AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


terça-feira, 9 de setembro de 2014

Íris-Atira-te ó mar

Ana Moura - 'Não é um Fado Normal'

Ana Moura - Desfado

Protecção de dados: um Governo contra os pobres - Há muita gente que não tem rendimentos suficientes para poder ter água, luz ou gás em casa.

Protecção de dados: um Governo contra os pobres


Em princípio, casas habitadas registam consumos de electricidade, água e gás e casas desabitadas, pelo contrário, não os registam. A regra seria sempre esta se não houvesse tanta gente privada destes serviços básicos devido à sua situação de pobreza extrema. Há muita gente que não tem rendimentos suficientes para poder ter água, luz ou gás em casa. Isto deveria envergonhar-nos. A questão aqui tratada deveria começar precisamente neste ponto. Qualquer Governo empenhado em assegurar o mínimo dos mínimos de dignidade às vidas dos que menos têm solicitaria ao fornecedor de cada serviço as informações necessárias para localizar cada habitação sem registo de consumos e teria equipas no terreno para verificar cada situação. Casas habitadas por famílias sem rendimentos que permitam consumos de água, electricidade e gás beneficiariam de tarifários sociais a suportar pelo fornecedor do serviço respectivo como contrapartida das rendas milionárias proporcionadas pela concessão de monopólios naturais a empresas completamente isentas de obrigações sociais para com a sociedade que as enriquece. Casas sem os mesmos consumos porque os seus proprietários as podem manter desabitadas, por razões especulativas sem qualquer penalização da degradação urbanística que a sociedade suporta como custo desta ganância alheia, veriam a sua tributação agravada na medida certa para incentivar a sua venda ou  o seu arrendamento.
Temos um Governo mais amigo da especulação imobiliária do que do ordenamento do território e do combate à desertificação e degradação urbanística. E definitivamente não temos um Governo empenhado em combater a pobreza. Pelo contrário, temos um Governo que persegue os mais pobres entre os pobres, que é bastante diferente. E não é de agora. O Governo queria que a ausência de consumo de água, gás ou electricidade num fogo social fosse fundamento para despejo dos inquilinos. A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), porém, considerou ilegítimo e discriminatório que o senhorio possa requerer às empresas de fornecimento de água, gás e electricidade informação sobre os consumos relativos a determinado fogo, tendo por isso dado parecer negativo à possibilidade de tal informação servir como fundamento à cessação do contrato de arrendamento nos casos em que o senhorio conclua que não houve consumos daqueles serviços. Acaba por ser uma boa notícia. Se o Governo quiser fiscalizar melhor o universo de abrangidos pelo arrendamento apoiado para habitação terá que fazê-lo de outra forma, por exemplo contratando pessoal. Tem custos? Pois tem. É para isso, e não para sustentar a delinquência banqueira e europeísmos subservientes, que servem os impostos que todos pagamos. E é para isto que serve a protecção de dados, para que o livre acesso à privacidade dos cidadãos não ajude Governos de malfeitores a darem asas às suas perversões.

opaisdoburro.blogspot.pt

Grupo que postou o vídeo da execuçaõ do jornalista Steven Sotloff fazia propaganda para Bush

Grupo que postou o vídeo da execuçaõ do jornalista Steven Sotloff fazia propaganda para Bush


ATENÇÃO A TRADUÇÃO É DO GOOGLE E CONTÉM ALGUMAS IMPRECISÕES
alt
 
O grupo que produziu o vídeo da decapitação do jornalista Steven Sotloff tem ligações com a inteligência e propaganda  do braço da guerra contra o terrorismo.

"O vídeo foi obtido pelo Grupo de Inteligência SITE (Search for International Terrorist Entities), também conhecido como SITE Intel Group, um organismo sem fins lucrativos de pesquisa, aparentemente, muito poderoso, que monitora os movimentos jihadistas", relata EUA hoje . "A organização com sede em Bethesda, Maryland, publicou uma versão reduzida do vídeo decapitação e uma transcrição em seu site, que tem sido inacessível desde o tráfego web de notícias explosão."

Um dos fundadores do SITE, Rita Katz, tem ligações estreitas com o ex-czar terrorismo Richard Clarke e sua equipe na Casa Branca, bem como com pesquisadores do Departamento de Justiça, da Fazenda, e do Departamento de Segurança Interna, conforme publicado pelo SourceWatch. Seu pai foi executado no Iraque quando foi descoberto espionando para Israel.

Em 2007, após uma série de vídeos falsos de Osama Bin Laden, nós informamos a relação que ele tinha com o site da Escola de Estudos Internacionais avançada Paul H. Nitze (SAIS) da Universidade Johns Hopkins. O ex-reitor da SAIS acaba por ser Paul Wolfowitz, ex-subsecretário de Defesa do governo Bush e dos neoconservadores importante arquiteto da "Doutrina Bush". Junto com outros "neocons", como Richard Perle, Douglas Feith (que dirigiu a máquina de propaganda da guerra no Iraque), David Wurmser e outros no Pentágono e do governo, desenvolveu os princípios do documento "A Clean Break: uma nova estratégia Para fixar o Realm ", elaborado em 1996, para Benjamin Netanyahu, então primeiro-ministro israelense, por um grupo liderado por Perle. O documento, criado como parte da nova estratégia israelense para 2000 , pedindo a derrubada de Saddam Hussein e do início de uma guerra por satélite contra Assad na Síria.

Em 2007, Katz e SITE disseram ter descoberto um novo vídeo de Osama Bin que levou Bush. "Katz emitido o vídeo através de um conselheiro site link privado na Casa Branca, Fred F. Fielding, e Joel Bagnal, presidente adjunto da Segurança Interna. Dentro de 20 minutos, os computadores alojados em diversos setores do Poder Executivo começou a baixar o arquivo, e em poucas horas uma transcrição referente ao SITE apareceu na Fox News. Katz pediu que o site ser mantidos confidenciais, lembrando que a divulgação de informações havia alertado partidários de Al Qaeda, a partir daquele momento, acabou capacidade SITE para coletar informações ", escreve Glenn Zarmanov.

Bin Laden vídeos anteriores foram lançadas e exploradas (dado o seu valor de propaganda) por IntelCenter, uma empresa privada com sede em Virgínia, que trabalha em estreita colaboração com as agências de inteligência. "IntelCenter é dirigido por Ben Venzke, um assunto interessante. Uma busca no Google revela que costumava ser o diretor de inteligência na iDefense uma empresa chamada ... uma empresa de segurança que monitora inteligência teia de conflitos no Oriente Médio, com foco em ameaças virtuais ", escreveu Steve Watson para Infowars.com em 2006 . "também é amplamente povoada por antigos oficiais da inteligência militar."

Em 2006, Neal Krawetz realizou uma análise de compressão de imagem em um vídeo divulgado pelo IntelCenter e concluiu que seu logotipo foi adicionado ao mesmo tempo, como o logotipo da As-Sahab, a suposta casa de produção de vídeo de Al Qaeda.

"A Al Qaeda tem uma longa história de divulgar vídeos na hora certa, politicamente falando, para a administração Bush," Paul Joseph Watson escreveu no ano seguinte. "Tanto Kerry e Bush 2.004 reeleição atribuído ao surgimento de Osama Bin Laden."

Este continua com os vídeos de James Foley e Steven Sotloff. Ambos concordam precisamente com o script de resposta que Obama dará à ameaça de "super-terrorista" do Estado Islâmico que chora uma intervenção direta dos Estados Unidos.

Al Jazeera: "decapitações são conjuntos para justificar uma guerra na Síria"

Os vídeos das execuções de jornalistas norte-americanos James Foley e Steven Sotloff poderia ser produções ao estilo de Hollywood para justificar uma futura intervenção na Síria, relata Al Jazeera News.

Um relatório da Al Jazeera Notícias afirma que os vídeos de assassinatos de americanos mão jihadistas dos jornalistas Estado islâmico são falsas, informa o site Arab News. "primeira coisa que chama a atenção do espectador" no primeiro vídeo de decapitação é que "Foley estava fazendo o papel de vencedor, e não apenas a vítima, em seguida, pronuncia uma longa declaração em que ele é uma performance teatral excelente, eo movimento de seus olhos, você pode dizer que está lendo um texto um teleprompter ", diz o relatório da Al Jazeera News. cadeia mesmo expressa dúvidas sobre a identidade do assassino mascarado e diz que este "não atende as características habituais dos jihadistas, mas que mais parece um ator de Hollywood." Para demonstram que a decapitação foi simulada, Al Jazeera examina os pormenores da execução. Ele argumentou que uma análise do vídeo em câmera lenta mostraram que "movido a faca no pescoço da vítima seis vezes sem causar sangue." De acordo com o canal, as mesmas observações são aplicáveis ​​ao vídeo da execução de Sotloff.Como Sotloff mostrou no caso de Foley, não há sinais de medo ou durante seu depoimento ou durante a execução. Segundo a Al Jazeera ", os supostos decapitações" poderia ser usado para justificar uma guerra futura, assim como George W. Bush fez em 2003, para justificar a invasão do Iraque. Em 2003, Bush, promoveu sua idéia de invadir o Iraque com base em relatos de que Saddam Hussein tinha armas de destruição em massa.


POR JOSÉ SIMÕES



A questão colocada pela deputada Mariana Mortágua ao vice-primeiro-ministro Paulo Portas, "Como é que a troika não deu pelo BES?", e  que o vice-pantomineiro Paulo Portas logo tratou de devolver à deputada Mariana Mortágua, "Como é que atroika não deu pelo BES?", falha na forma como foi elaborada e colocada e que devia ter sido: "Como é que a troika, vinda do "nada" e poucos dias após ter caído de para-quedas na Portela, já tinha um "caderno de encargos" elaborado, minucioso e detalhado ao ponto de ir desde os administradores das malfadadas fundações até aos pacemaker usados nos hospitais passando pelos rolos de papel higiénico da casa de banho de uma qualquer subsecretaria de Estado do ministério da ida ao pote, e o BES lhe passou ao lado? Se calhar por ter havido um "lapso involuntário" da parte dos homenzinhos do "sentido de Estado" a caminho do ministério das Finanças, naquele frenético leva e trás de segredinhos aos ouvidos do "senhor olhos azuis", imbuídos da responsabilidade de "haver dinheiro para pagar salários e pensões" mas  não querendo fazer muitas ondas esquecidos sobre o pagamento do salário e da pensão do líder e mais contribuições avulsas com nomes de trocadilhos de anedotas brejeiras.


derterrorist.blogs.sapo.pt

"JORNALISTAS" DA TRETA


OS MEDIA ESTÃO INFESTADOS DE FEDELHOS IGNORANTES FILHOS DAS CUNHAS DO PAPÁ, DA MAMÃ, DO TITIO, OU DO PADRINHO DA CRISMA, FEDELHOS QUE "ESCREVEM" TUDO PARA GANHAR ALGUM DINHEIRO NOS PASQUINS REACCIONÁRIOS JÁ QUE NADA TÊM NOS MIOLOS QUE VALHA A PENA E INTERESSE ALGUÉM NAS CRÓNICAS QUE "ALINHAVINHAM" SEM PÉS NEM CABEÇA, MAL REDIGIDAS, E CHEIAS DE IMPRECISÕES.
ESTES SABUGOS QUE TODOS NÓS CONHECEMOS PELOS VÍDEOS DOS (APANHADOS) NO YOUTUBE QUE NEM SEQUER CONHECEM O PAÍS ONDE VIVEM E SÃO UNS DESASTRES CULTURALMENTE.SÃO PRESA FÁCIL PARA OS PATRÕES DA IMPRENSA CAPITALISTA E NEO-LIBERAL, PATRÕES QUE DESPEDIRAM VERDADEIROS PROFISSIONAIS E COLOCARAM LÁ OS CANITOS DE RABO A ABANAR QUE NÃO RESPEITAM NEM SABEM NADA DA DEONTOLOGIA DO JORNALISMO, DA INDEPENDÊNCIA DE INFORMAR, OU SEQUER SÃO CAPAZES DE ELABORAR UMA REPORTAGEM OU UMA SIMPLES NOTÍCIA.
AUTÊNTICOS BÁCOROS ANTI-COMUNISTAS A RAIAR A EXTREMA DIREITA TÊM VINDO A OCUPAR OS JORNAIS, A RÁDIO, A TELEVISÃO COM OS MAIS VARIADOS PROGRAMAS DE PIMBALHICE AUTÊNTICA, ONDE SUPOSTAMENTE QUEREM FAZER HUMOR,OU INFORMAR QUEM LHES PAGA PARA FAZER A MERDA QUE APRESENTAM.
CULTURA GERAL É COISA QUE DESCONHECEM E APARECEM COM O FOCINHO QUE A NATUREZA LHES DEU, CONVENCIDOS QUE NAS PESSOAS DE CISO ENCONTRAM ALGUMA ACEITAÇÃO PARA A TRAMPA QUE APRESENTAM.
CEDO CHEGARÁ ALTURA EM QUE SERÃO CORRIDOS E SUBSTITUÍDOS POR OUTROS LEVANDO O PONTAPÉ DE QUEM ANDAM A LAMBER O CU.
CLARO QUE EU NUM PAÍS ONDE JÁ NÃO HÁ ALEGRIAS, SEMPRE QUE VEJO ESTES FACÍNORAS SEREM CORRIDOS ATÉ GANHO MAIS UNS CENTÍMETROS DE ALENTO AO VER OS GRAXAS, OS LAMBE BOTAS LEVAREM COM O SEU PRÓPRIO VENENO.
António Garrochinho.

O BOBI VAI EDITAR UM LIVRO CONTANDO AS SUAS ATRIBULAÇÕES


Eh Companheiro - José Mário Branco ao vivo em 1997

O "JORNALISTA" LACAIO


ESTE É O FOCINHO DA JÁ CONHECIDA ABÉBIA ANTI-COMUNISTA QUE JULGA SER JORNALISTA E COMO NÃO PASSA DE UM LACAIO SERVILISTA E SAI BARATO NAQUILO QUE ESCREVE A QUEM LHE PAGA PARA LANÇAR OS VÓMITOS E A VERBORREIA CONTÍNUA DE ÓDIO E OFENSAS AO PCP


E NÃO INTERNAM ESTE PERIGOSO DOENTE MENTAL !? VEJAM BEM O QUE ESCREVEU ESTE ALARVE ! MERECIA A MAIOR TOMATADA DA HISTÓRIA NO FOCINHO - Paulo Bento é comunista (e Pepe foi a estrela da Festa do Avante!)

Paulo Bento é comunista (e Pepe foi a estrela da Festa do Avante!)

   
09/09/2014 08:55:39
    
Paulo Bento é comunista (e Pepe foi a estrela da Festa do Avante!)
1.    Vergonhosa Escandalosa. Inacreditável. Lamentável…são muitos os adjectivos que têm sido empregues para caracterizar a exibição de Portugal frente a essa grande potênci mundial que é…a Albânia. Dir-se-á – ao jeito mansinho e de “brandos costumes” tipicamente lusitano – que tais adjectivos são demasiado acutilantes, demasiado severos para a Selecção Nacional, nosso “orgulho” colectivo (?!). Discordamos: qualquer adjectivo que se possa imaginar é demasiado brando para a exibição dos jogadores portugueses no passado domingo. Foi demasiado mau para acreditar – tão mau que nem sequer torna útil qualquer comentário que se faça. Vale a pena perder o nosso precioso tempo com as mais do que discutíveis opções de Paulo Bento? Vale a pena perder o nosso tempo a criticar a exibição paupérrima de William de Carvalho, que jogou numa posição que não é a dele (segundo dizem os especialistas) e que, por isso, não lhe seria exigível mais qualidade? Vale a pena perder tempo com os novos erros de Pepe e repetir que Vieirinha ou Ivan Cavaleiro não são (pelo menos, ainda) jogadores de Selecção? Vale! Porquê? Porque Portugal perdeu com a ALBÂNIA, por amor de Deus!!! Para nós, é mais fácil Portugal ganhar a Alemanha – do que conseguir perder com a Albânia! Perder com a Albânia é uma proeza daquelas que estão ao alcance de poucos! Dir-me-ão: o futebol não interessa. É algo de menor relevância. O Futebol pode  ser algo irrelevante: mas a bandeira de Portugal, as cores da nossa Pátria, as nossas quinas, os nossos castelos, o nosso Brasão são realidades muitíssimo significativas. Quem enverga os símbolos de Portugal no peito, quem representa a nossa Pátria – tem de dar o máximo. Seja no futebol, não hipismo, na Academica, na Economia, na Investigação, em qualquer área. Há que honrar a nossa Pátria. A Federação, a equipa técnica e os jogadores merecem todos um valente “puxão de orelhas”. Não aceitamos que Portugal – no futebol ou em qualquer outro campo – com a…ALBÂNIA!!! Se os jogadores não queriam jogar, pegavam na equipa do Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré (que é muito perto de Aveiro) e ganharíamos 4-0! Sim, o Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré, sem correr muito, dava 4 aos albaneses! E muitos jogadores do Gafanha – pelo que sei – nem sequer são profissionais! 
2.    Vamos, então, à explicação do que se passou no domingo passado. Já ouvimos todos muitos comentadores de programas televisivos e lemos os jornais desportivos. Quem acertou na explicação do desastre? Absolutamente ninguém. Falaram da qualidade dos jogadores, da má qualidade da formação do futebol português, do Paulo Bento, da pressão de um agente de futebol (Jorge Mendes) e da influência decisiva da Oliverdesportos. Não, não e não. Não acredito que tamanho desastre – que tamanha VERGONHA! – possa ser explicada com tão comezinhas explicações. A explicação é outra – e bem mais discreta. 
3.    É que, o passado domingo, dia do jogo (7 de Setembro), coincidiu com o encerramento da Festa do Avante. Paulo Bento revelou as suas simpatias comunistas: quis oferecer este presente ao Camarada Jerónimo de Sousa e homenagear essa ideologia que tantas tragédias infligiu à Humanidade com outra tragédia (embora mais simbólica). Afinal, era esta a grande surpresa que os comunistas haviam prometido para a Festa do Avante! Para os comunistas, foi o melhor encerramento de sempre! É que a Albânia é um dos países amigos do PCP – um dos exemplos a seguir para a construção de uma sociedade sem classes, para a vitória da ditadura do proletariado (jogadores de todo o Mundo, uni-vos!!!), um modelo que o camarada Jerónimo quer implementar em Portugal! Um país onde todos são pobres, onde a miséria domina, onde o Estado põe e dispõe, não há ricos nem classe édia…ah, que maravilha! Que paraíso para qualquer comunista, eu bom camarada Jerónimo! Mas melhor, melhor, Jerónimo, seria uma vitória da Albânia de outros tempos! Sim: quem não se lembra de a extrema-esquerda defender acerrimamente a albanização de Portugal? Para a festa ser perfeita, só faltou convidar o Presidente da democracia mais exemplar do planeta: a Coreia do Norte! Ui,  Coreia do Norte, com o seu sistema de distribuição da riqueza onde todos os sonhos são possíveis, onde os direitos, liberdades e garantias são levados a sério, onde os direitos das crianças são respeitados…ah! Jerónimo, Jerónimo: para o ano, por que não convidar a Coreia do Norte – e o Paulo Bento trata de perder com a selecção Nacional deles? Como a equipa está e o bom trabalho que tem feito, não deve ser muito difícil perder com a Coreia do Norte…Seria a apoteose na Festa do Avante! O nosso camarada Álvaro Cunhal nunca sonhou com dia tão esplêndido! Obrigado Paulo Bento! Obrigado, Pepe! Graças a ti – à tua deficiente marcação do avançado e aos vários golos (inacreditáveis) que falhaste – foste a estrela maior da Festa do Avante deste ano! Vamos lá, camaradas: Albanizar Portugal é o nosso objectivo!!! No Futebol, já conseguimos! 
4.    Uma última nota sobre a cidade de Aveiro. Este cidade teve um fim de semana alucinante: foi o escândalo da condenação do Armando Vara na sexta; o escândalo da derrota de Portugal frente à Albânia no domingo…Aveiro é outro mundo...

O rei de Penamacor A história de Portugal está repleta de salvadores, de velhos do Restelo, de dons Sebastiões, há uma mistura entre o inteligente e o burro, o burguês e o proletário, o sério e o aldrabão.

O rei de Penamacor

A história de Portugal está repleta de salvadores, de velhos do Restelo, de dons Sebastiões, há uma mistura entre o inteligente e o burro, o burguês e o proletário, o sério e o aldrabão. Não admira que O Ricardo Salgado ainda há poucos meses ordenasse a Paulo Portas que revogasse a sua decisão irrevogável e fosse bajulado por metade do país e agora é tratado como se fosse um pária.
  
Neste país é fácil a um tenor falhado chegar a primeiro-ministro e governar um país como se fosse uma escola preparatória. Neste país já vimos tudo e não admira que uma modesta licenciada em economia por uma universidade como a Lusíada vá dar aulas a Castelo de Vide e aproveite para tratar o Draghi por tu. Quem lesse o Expresso há umas semanas atrás ficava mesmo tentado a confundir Harvard com a Lusíada e a propor o nome da Maria Luís para Nobel da Economia.
   
O D. Sebastião como rei não foi grande coisa, armou-se em cowboy e levou uma tareia em Alcácer Quibir deixando o país entregue aos castelhanos. Se o país esperasse por D. Sebastião para lhe dar uns tabefes para ver se o acne lhe passava ainda se compreende, mas não é isso o sebastianismo, o país espera que o rei que o entregou regresse para o salvar. Se calhar têm alguma razão, pela forma como este país governa e se governa o melhor seria mesmo entrega-lo aos castelhanos.
  
O lado mais divertido do sebastianismo são as personagens que ao longo dos tempos se apresentaram como o D. Sebastião acabado de regressar. Nos tempos mais recentes não têm faltado Sebastiões, ainda que a maioria deles a única coisa que têm em comum com o rei é o facto de terem nascido na freguesia de São Sebastião da Pedreira. Mas na época do nosso rei mais desastrado houve mesmo algumas personagens que se apresentaram como o verdadeiro D. Sebastião.
  
A crença de que El-Rei regressaria foi criada pelas previsões de um tal Bandarra, o sapateiro de Trancoso, que previu o regresso do rei Encoberto que poria fim à injustiça e às confusões mundiais, algo que dava jeito, El-Rei falaria com mais seriedade da Ucrânia do que se percebeu naquele discurso de galo-da-Índia, dava umas bofetadas e muitos que anda por aí e ainda ajudava a resolver o buraco do BES.
  
Apesar de o Santo Ofício ter proibido as previsões de Bandarra o certo é que todos viram no regresso de D. Sebastião a vinda do Rei Encoberto do sapateiro de Trancoso. Afinal, tal como o resgate financeiro, a batalha travada em Marrocos não tinha sido o desastre de que se falava, El-Rei não tinha morrido e D. Sebastião era o Rei Encoberto  que viria num dia de nevoeiro.
  
Alguns levaram tão a sério a profecia de Bandarra que se apresentaram como o verdadeiro D. Sebastião acabadinho de chegar de Marrocos. O mais bem sucedido ficou conhecido como o D. Sebastião de Penamacor. Folho de um oleiro de Alcobaça e que desde jovem vivia em Lisboa com um fabricante de terços. Por causa da peste o patrão fugiu entregando-lhe o negócio, mas o jovem partiu e depois de uma passagem por um convento acabou a pedir esmolas.
  
Graças à ajuda de uma generosa comprou um cavalo e foi para Alcobaça, onde fez saber que era D. Sebastião acabadinho de chegar de Marrocos. O homem teve algum sucesso e com apoiantes partiu para Penamacor, onde conseguiram ter algum apoio até serem presos pelos castelhanos. E assim nasceu a história do Rei de Penamacor, um desgraçado que acabou nas galés, acabando por se escapar da Invencível Armada. Menos sorte tiveram os seus apoiantes que pagaram a vigarice com a morte.
  
Em Portugal há sempre candidatos a D. Sebastião e não me admiraria nada que voltássemos a ter um Rei de Penamacor.

jumento.blogspot.pt

FESTA DO AVANTE 2014 - As fotos realizadas ao longo de três dias, não incluem algum material que era desde logo destinado à edição impressa do "Avante". Contudo julgo que o material aqui apresentado, dá uma imagem do trabalho desenvolvido por todos e que concretizou a Festa que não tem outra igual. Um grande abraço.

FESTA DO AVANTE 2014

As fotos realizadas ao longo de três dias, não incluem algum material que era desde logo destinado à edição impressa do "Avante". Contudo julgo que o material aqui apresentado, dá uma imagem do trabalho desenvolvido por todos e que concretizou a Festa que não tem outra igual.
Um grande abraço.























































































  















































lutatodososdias.blogspot.pt