AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 8 de setembro de 2014

1973-Secos e Molhados - Sangue Latino

DIVAGAR PELO CENTRAL PARK - O Central Park é um vasto parque público no centro de Manhattan, em Nova York nos EUA.


Divagar por Central Park




O Central Park é um vasto parque público no centro de Manhattan, em Nova York nos EUA.

Foto: www.fanpop.com

O parque aberto inicialmente em 1857, em 778 hectares (315 ha) de terras de propriedade do município (que é de 840 hectares hoje). Em 1858, Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux foram os vencedores do concurso de design "Greensward Plan" para melhoria e expansão do parque. A construção começou no mesmo ano, continuou durante a Guerra Civil Americana, e foi concluída em 1873. Central Park é o parque urbano mais visitado nos Estados Unidos.

Foto: www.themarkhotel.com

Foto: wikipedia

Foto: wikipedia_Francisco Diez

Possui uma área de 3,4 km² (341 hectares). Embora o parque pareça natural, ele é, na verdade, ajardinado quase inteiramente e contém diversos lagos artificiais, trilhas para caminhadas, duas pistas de patinagem no gelo, e campos diversos.

Foto: wikipedia_Kcpwiki
  
Foto: fanpop.com

Foto: wikipedia_Ingfbruno

Considerado pelo Guiness Book o lado verde de New York, o parque foi projetado para dar um clima aconchegante a cidade e esquecer os arranhas-céus espalhados por todos os lugares.

Foto: www.hdwpapers.com2

Foto: wikipedia_Ingfbruno

É atualmente gerido pelo Central Park Conservancy sob contrato com a prefeitura da cidade. O Central Park Conservancy é uma organização sem fins lucrativos que contribui com 83,5% da verba anual do parque (que totalizam 37,5 milhões de dólares por ano) e emprega 80,7% da equipa de manutenção do parque.

Foto: desktopnexus.com

Foto: wikipedia_CityFeedback

Foto: wikipedia_Ingfbruno

O Central Park é limitado, ao norte, pela West 110th Street, ao sul pela West 59th Street, ao oeste pela Eighth Avenue. Ao longo das margens do parque, essas ruas são conhecidas como Central Park North, Central Park South, e Central Park West respectivamente.

Foto: www.desktopwallpapers4.me

Foto: www.desktopwallpapers4.me

Uma grande área de mata natural, e um anfiteatro ao ar livre, o Teatro Delacorte, que hospeda o "Shakespeare in the Park" festivais de verão. Atrações interiores incluem, o Swedish Cottage Marionette Theatre, e histórico Carrossel ou ainda o Castelo Belvedere.

Foto: wikipedia_Stig

Além disso, existem sete grandes áres relvadas, os "prados", e muitas áreas gramadas menores; alguns deles são usados para desportos informais ou de equipa e outros são locais mais reservados e tranquilos.

Foto: wikipedia_Ingfbruno

Foto: pichost.me

Foto: wikipedia_Ingfbruno


O Central Park, é o lar de mais de 25.000 árvores.
Foto:wikipedia_Alex

O parque é frequentado por várias espécies migratórias de aves durante a sua migração da Primavera e Outono na rota migratória atlântica. Mais de um quarto de todas as espécies de aves que ocorrem nos Estados Unidos têm sido vistas no Central Park. Uma dessas espécies é o gavião de cauda vermelha.

Foto: wikipedia_Philip N.


Nos mamíferos é de salientar: 
- Raccoon (Procyon lotor) - o guaxinim (Procyon Procyon): nocturnos, eles são moradores das árvores, descendo à noite até ao nível do solo para alimentar-se.

Foto: www.1ms.net

- Eastern Chipmunk (Tamias striatus) - o esquilo cinzento Oriental, ou esquilo cinzento (Sciurus carolinensis), é um esquilo de árvore do gênero Sciurus nativo do leste e meio-oeste dos Estados Unidos.

Foto: wikipedia_Gilles Gonthier

- Virginia Opossum (Didelphis virginiana) - Virginia gambá (Didelphis virginiana): um marsupial noturno que repousa nas árvores durante o dia e procura por comida no chão à noite.

Foto: wikipedia_Cody Pope


Arte em Esculturas 
Existem um total de vinte e nove esculturas de escultores como Augustus Saint-Gaudens, John Quincy Adams Ward, e Emma Stebbins. Foram erguidas ao longo dos anos e a maior parte foram doadas por pessoas ou organizações. Grande parte da primeira estatuária colocado foi de autores e poetas, numa área hoje conhecida como Literary Walk.

Foto: wikipedia_Kent


Algumas das esculturasa a assinalar são:

"Angel of the Waters" - localizada no Bethesda Terrace obra da escultora Emma Stebbins (1873).
Foto: wikipedia_Ingfbruno

A escultura de bronze de William Shakespeare -  foi erguida com fundos angariados a partir de uma apresentação beneficente de Shakespeare em 25 de Novembro de 1864.

Foto:wikipedia_Ahodges7

Estátua de Hans Christian Andersen - famoso escritor de conto de fadas dinamarquês, a sua obra mais notável é "O Patinho Feio". A sua estátua apresenta-o sentado e lendo para um pato perdido. Foi construída pelo escultor J. Georg Lober, 1956, com  contribuições de estudantes dinamarqueses e americanos.

Foto: wikipedia_Dismas

Duke Ellington - criado pelo escultor Robert Graham foi dedicado em 1997, perto da Quinta Avenida e 110th Street.

Foto: wikipedia_Jim Enderson

Cleopatra's Needle - Agulha de Cleópatra, é um obelisco de granito vermelho. O "Agulha de Cleópatra" no Central Park é uma das três existente, há também uma em Paris e outra em Londres. Cada obelisco tem aproximadamente 68-69 metros de altura e pesam cerca de 180 toneladas. Foi erguido numa cerimônia oficial em 22 de janeiro de 1881.

Foto: wikipedia_Ingfbruno


Bethesda Terrace 
Um dos muitos locais encantadores é o Bethesda Terrace. Está construído em dois níveis, unidos por duas grandes escadarias e uma menor que passa sob Terrace Drive para fornecer a passagem para o sul até o coreto Elkan Naumburg e The Mall, de que este é o ponto culminante de arquitetura, o conjunto de peças de teatro no centro da o parque. O terraço superior flanqueia a 72nd Street Cross Drive e o terraço inferior oferece um pódio para a visualização do Lago.

Foto: wikipedia_Ingfbruno

Foto:wikipedia_Aurelien Guichard

Foto:
  
Foto: wikipedia_Francisco Diez

A fonte Bethesda é a característica central no nível mais baixo do terraço, construída em 1859-1864, está dentro de duas balaustradas elípticas. A piscina é centrada por uma escultura da fonte projetada por Emma Stebbins em 1868 e foi inaugurada em 1873. A estátua em bronze de oito metros de altura, representa um anjo (mulher) alado.

Foto:wikipedia_Ahodges7

Também chamado de o anjo das águas, a estátua refere-se ao Evangelho de João, capítulo 5, onde há uma descrição de um anjo abençoando a Tanque de Betesda, dando-lhe poderes de cura. A base da fonte foi projetada pelo arquiteto Calvert Vaux, com detalhes esculturais, de Jacob Wrey Mould.

Foto: wikipedia_Dan4th Nicholas

Mesmo no inverno o Central Park, tem uma beleza e encanto muito especiais.

Foto: www.hdwpapers.com

Foto: www.wakpaper.com

Foto:pichost.me

Foto: wikipedia_RobertPaulYoug

É um lugar maravilhoso onde as pessoas podem passear, correr, jogar com os amigos, andar de bicicleta, brincar com as crianças, ou apenas descansar. No meio da cidade esta “onda” de verde da natureza, permite diminuir o stress e aliviar o ritmo frenético de New York.

Pode conhecer um pouco mais visitando o site oficial deste belissimo Parque : Central Park

Fontes e Fotos: Wikipedia; www.centralpark.com; www.fanpop.com; www.gdefon.com; pichost.me; www.themarkhotel.com; www.wakpaper.com; www.desktopwallpapers4.me; www.1ms.net; www.hdwpapers.com2; outros net

Foto: www.gdefon.com

Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.


Mayra Andrade - Les mots d'amour

O poder infinito das explicações mágicas

O poder infinito das explicações mágicas

Aprendemos com o lendário filme “O Mágico de Oz” a diferenciar magia de mágica. Enquanto a primeira emprega se utiliza de técnicas ocultistas, a segunda é charlatanismo puro inventado para enganar bobo.
Isto posto, vamos a elas, as explicações petrificadas que sempre bailam na boca do povo na hora e ocasião apropriadas.

Os parentes do defunto sempre têm uma explicação, plausível a eles, para a morte do ente querido. A coisa invariavelmente envereda pelo erro médico, relapsidão do atendimento, demora do socorro, etc, (como se as pessoas não estivessem fadadas a morrer desde o nascimento). Se a quantidade de erros médicos alegada fosse real, não haveria mais médicos na ativa, já estariam todos metidos na prisão ou no mínimo com as licenças caçadas. Aí percebemos como a sociedade convive e tolera pacificamente a explicação mágica, todo mundo ouve mas os que têm poder de coerção não levam à sério, ou não deveriam.

Quando ao cabo de certo tempo as pessoas aparecem obesas, a velha explicação mágica vem à tona: foi um remédio, uma desilusão amorosa, uma perda, etc, que redundou em aumento de peso. Como a pessoa jamais se culpa por ter excedido na quantidade de alimentos ingerida, a explicação mágica vem para atenuar o juízo interno e conceder absolvição absolutamente injusta.

Na dolorosa circunstância em que um membro da família cai no caminho do mal, a explicação mágica é posta para isentá-lo de toda culpa e culpar as más influências dos outros. Ou seja, ninguém do meu sangue e mau por natureza, a não ser que seja corrompido por entes maléficos alheios ao sangue da família.

Então, a explicação mágica tanto é usada individualmente, quanto socialmente, com a função nem um pouco mágica da pessoa ou grupo se isentarem da culpa. Não conseguimos nos livrar dela por estarmos tão atávicamente programadas para tecer longas redes de evasivas.

Mesmo que dificilmente acreditemos nas explicações mágicas dos outros, da nossa feita somos dominados pela ilusão de que as NOSSAS explicações são tão convincentes quanto cristalinas. Tanto acreditamos na nossa falsidade forjada, que para nós ela adquire os contornos de ténue verdade... ainda bem que os outros não se vêem ofuscados pelo sono da nossa razão, porque aí surge uma chance de acordarmos, sacudirmos a poeira e enfrentarmos as nossas culpas de frente.
www.blogpaedia.com.br


AS MAIS BELAS PINTURAS DO MUNDO - PINTORES FAMOSOS - CHARLES EDWARD PERUGINI - BIOGRAFIA E FOTOGALERIA

Charles Edward Perugini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre
Charles Edward Perugini pintado pelo senhor Frederic Leighton em 1855
Charles Edward Perugini (1 de setembro de 1839 - 22 de dezembro 1918), originalmente Carlo Perugini , era um italiano nascido Inglês pintor da era vitoriana .

Biografia [

Perugini nasceu em Nápoles , mas viveu com sua família na Inglaterra desde a idade de seis a 17, ele treinou em Itália sobGiuseppe Bonolis e Giuseppe Mancinelli , e em Paris sob Ary Scheffer . Ele se tornou um protegido de Lord Leighton , que o trouxe de volta para a Inglaterra em 1863 Perugini pode, a princípio ter trabalhado como assistente de estúdio de Leighton.Sob a influência de Leighton, ele começou como um pintor de cenas clássicas; então ", ele virou-se para os pastos mais rentáveis ​​de pintura do retrato, e filmes de gênero de lindas mulheres e crianças". 
Em 1874, ele se casou com a filha mais nova do escritor Charles Dickens , que como Kate Perugini  prosseguiu sua carreira artística, por vezes, colaborando com o marido. 1878 imagem do Perugini Uma leitura da menina , talvez a sua obra única mais conhecida, está na coleção da Galeria de Arte Manchester . Ele foi legada por James Thomas Blair em 1917.
O retrato de Perugini de Sophy cinza , a irmã-de-lei do pré-rafaelita pintor Sir John Everett Millais , foi durante muitos anos confundido com um trabalho por si mesmo Millais.
Perugini e sua esposa mantinha uma vida social ativa nos círculos artísticos de sua época. Ele morreu em Londres.
FOTOGALERIA - ATENÇÃO SE PREFERIR DIMINUIR O TAMANHO DAS IMAGENS É FAVOR CLIKAR NUMA DELAS







 O PINTOR







 O PINTOR - AUTO RETRATO





























FOTOS RECOLHIDAS NA NET