AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 1 de novembro de 2014

ONDE ESTÁ O OURO !?













discoverybrasil.uol.com.br

10 GÉNIOS LOUCOS

Os cientistas são um grupo notoriamente diferente. Afinal, ser um pouco diferente ajuda a perseguir ideias que outros não acreditam, e isso fez com que muitos tivessem personalidades excêntricas, ou fossem complexos demais para níveis intelectuais mais limitados. E um bom número deles passou a extremos em sua busca por conhecimento, com resultados às vezes terríveis, às vezes hilários.
Aqui estão 10 dos mais estranhos fatos sobre cientistas e matemáticos dos mais famosos do mundo:

10. Não aos feijões!

10
Você pode agradecer ao matemático grego Pitágoras pela contribuição à geometria básica, o teorema de Pitágoras. Mas algumas de suas ideias não resistiram ao teste do tempo. Por exemplo, Pitágoras defendia uma filosofia vegetariana, mas um dos seus princípios era uma proibição completa de tocar ou comer feijão. Diz a lenda que feijões eram parcialmente culpados pela morte de Pitágoras. Depois de ser expulso de sua casa por invasores, ele se deparou com um campo de feijão, onde supostamente decidiu que preferia morrer do que entrar no campo – e assim os invasores cortaram sua garganta. (Os registros históricos não mostram uma razão clara para os ataques).

9. Quando você tem que ir, mas não vai…

9
O astrônomo dinamarquês Tycho Brahe, do século 16, foi um nobre conhecido por sua vida e morte excêntricas. Ele perdeu o nariz em um duelo na faculdade e usava uma prótese de metal permanente. Adorava festas: teve sua própria ilha, e convidou amigos para ir a seu castelo e depois partir em aventuras selvagens. Ele fez com que os hóspedes vissem um alce que ele tinha domesticado e um anão chamado Jepp que manteve como um “bobo da corte”, fazendo-o se sentar permanentemente debaixo da mesa, onde Brahe ocasionalmente lhe dava restos de comida. Mas a sua paixão por postura política pode ter sido inadvertidamente a causa de sua morte. Em um banquete em Praga, Brahe insistiu em ficar na mesa quando precisava muito ir ao banheiro, porque deixá-la seria uma violação de regras de etiqueta. Isso foi uma má jogada; Brahe desenvolveu uma infecção renal e sua bexiga estourou 11 dias mais tarde, em 1601.

8. O herói desconhecido

8
Nikola Tesla foi um dos heróis desconhecidos da ciência. Ele chegou nos EUA vindo da Sérvia em 1884 e rapidamente passou a trabalhar para Thomas Edison, fazendo avanços importantes em rádio, robótica e eletricidade, alguns dos quais Edison tomou o crédito por. Mas Tesla não era obcecado apenas em sua busca científica. Ele provavelmente tinha transtorno obsessivo compulsivo (TOC), recusando-se a tocar em qualquer coisa suja, mesmo que apenas um pouquinho. Também não tocava em cabelos, brincos de pérola ou qualquer coisa redonda. Além disso, ele se tornou obcecado com o número 3. E em cada refeição, ele usava exatamente 18 guardanapos para polir os utensílios até que brilhassem.

7. Professor distraído

7
Werner Heisenberg pode ser um brilhante físico teórico, mas com a cabeça nas nuvens. Em 1927, o físico alemão desenvolveu as famosas equações de incerteza envolvidas na mecânica quântica, regras que explicam o comportamento em pequenas escalas de minúsculas partículas subatômicas. No entanto, ele quase não conseguiu seu doutorado, porque não sabia quase nada sobre as técnicas experimentais. Quando um professor particularmente cético em sua banca examinadora perguntou-lhe como uma bateria funcionava, ele não tinha nem ideia.

6. Prolífico polímata

6
O físico Robert Oppenheimer era um polímata (aquele com conhecimento muito amplo em mais de uma área), fluente em oito idiomas e interessado em uma ampla gama de assuntos, incluindo poesia, linguística e filosofia. Como resultado, Oppenheimer às vezes tinha dificuldade para entender as limitações das outras pessoas. Por exemplo, em 1931 ele pediu a seu colega da Universidade da Califórnia em Berkeley, Leo Nedelsky, para preparar uma palestra para ele, observando que seria fácil, porque tudo estava em um livro que Oppenheimer indicou. Mais tarde, o colega voltou confuso porque o livro estava inteiramente em holandês. Eis a resposta de Oppenheimer: “Mas holandês é tão fácil!”.

5. Documentado até a morte

5
O arquiteto e cientista Buckminster Fuller é mais famoso por criar a cúpula geodésica, visões sci-fi de cidades futuristas e um carro chamado Dymaxion em 1930. Mas Fuller também foi um pouco excêntrico. Ele usava três relógios que mostravam o tempo em vários fusos horários quando voava por todo o mundo, e passou anos a dormir apenas duas horas por noite, atitude que ele apelidou de sono Dymaxion (ele finalmente cedeu porque os seus colegas não podiam fazer o mesmo, ou seja, manter-se sem dormir). Mas o gênio também passou muito tempo narrando sua vida. De 1915 a 1983, quando ele morreu, Fuller manteve um diário detalhado que ele atualizava religiosamente em intervalos de 15 minutos. O registro resultante está em pilhas de 82 metros de altura e está alojado na Universidade de Stanford.

4. Matemático sem-teto

4
Paul Erdös era um teórico matemático húngaro tão dedicado ao seu trabalho que nunca se casou. Vivia apenas com uma mala. Muitas vezes, aparecia na porta de seus colegas sem aviso prévio, dizendo: “Minha mente está aberta”, e divagava sobre problemáticas numéricas nas quais iria trabalhar a seguir. Em seus últimos anos, ele bebia café e tomava pílulas de cafeína e anfetaminas para ficar acordado, trabalhando de 19 a 20 horas por dia. Erdős usava o termo “partir” para pessoas que tinham morrido, e o termo “morrer” para pessoas que tinham parado de fazer matemática. Seu foco único parece ter valido a pena: o matemático publicou cerca de 1.500 documentos importantes, recebeu vários prêmios e a comunidade de matemáticos que trabalhou com ele criou em sua honra o Número de Erdős.

3. O físico brincalhão

3
Richard Feynman foi um dos físicos mais prolíficos e famosos do século 20, envolvido no Projeto Manhattan, o esforço americano ultrassecreto para construir uma bomba atômica. Mas o físico também foi um grande brincalhão. Se entediado do Projeto Manhattan, em Los Alamos, Feynman supostamente passava seu tempo livre abrindo fechaduras e cofres para mostrar a facilidade com que os sistemas podiam ser quebrados. No caminho para o desenvolvimento de sua teoria vencedora do Prêmio Nobel em Eletrodinâmica Quântica, ele saiu com showgirls de Las Vegas, tornou-se um especialista na língua maia, aprendeu canto gutural tuvano (Tuva é um Estado da Rússia) e explicou como anéis de borracha levaram a explosão da nave espacial Challenger, em 1986.

2. Móveis pesados ​​

2
O matemático e engenheiro eletricista britânico Oliver Heaviside desenvolveu técnicas matemáticas complexas para analisar circuitos elétricos e resolver equações diferenciais. Mas o gênio autodidata foi chamado de “esquisito de primeira linha” por um de seus amigos. O engenheiro mobiliou sua casa com blocos de granito gigantes, pintava suas unhas com cor rosa brilhante, passava dias bebendo apenas leite e pode ter sofrido de hipergrafia, uma condição que causa no cérebro um impulso irresistível de escrever.

1. A guerra dos ossos

1
Durante a grande corrida de dinossauros dos anos 1800 e início de 1900, dois homens usaram uma série de táticas cada vez mais sombrias para superar um ao outro em busca de fósseis. Othniel Charles Marsh, um paleontólogo do Museu Peabody, da Universidade de Yale, e Edward Drinker Cope, que trabalhava na Academia de Ciências Naturais da Filadélfia, Pensilvânia, começaram de forma amigável o suficiente, mas logo tornaram-se inimigos. Em uma viagem de “caça aos fósseis”, Marsh subornou os guardas do sítio arqueológico para desviar qualquer descoberta potencial do caminho do rival. Em outra expedição, Marsh enviou espiões ao longo de uma das viagens de Cope. Corriam rumores de que eles dinamitaram camas um do outro para evitar suas descobertas. Eles passaram anos publicamente humilhando um ao outro em artigos acadêmicos e acusando-se mutuamente de crimes financeiros e inaptidão nos jornais. Ainda assim, os dois pesquisadores fizeram grandes contribuições para o campo da paleontologia: dinossauros emblemáticos como os estegossauros, tricerátopos, diplódocos e apatossauros foram todos descobertos graças aos seus esforços. [livescience]


O NOSSO MUNDO É ESTRANHO - COISAS GIGANTES

Desde sempre, a humanidade é fascinada por obras gigantes e paisagens grandiosas da natureza. As Pirâmides do Egito, a Torre Eiffel, os estratosféricos arranha-céus, A Grande Muralha da China e muitos outros monumentos e marcos naturais estão entre as coisas mais populares e admiradas no mundo.
Mas você sabe, por exemplo, qual foi o maior hambúrguer já feito? E o maior termômetro já construído e a maior melancia já cultivada? Saiba mais sobre esses e outros itens ridiculamente grandes na lista abaixo:  

18 – Termômetro

O maior termômetro do mundo tem quase 41 metros de altura e foi construído pelo empresário Willis Herron em Baker, na Califórnia. O termômetro foi feito como uma lembrança da temperatura mais alta registrada nos Estados Unidos, que foi medida nas proximidades do Vale da Morte em 1913 e registrada por impressionantes (e escaldantes) 56,6 graus Celsius.

17 – Machado

Localizado em Nackawic, New Brunswick, no Canadá, o maior machado do mundo tem quase 15 metros de altura e pesa cerca de 50 toneladas. O machado gigante foi encomendado, projetado e construído em 1991 por uma empresa em Woodstock a fim de simbolizar a importância da indústria florestal na região.

16 – Motocicleta

A maior motocicleta do mundo foi construída por Gregory Dunham em 2005. Batizada de "Grande Sonho", ela tem 3,35 metros de altura, 6,10 metros de comprimento e quase três toneladas de peso. O imenso veículo de duas rodas levou três anos para ser construído.  Apesar de suas dimensões gigantes, a motocicleta funciona normalmente para um passeio.

15 – Hambúrguer

Esse hambúrguer dava para ser divido em dezenas de pessoas! O maior hambúrguer já registrado pesava 913 quilos e tinha um diâmetro de 3,04 metros.
Preparado por Black Bear Casino Resort em Carlton, Minnesota (EUA), em setembro de 2012, o hambúrguer foi coberto com 23 quilos de tomates, 22 quilos de alface, 27 quilos de cebola, nove quilos de picles, 18 quilos de queijo e sete quilos de bacon. O sanduíche gigante levou quatro horas para ser produzido.

14 – Caverna

Localizado em Phong Nha-Ke Bang no Parque Nacional do Vietnã, a Son Doong Cave é a maior caverna do mundo. Com um comprimento de 9.144 metros e uma profundidade de cerca de 152,40 metros, a Son Doong ultrapassou o recorde da Caverna do Cervo na Malásia que costumava ser a maior antes dessa ser descoberta em 1991.

13 – Melancia

Cultivada pelo contador Chris Kent do Tennessee (EUA), em 2013, a maior melancia do mundo alcançou o peso incrível de 158 quilos.

12 – Mesa de pebolim

Enquanto uma mesa de pebolim normal tem cerca de 1,21 metro de comprimento e pode ser operada por 4 jogadores, esta da foto acima, feita para uma competição na China, tinha quase 40 metros de comprimento e foi concebida para ser utilizada por 100 jogadores.

11 – Pirulito

Criado por uma fábrica de doces em Burlingame, na Califórnia, em julho de 2012, o maior pirulito do mundo pesava 3.175 quilos. O sabor da guloseima era de chocolate e tinha as seguintes 1,80 de altura e 1,06 de largura.

10 – Bolo de aniversário

Produzido em 1962, para a Feira Mundial de Seattle, pela confeitaria holandesa Van De Kamp, o maior bolo de aniversário do mundo pesava quase 12 toneladas e tinha sete metros de altura. O grande bolo foi feito com quantidades absurdas de ingredientes como quase cinco mil quilos de farinha de trigo, três mil quilos de passas e quase mil quilos de noz-pecã.

9 – Cebola

Cultivado por um topógrafo aposentado Peter Glazebrook de Newark, a maior cebola já registrada pesava oito quilos! Glazebrook é detentor de vários outros registros de vegetais gigantes como a pastinaca (um tipo de cenoura branca) mais longa do mundo, a maior beterraba e a batata mais pesada.

8 – Queijo

A fabricante holandesa de queijo gourmet Beemster fez um baita de um queijão Gouda de tamanho recorde em julho de 2006. O queijo gigante tinha 1,82 metro de largura e pesava 600 quilos! O preço estimado era de aproximadamente 15 mil dólares, mas o presidente da Beemster decidiu que o queijo seria cortado e usado para arrecadar dinheiro para caridade.

7 – Árvore

O mais volumoso tronco de árvore conhecido é de uma sequoia gigante chamada The General Sherman e localizada no Parque Nacional das Sequoias, na Califórnia (EUA). Com uma altura de quase 84 metros, tronco de volume de 1.487 metros cúbicos e uma circunferência de 31 metros, a árvore tem entre 2.300 a 2.700 anos.

6 – Pizza

A maior pizza do mundo já registrada foi feita por cinco chefs italianos em Roma, em 2012. A grande Margherita tinha quase 40 metros de largura e foi feita com a união de 5.234 pedaços de massa que continha 8.981 quilos de farinha, levando por cima 3.991 quilos de mussarela e 4.535 quilos de molho de tomate.

5 – Lápis

Construído por Ashrita Furman, em Nova York, o maior lápis do mundo tinha 23 metros de comprimento e pesava cerca de oito toneladas.

4 – Livro

Intitulado "Este é o profeta Mohamed", o maior livro do mundo mede 4,99 metros por 8,05 metros, pesando cerca de uma tonelada e meia e sendo composto por 429 páginas. O livro foi apresentado em Dubai, em 27 fevereiro de 2012.

3 – Piscina ao ar livre

A maior piscina ao ar livre pode ser encontrada no Resort de San Alfonso Del Mar, no Chile. Suas dimensões são surpreendentes. Abrangendo um total de oito hectares, a piscina tem quase um quilômetro de comprimento, 35 metros de profundidade e possui 66 milhões de litros de água.

2 – Navio

O maior navio do mundo é atualmente o “Prelude" de propriedade da Shell. Com um comprimento de 487,9 metros, ele é mais longo que a altura do Empire State Building. Quando totalmente carregado, o navio pesa cerca de 600 mil toneladas. Apesar de já ter esse recorde, o Prelude tem previsão de lançamento apenas em 2017.

1 – Barra de chocolate

Criada pela fábrica Thorntons em Alfreton, Reino Unido, em outubro de 2011, a maior barra de chocolate pesava quase seis toneladas e media 4x4 metros.

http://www.megacurioso.com.br/

AS 10 histórias mais esquisitas do mundo

AS 10 histórias mais esquisitas do mundo

10. Yokoi, o japonês que passou 28 anos escondido após a segunda guerra
Shoichi Yokoi era um soldado, recrutado no exército japonês imperial em 1941 e enviado com sua tropa para Guam logo depois disso. Em 1944, devido ao avanço das forças americanas que reconsquistaram Guam, Yokoi se escondeu. Em 24 de janeiro de 1972, Yokoi foi descoberto em uma seção remota de Guam por dois dos habitantes da ilha. Por 28 anos o japonês ficou escondido em uma caverna subterrânea na selva, temendo sair do esconderijo mesmo após ter encontrado panfletos declarando que a segunda guerra mundial tinha terminado. Yokoi não acreditou nos panfletos achando que se tratava de um estratagema militar americano para capturar prisioneiros. Em 72 ele finalmente retornou ao Japão, carregando seu rifle oxidado ao seu lado.



9. Mehran Karimi Nasseri, o morador do terminal
Conhecido também como o senhor, Alfred Mehran (com a  mesmo!), é um refugiado Iraniano que estáa vivendo no lounge da partida do terminal um do aeroporto Charles de Gaulle desde 8 de agosto de1988. Depois que foi aprisonado, torturado e expulso de seu país, solicitou asilo político em muitos países europeus – sem sorte.
Quando Mehran decidiu ir ao Reino Unido, reivindicou que fôra atacado, e tivera sua bolsa roubada ao esperar na plataforma do trem para ir ao aeroporto Charles de Gaulle. Mehran conseguiu embarcar para Heathrow. Mas quando chegou em Heathrow sem a documentação necessária, oficiais de Heathrow devolveram-no de volta ao Charles de Gaulle. Nasseri era incapaz de provar sua identidade ou seu status de refugiado aos oficiais franceses e assim que foi movido para o d’attente da zona (zona de espera), uma área reservada aos viajantes sem documentos.
Nasseri e sua história bizarra foram as inspirações para o filme de Spielberg lançado em 2004 ” O terminal”. Ao contrário do personagem de Tom Hanks do filme, e desde pelo menos 1994, Nasseri não vive na área duty-free do trânsito mas simplesmente no salão da partida, nas lojas e nos restaurantes. Ele pode pelo menos – em tese – sair do terminal quando desejar, embora se assim o fizer, cause certa comoção, pois todos o conhecem, e sua partida não poderá passar despercebida.


8. Lal Bihari A pessoa mais oficialmente morta do planeta.
lal Bihari (nascido em 1961) é um fazendeiro de Uttar Pradesh, India que estava oficialmente morto de 1976 a 1994. Fundou Mritak Sangh ou a associação dos mortos em Uttar Pradesh, India. Lutou contra a incrível burocracia Indiana do governo por longos 18 anos simplesmente para provar que está vivo!
Quando Lal Bihari tentou se pedir um empréstimo de banco em 1976, recebeu uma negativa sob a alegação que o banco não emprestaria dinheiro a um cadáver! Seu tio pagou propina a um oficial do governo para registá-lo como morto para poder se apossar das terras de Bihari.
Bihari descobriu pelo menos outras 100 pessoas em uma situação similar, estando oficialmente falecidos. Deu forma a Mritak Sangh ( associação dos defuntos oficiais) no distrito de Azamgarh. E muitos outros membros estavam sob risco de serem assassinados por aqueles que tinham se apropriado das suas propriedades. Hoje em dia, a associação tem cerca de 20.000 membros em toda a Índia. Até 2004 eles conseguiram resolver a situação e declarar quatro de seus membros vivos. Em 2004 Bihari foi eleito a um assento no parlamento de Lal Ganj.
7. Nakamatsu: fotografou e analisou cada refeição por 34 anos
Yoshiro Nakamatsu (nascido em 26 de junho de 1928), a.k.a. Dr. NakaMats, é o inventor japonês que reivindica deter o maior número de patentes do planeta, cerca de 3.000, incluindo o disquete e o tênis de amortecimento. Ele vem fotografando e analisando cada refeição que consumiu durante um período de 34 anos (ainda em contagem) O objetivo de Nakamatsu é viver mais de 140 anos.
6. Badwen, o papa auto-eleito
Allen Avid Bawden (nascido em 1959), é um cidadão americano que elegeu a si próprio como “papa Michael I” uma vez que ele e seu grupo de seis sacerdotes – chamados Sedevacantistas – consideram as eleições dos últimos papas inválidas por serem todos modernistas.
Sedevacantistas discutem que se a faculdade dos cardeais não nem não puder eleger um papa válido, os Católicos ordinários podem fazê-lo, sob o princípio de “Epikeia” (equidade). Sob esta alegação, David Bawden foi elito papa por seis pessoas em 1990 (incluindo a si mesmo e seus parentes). Ele está  como “papa” atualmente.
5. Matayoshi Mitsuo é um político japonês excêntricoque acredita que é Jesus Cristo.
E de acordo com seu programa, ele fará o último julgamento como o Cristo, mas a maneiracomo irá fazer isto está totalmente dentro do sistema político atual e de sua legitimidade.
Sua primeira etapa como o Salvador deve ser nomeado o primeiro ministro do Japão. Então reformará a sociedade japonesa e então as nações unidas devem oferecer-lhe a honra de ocupar sua secretaria geral. Então Matayoshi Jesus reinará sobre o mundo inteiro com as duas autoridades a legitimá-lo a religiosa e a política.
Apresentou-se em muitas eleições mas não ganhou ainda. Tornou-se conhecido por suas campanhas excêntricas onde incita oponentes cometer o suicídio pelo hara-kiri.
4. O homem que quer salvar-nos dos aliens reptilianos
David Icke, é um jogador profissional de futebol americano apresentador do canal de Tv BBC o e o porta-voz do partido verde britânico. Desde 1990, foi o que se chama “um investigador de tempo integral sobre quem e o quê está controlando realmente o mundo. “: reptilianos!
Veste-se somente de cores turquesa e alega que o mundo está sendo controlado por um grupo secreto chamado “A Elite”: uma raça de humanóides reptilianos, que desceu por aqui em discos voadores no antigo passado da Babilônia. E uma vez aqui deu origem a uma enorme linhagem de íbridos, uma vez que muitas pessoas proeminentes são descendentes dos reptilianos, incluindo George W. Bush, a rainha Elizabeth II, e Kris Kristofferson. Ele acredita ainda que os descendentes dos répteis do espaço usam satanismo e molestem crianças. Ike é autor de 15 livros que explicam suas idéias malucas.
3. Lotito – O homem que come tudo
Michel Lotito (nascido em 15 de junho de 1950) é um showman francês. Lotito, que nasceu em Grenoble, ficou famoso como o consumidor de coisas indigestas, e é conhecido como “senhor come-tudo”. Os desempenhos de Lotito são o consumo do metal, vidro, borracha e assim por diante nos artigos tais como bicicletas, televisões, um Cessna 150, e os artigos menores que são desmontados, cortados e engolidos. O avião levou aproximadamente dois anos “para ser comido” de 1978 a 1980. Lolito começou a comer o material incomum quando criança e tem executado publicamente isso desde 1966.
Lotito não sofre frequentemente dos efeitos colaterais da sua dieta, mesmo após o consumo de materiais considerados geralmente venenosos. Ao executar consome em torno de um quilograma do material diário, precedendo o com o óleo mineral e bebendo quantidades consideráveis da água durante a “refeição”. Possui aparentemente um estômago e um intestine com as paredes duas vezes da espessura prevista, e seus ácidos digestivos são raramente poderosos, permitindo que digira uma determinada parcela de suas refeições metálicas.
2. Ngoc o homem que está há três décadas sem dormir.
O problema teria começado numa febre em 1973, e desde então o tailandês não preegou mais o olho. O problema parece não ter lhe afetado seriamente a saúde – ao contrário do que acreditam os médicos – pois Ngoc ainda está vivo e trabalha diáriamente apesar de já estar há mais de 11 mil e setecentas noites sem dormir. Vendo que não teria jeito e assumindo que nunca mais iria conseguir dormir, Ngoc arrumou emprego de fazendeiro e passa a madrugada tomando conta da fazenda para evitar roubo de porcos. Ele também pegou 90 noites e resolveu cavar um buraco neste tempo. No buracão cavado, Ngoc construiu dois lagos artificiais onde cria peixes.
1. Baghat, o homem que levava o irmão gêmeo no estômago.
O estômago de Sanju Bhagat sempre foi inchado, desde que ele nasceu, de maneira que parecia que ele estava grávido de 9 meses. Com o tempo isso só piorou e chegou um dia em que Baghat mal pôde respirar. Vivendo na cidade de Nagpur, India, Bhagat disse que sempre teve consciência de sua barriga grande.
Mas uma noite em junho 1999, seu problema eclodiu em algo onde a preocupação era muito maior do que a estética. Os médicos acreditaram que era mais um caso de tumor gigante na barriga. Mas ao operar Bhagat, Mehta – o médico, viu algo que nunca tinha visto antes na vida. Isso aconteceu quando ele cortou mais profundo no estômago de Bhagat, e em meio a uns galões de líquido fedorento que derramaram para fora – algo extraordinário aconteceu.
“Primeiramente, um membro saiu, então um outro membro saiu. Então surgiu a genitalia, e em seguida alguma parte do cabelo, alguns membros, maxilas, membros, mais cabelo…” À primeira vista, parecia que baghat realmente tinha dado à luz. Mas o fato é que o Dr. Mehta tinha removido o corpo mutante do irmão gêmeo de Bhagat de seu estômago.
Bhagat, descobriram, vivia com uma das condições médicas as mais bizarras do mundo – fetus in fetu. É um anormalidade extremamente rara que ocorre quando um feto começa a crescer dentro de seu irmão gêmeo. O feto preso pode sobreviver como um parasita mesmo após o nascimento dando forma a uma estrutura que vive do sangue de seu irmão até que cresça até um tamanho em que começa prejudicar o anfitrião, este é o ponto onde os médicos são obrigados a intervir.

eusou455im.blogspot.pt

A MERDA XUXIALISTA E XÔXIALISTA EM FRANÇA

Para imprensa francesa, crise no partido socialista mostra fracasso do governo

Capa da edição da revista Nouvel Observateur desta semana.
Capa da edição da revista Nouvel Observateur desta semana.
RFI


A crise no Partido Socialista (PS) é manchete dos principais jornais franceses desta quinta-feira (23). Na terça-feira, o não comparecimento de 39 deputados socialistas a uma sessão decisiva na Assembleia sobre o orçamento de 2015 gerou muita polêmica. Para boa parte da imprensa francesa, as ausências evidenciam ainda mais o fracasso do governo do presidente François Hollande.

Le Figaro classifica as confusões dentro do PS como uma "desordem intolerável". Em editorial, o jornal publica que tudo já ia mal no governo Hollande, “com uma economia catastrófica, os maus resultados em eleições municipais e regionais, um chefe de Estado incapaz de mostrar sua autoridade e parlamentares se confrontando”. Mas, segundo o diário conservador, surpreendentemente, agora tudo está ainda muito pior. "Nada mais funciona no governo e até mesmo dentro do Partido Socialista.”
Enquanto isso, diz o editorial, os franceses estão mergulhados em impostos e taxas, expostos a reformas incoerentes, submetidos a um improvisação permanente de um poder sem liderança. "A guerra entre os socialistas veteranos e os que pretendem ser modernos, entre a esquerda clássica e a reformista é, mais uma vez, a prova da incapacidade do Partido Socialista de governar", escreve Le Figaro.
“Cacofonia suicida”
O jornal de esquerda Libération não tem um tom mais brando ao analisar o racha. Para o diário progressista, a ruptura no PS é uma "cacofonia suicida". O diário avalia que a guerra dos socialistas é envenenada por intrigas de ambição já que, além das divergências sobre as reformas econômicas e o orçamento para 2015, um dos panos de fundo deste racha são as eleições para a direção do partido, já de olho nas eleições presidenciais de 2017.
De acordo com o Libé, um dos responsáveis pelos desentendimentos é o homem forte do governo Hollande, Manuel Valls. "Que papel tem um primeiro-ministro?", pergunta o jornal. "Segundo a Constituição, ele deve dirigir, ser o chefe da maioria, promover a união. Mas Valls escollheu outra forma de encarar essa função. Se ele não é o responsável direto por todo este incêndio, ele o alimenta com regularidade", dizendo, por exemplo, que a esquerda não é mais socialista e dando preferência a uma política mais voltada aos princípios da direita, avalia o diário progressista.
Renúncia de Valls
O jornal econômico Les Echos vai mais longe e revela que alguns socialistas suspeitam que Valls esteja, inclusive, preparando uma renúncia.
Em editorial, o diário avalia que o retorno do ex-presidente Nicolas Sarkozy à cena política deveria ter acordado o Partido Socialista para a corrida às eleições presidenciais de 2017. Mas, um mês após o anúncio de Sarkozy, que é o principal figura da direita francesa, o PS não reagiu e se mostra cada vez mais dividido. "A máquina perdedora se acelera mais uma vez, envergonhando os eleitores de esquerda", finaliza o editorial do Les Echos.
Esquerda do passado
Em uma entrevista de sete páginas publicada na revista Nouvel Observateur, Valls não esconde seu descontentamento com a esquerda e tece críticas aos colegas de partido apegados às ideologias socialistas. “É preciso colocar um fim a esta esquerda ligada ao passado”, diz, ressaltando que na legenda há uma “nostalgia assombrada pelo marxismo”.
Para o primeiro-ministro, esta ideologia ainda presente no Partido Socialista “pode levar a desastres”. “A esquerda que eu defendo carrega um ideal: a emancipação de cada um. Ela é pragmática, reformista e republicana”, considera.
Ao ser questionado se a esquerda pode morrer, Valls avalia que, para que ela sobreviva, é necessário oferecer respostas fortes sobre a globalização, reformas no Estado, cidadania, igualdade entre mulheres e homens, a construção de “um Islã compatível com os valores franceses”. “A época das soluções gerais, idênticas para todos, evoluiu. É preciso buscar a universalidade dos princípios considerando a heterogeneidade das situações”, acredita.