6a4e390734d03606a8863fc97_IMG_90649261b617e0ccff30cea9ab7991bdcaa3_2b8fb6286a2611ea45d94bce2b5fafc0_IMG_9009afb4a16df4110f152e84f57d8c31bfd9_45c0e1bc54a8556f88da5d892d954379_IMG_9014b9a41c99b970818a8cfce7688b692ee3_a3752023aad7fc75f02c3650a42c9de5_IMG_8956b222b85140af39a439b5f62a6fc8dc56_c1063bd4334ee02d86e3d86215131f93_IMG_8966d2e1ebeafbd4fbbeb80eadedd9b52f6a_e239eda4218bcd4455b9a112ade7dcf8_IMG_9004e2a6b7d6766a05e3e60eea28f3cf6844_b74d95259e758d0fb2947c5ae7faa6c9_IMG_8988e18be33ce54c9b527e90ab5397e7c41c_102571cae0a82a0157c51aa05faf0657_IMG_9038eec77d309401719b75d54ed3bad9a4c2_1cff159957d4e1ca516a25c6e4dc759b_IMG_9027
     
    Tomado de:

    Falhanço, incompetência ou má fé? - Passos Coelho ia cortar na gorduras do Estado, ia acabar com institutos e fundações, ia fundir instituições do Estado, ia eliminar mais de 1500 cargos de chefias, era toda uma revolução a fazer à sombra da Troika, uma oportunidade única de um sector da direita, os ultraliberais próximos da extrema direita mas disfarçados de social-democratas, fazer o que sempre desejou.

    Falhanço, incompetência ou má fé?

    Passos Coelho ia cortar na gorduras do Estado, ia acabar com institutos e fundações, ia fundir instituições do Estado, ia eliminar mais de 1500 cargos de chefias, era toda uma revolução a fazer à sombra da Troika, uma oportunidade única de um sector da direita, os ultraliberais próximos da extrema direita mas disfarçados de social-democratas, fazer o que sempre desejou.
      
    Punha-se fim à asfixia da sociedade pelo Estado, reduziam-se os custos, tornava-se o Estado mais eficaz. Todos os processos de modernização e de simplificação foram suspensos, a prioridade era cortar a qualquer custo. Para o fazerem contavam com um ministro infalível. O Gaspar, e foram ao BdP buscar uma sumidade, o Rosalino. O Gaspar fugiu e o Rosalino regressou ao BdP onde foi promovido, provavelmente com aclamação pois a única reforma que fez foi a dos estatutos do BdP, blindando os seus funcionários a medidas de austeridade. O BdP pode ser muito ineficiente a controlar os bancos, mas revelou-se de uma grande competência a defender os interesses dos seus.
      
    Conseguida a proletarização forçada dos funcionários públicos, apesar dos arrufos dos juízes do Tribunal Constitucional, o governo arregaçou as mangas vinha aí a grandiosa reforma do Estado. Encomendou-se um estudo às sumidades do FMI e no meio de uma crise conjugal da coligação Portas sai como o homem forte do governo. Livrou do Álvaro Santos Pereira e trouxe o Pires de Lima, o homem  das cervejas ficava com a economia, Portas tomava conta do Estado.
      
    Apareceu um guião para a reforma do Estado, depois falou-se de uma calendarização, quando se esperava o calendário o governo concluiu que a reforma já ia adiantada, no fim nada se fez e o OE2015 ignorou o assunto. O pobre do Lambretas lá inventou um despedimento colectivo na Segurança Social para mais tarde dizer que o CDS de Paulo Portas até fez o trabalho de casa, os ministros incompetentes e preguiçosos foram os do PSD.
      
    Estamos no quarto ano de revolução e nada se fez no Estado, as fundações e institutos são os mesmos, os lugares de chefia são quase tantos quanto eram no passado, os processos de modernização deram lugar a pedidos de agilização na concessão de vistos gold por ministros cobardolas que deixaram o director do SEF ira para a cadeia sem terem dado a cara pelos pedidos de agilização que fizeram.
      
    Foram quatro anos perdidos, o Estado está na mesma, todos os processos de mudança foram paralisados, os funcionários públicos estão de baixos cruzados, as chefias são do partido, mas agora devidamente escolhidos pelos concursos do Bilhim. Portugal perdeu mais quatro anos.

    Só alguém ingénuo esperaria que Portas reformasse o que quer que fosse e a verdade é que quando lhe deram a responsabilidade da reforma do Estado foi com a intenção de o "entalar" e depois disso a questão já foi alvo de trocas de galhardetes entre Passos e Paulo Portas. Quando Passos deu a responsabilidade da reforma do Estado a Portas já sabia que nada ia ser feito, apenas queria usar o Estado como pedra para atirar ao seu colega de coligação. Foi desta forma séria que o assunto foi tratado.

    jumento.blogspot.pt

    O heroi que enfrentou a América bandida:Snowden é ovacionado na entrega do Nobel Alternativo

    O heroi que enfrentou a América bandida:Snowden é ovacionado na entrega do Nobel Alternativo

    O ex-analista da Agência de Segurança Nacional (NSA) Edward Snowden, que denunciou a existência de programas de espionagem em massa dos EUA, foi homenageado com o Prêmio Right Livelihood – conhecido como Nobel Alternativo – nesta segunda-feira (1º/12), no Parlamento da Suécia, em Estocolmo. 



    Snowden, que está exilado na Rússia e não foi a Estocolmo por temer a extradição para os Estados Unidos, conectou-se via vídeo e foi aplaudido de pé pelos presentes na cerimônia. “É um privilégio extraordinário fazer parte daqueles que lutaram pelos direitos humanos”, afirmou.
    “Tudo isso tem a ver com aquilo que podemos fazer para tornar a nossa sociedade mais segura, as liberdades que herdamos. Podemos ter sociedades abertas e liberais”, afirmou Snowden, recebendo uma grande ovação do Parlamento sueco.
    Ele garantiu que os sacrifícios feitos por ele valeram a pena e que os faria novamente, pois “eles são sobre nossos direitos, sobre as sociedades nas quais queremos viver, o tipo de governo que queremos ter.”
    Desde as revelações sobre a NSA, em 2013, muito mudou no mundo em relação à proteção de dados pessoais, afirmou. “Isto [a denúncia] nos forneceu uma base sobre a qual podemos construir”, disse.
    Snowden lembrou também das pessoas – jornalistas, editores e advogados – com quem trabalhou e que, nas palavras dele, “arriscaram muito”.
    O diretor de redação do jornal britânico The Guardian, Alan Rusbridger, que foi premiado junto com Snowden, participou da cerimônia em Estocolmo. “Edward Snowden poderia facilmente ter publicado o material”, disse. Em vez disso, o ex-analista confiou as informações a jornalistas, para que estes as avaliassem e divulgassem dentro de critérios jornalísticos. “Ele acreditou no jornalismo”, completou Rusbridger.
    O criador da Fundação Right Livelihood, Jakob von Uexküll, afirmou em seu discurso que Snowden prestou um enorme serviço para o mundo. “Sem a sua coragem continuaríamos sem saber sobre a dimensão dos novos crimes que o avanço tecnológico tornou possível.”
    Procurado pelo governo dos Estados Unidos, onde é acusado de traição de segredo de Estado, Snowden vive na Rússia. Lá, tem um visto de residência de três anos.

    militanciaviva.blogspot.pt

    Sócrates afirma que a casa de Paris lhe foi emprestada pelo amigo Carlos Santos Silva - A terceira comunicação do ex-primeiro-ministro, foi para contrariar as notícias de que seria ele o dono de um apartamento na capital francesa. "Não lhes faço o favor de estar calado", avisa.

    Sócrates afirma que a casa de Paris lhe foi emprestada pelo amigo Carlos Santos Silva

    A terceira comunicação do ex-primeiro-ministro, foi para contrariar as notícias de que seria ele o dono de um apartamento na capital francesa. "Não lhes faço o favor de estar calado", avisa.
    Ex-primeiro-ministro diz, através de carta ditada da prisão, que continuará a falar
    AFP/Getty Images
    José Sócrates nega que tenha comprado uma casa em Paris, França, depois de abandonar o cargo de primeiro-ministro de Portugal, em 2011. Em carta enviadaesta segunda-feira à RTP, o ex-governante, em prisão preventiva por suspeitas de fraude fiscal qualificada, corrupção e branqueamento de capitais, afirma que a referida casa lhe foi emprestada pelo seu amigo Carlos Santos Silva, também ele detido preventivamente.
    “No primeiro ano vivi num apartamento arrendado; depois, de setembro de 2012 a junho de 2013, vivi no apartamento que me foi emprestado pelo meu amigo Eng. Santos Silva, que o comprou para o restaurar, arrendar ou vender, que é a situação atual dele. Saí quando começaram as obras. No princípio deste ano, depois de uns meses a viver com a família em hotéis, arrendei outro apartamento que mantenho atualmente como minha residência em Paris”, ditou Sócrates ao seu advogado, João Araújo, por telefone.
    A casa onde Sócrates morou em Paris está registada em nome de Carlos Santos Silva, mas algumas notícias recentes davam conta de que o ex-dirigente político seria o verdadeiro dono da residência, tendo pago por ela uma soma de três milhões de euros. A comunicação, a terceira desde que se encontra no estabelecimento prisional de Évora, foi motivada por uma reportagem da RTP emitida na sexta-feira, em que era mostrado o apartamento onde Sócrates habitou em Paris e se dizia que o mesmo estava atualmente à venda por quatro milhões de euros.
    A RTP revelava igualmente na reportagem que a mãe de Sócrates vendera, logo após as eleições legislativas de 2011, dois apartamentos – um por 100 mil euros e outro por 75 mil. O ex-governante também refuta essas informações.
    “A minha mãe vendeu, na altura com ajuda do meu irmão, dois – não um, como afirma a peça – apartamentos pelo valor total de 100 mil euros e não, como afirmam, um por aquele preço”, diz Sócrates, que, um pouco mais à frente, assegura que “o preço por que [a mãe] o vendeu foi o preço justo que resultou de uma avaliação”. A reportagem da RTP afirmava que, consultados promotores imobiliários, a referida casa tinha sido vendida por um valor muito superior ao de mercado.
    A carta do ex-primeiro-ministro foi ditada durante o fim de semana, mas Sócrates terá pedido a João Araújo que apenas a divulgasse esta segunda-feira para não perturbar os trabalhos do Congresso do Partido Socialista. Depois deste breve silêncio, contudo, o antigo líder do Governo promete continuar a divulgar a sua versão dos factos.
    “É certo que é difícil eu falar. Estou preso. Mas não lhes faço o favor de estar calado…”

    COMO VÃO AS COISAS SOBRE A NOVA PONTE NA PRAIA DE FARO !? - MUITA GENTE NÃO SABE QUE... Quercus apresentou queixa à Europa contra a nova ponte da Praia de Faro - O QUE VOCÊ PENSA SOBRE ESTE ASSUNTO ?




    COMO VÃO AS COISAS SOBRE A NOVA PONTE NA PRAIA DE FARO !?

    MUITA GENTE NÃO SABE QUE...

    Quercus apresentou queixa à Europa contra a nova ponte da Praia de Faro

    O QUE VOCÊ PENSA SOBRE ESTE ASSUNTO ?


    A Quercus apresentou queixa contra o Estado Português à União Europeia devido à obra de construção de uma nova ponte de acesso à Praia de Faro. A associação ambientalista pretende parar o processo atualmente em curso, no âmbito do Polis da Ria Formosa e quer, como altenativa, a reabilitação da ponte já existente, associada à diminuição da área de estacionamento, dentro daquele núcleo urbano farense.

    Numa nota de imprensa, a Quercus disse que a queixa é «relativa à decisão de construção da nova ponte de acesso à praia de Faro e parque de estacionamento exterior, devido à afetação do Sítio de Importância Comunitária “Ria Formosa/Castro Marim” (SIC) e da Zona de Proteção Especial para Aves Selvagens “Ria Formosa” (ZPE), área que também está protegida pelo direito nacional como Parque Natural da Ria Formosa e Sítio Ramsar “Ria Formosa”». «A queixa apresentada pede igualmente à Comissão Europeia que seja suspenso o cofinanciamento comunitário ao projeto», acrescentam.

    Para a Quercus, o projeto de construção de uma nova ponte com uma única via de circulação rodoviária, ao lado da já existente, a que está associado um passadiço pedonal e ciclável junto à estrada que dá acesso à ponte «é incompatível com os cenários de adaptação às alterações climáticas».

    «É intenção da autarquia apostar na construção de uma ponte que constitua um “cartão de visita” para a própria zona balnear, com a aprovação de um projeto com “design” ao invés da recuperação da ponte existente, que envolveria menores custos. De salientar que a implementação deste projeto contempla o alargamento da via de circulação existente com a consequente destruição de uma zona de sapal com a construção de um parque de estacionamento e de dois aterros de apoio à fase de construção, que implica a destruição e fragmentação de um habitat prioritário – 1150 Lagunas Costeiras, criando condições para que haja maior presença humana numa área dunar já muito fragilizada», ilustram.

    Os ambientalistas defendem que também «compromete os objetivos de renaturalização e de defesa da orla costeira, em parte já previstos no Programa Polis Ria Formosa, mas que ficam aquém do necessário».

    «Assim, a Quercus sugere que a atual ponte possa ser objeto de restauro, ficando a sua utilização restrita a peões, bicicletas, fornecimento de bens e serviços aos estabelecimentos comerciais e a veículos de emergência e dos serviços públicos e que a área a ocupar pelo parque de estacionamento seja reduzida para não destruir a área de sapal», avança a Quercus.

    Com esta solução, acreditam, «reduzir-se-ia a pressão existente sobre os ecossistemas dunares, sendo que esta é também a única forma de garantir a segurança futura dos aglomerados populacionais do interior da Ria Formosa atualmente protegidos pelas penínsulas arenosas e pelas ilhas-barreira, bem como a própria integridade do SIC e da ZPE».

    «Por outro lado, esta obra vem no sentido contrário ao que deveriam ser as preocupações e os compromissos dos poderes públicos em matéria de defesa costeira, os quais implicam decisões políticas corajosas no sentido da deslocalização de pessoas e bens (por exemplo com a remoção da totalidade do edificado) que exercem neste momento uma perturbação indesejável sobre a primeira e única linha de defesa costeira do sistema lagunar», acrescentam os ambientalistas.

    Inspirado em uma cena do filme “Para Maiores” um alemão maluco do canal 0,5er decidiu colocar testículos falsos em seu pescoço e foi dar uma volta, para flagrar as reações das pessoas.

    Pelos vistos fazer casa na árvore deixou de ser coisa só de criança