AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 30 de agosto de 2014

Em rota de despedida


AS 10 CIDADES MAIS FRIAS DO MUNDO

Top 10 Cidades mais frias do Mundo.

Brrrrr, que frio! Caso você goste de chuva, vento, neve e muito, muito, muito gelo, esta viagem é fundamental para o seu ideal de vida: fazer um tour pelo circuito dos lugares habitados mais gelados do planeta. Eu, particularmente, prefiro as inóspitas planícies gélidas de Oymyakon aos mosquedos do Caribe. Aproveite e corra para conhecer estas aconchegantes cidades polares, antes que afundem no Apocalipse do Permafrost!(*)

10) International Falls, Minesota, EUA.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo - International Falls

Apesar de ostentar a temperatura média anual de 2 ºC, pode-se dizer que esta cidade é a menos "refrescante" desta lista. A pequena acidade de 7 mil habitantes é considerado o local mais frio entre os 48 estados americanos, exceto o Alaska, famosa pelos seus bonecos gigantes de neve.

9) Astana, capital do Cazaquistão.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo: Astana

Com seu recorde de temperatura de -52 ºC, Astana pode ser considerada a segunda capital federal mais fria do mundo. Construída no meio do nada do norte do Cazaquistão, foi transformada em capital em 1997 para estancar a influência russa naquela região. Digamos que ela é uma Brasília versão cossaca, com sua arquitetura futurista e a encampação dosideais utópicos modernistas.

8) Murmansk, Oblast, Rússia.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo - Murmansk

A capital do Estado de Oblast localiza-se a 200 Km ao norte do círculo polar ártico. É considerada a maior cidade glacial do mundo, com cerca de 300 mil habitantes. Curiosamente, no inverno o seu porto é a única alternativa de acesso por água a São Petersburgo (situada a 1450 Km ao sul), porque é o único porto polar que não congela, graças à passagem de uma corrente quente vinda do Atlântico Norte. Você pode se impressionar um pouco com a palavra "quente", que, no entanto, não alivia a temperatura extremamente inóspita daquela cidade, tanto que o seu número de habitantes vem progressivamente diminuindo ao longo dos anos. Quem se habilita a viver num ambiente com temperaturas médias anuais abaixo de zero?


7) Barrow, Alasca, EUA.
Photobucket

É considerada a cidade mais fria do Alasca, portanto dos EUA, com temperatura média de -20, cujas mínimas podem alcançar facilmente os -53 ºC.

6) Norilsk, Sibéria, Rússia.


Norilsk é ambém conhecida como uma das cidades mais sujas do mundo, devido à exploração intesiva do minério paládio. O seu inverno é tão rigoroso, que o simples atravessar de uma rua conjunto residencial se torna uma questão de vida e morte, graças ao tufão infernal de ventos de mais de 100 km/h. Veja no vídeo abaixo porque o espírito cooperativo em Norilsk é muito mais importante do que no resto do mundo.
» Norilsk na Wikipedia. 
via 


5) Ulaanbaatar, capital da Mongólia.
Photobucket

Localizada nas estepes mongóis a cerca de 1.300 metros acima do nível do mar, Ulaambaatar, também conhecida como Ulan Bator, é considerada a capital federal mais fria do planeta, com temperaturas que em todo o inverno raramente ultrapassam os -16 ºC.


4) Snag, Yukon, Canada.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo - Snag
O pequeno vilarejo localizado ao lado da auto-estrada que liga o Canada ao Alasca registrou em em 3 de fevereiro de 1947 a menor temperatura continental das Américas: -63 ºC. Não é de se admirar que a sua população permanente seja composta de 8 a 10 almas, provavelmente de esquimós (inuites). Em Snag você aprende que é possível achar o uma pessoa até 15 minutos depois dela ter passado, só seguindo o rastro da sua respiração congelada.


3) Yakutsk, Yakutia, Rússia.
Como pode alguém viver num lugar em que o simples ato de respirar pode ser uma aflição? A extensa e lucrativa exploração de minérios é a resposta atualmente e antigamente, a localidade servia de prisão política (Gulag) para os inimigos do Estado durante a vigência do antigo regime Soviético.
» Yakutsk, a cidade mais fria do mundo, onde as aulas só são suspensas 55ºC negativos! 

Apesar do frio intenso, Yakutsk é uma das inúmeras cidades ameaçadas pelo derretimento do Permafrost, provocado pelo aquecimento global: VEJA VÍDEO

2) Verkhoyansk, Yakutia, Rússia.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo - Verkhoyansk
A terceira menor cidade da Rússia, com população de 1.434 habitantes, é um dos pontos do mundo com maior variação de temperatura, oscilando entre médias de 16,9 em julho a -45,8 ºC em Janeiro. É uma das representantes do seleto grupo chamado “Polo do Frio” do hemisfério norte, composto pelas localidades de Verkhoyansk e Oymyakon.
» Pole of Cold.


1) Oymyakon, Yakutia, Rússia.
Top 10 Cidades mais frias do Mundo - Oymyakon

Nada supera em termos de frio esta localidade situada ao leste na Sibéria. Lá foi registrado em janeiro de 1926 o recorde mundial de temperatura em local permanentemente habitado: -71,2 ºC. Curiosamente, a água do rio Indigirka não congela o ano inteiro, devido às nascentes de águas termais. Seu solo, que fica congelado o ano inteiro, é chamado de Permafrost.
» A localidade habitada mais fria do mundo.

(*) O Apocalipse do Permafrost.
Photobucket

Por falar em permafrost, uma das maiores tragédias provocadas pelo aquecimento global é a deflagração do derretimento deste tipo de solo congelado. Ora, todas as cidades relacionadas aqui se assentam em cima desta terra dura como concreto, que abrigou pâtanos há milhões de anos. No momento em que descongela, o permafrost se torna esponjoso, o que provocará o afundamento de todas as construções e estradas feitas em cima dele. Afora o desaparecimento das cidades árticas, o fim do permafrost representará a liberação sem precedentes de gases de efeito estufa na atmosfera.

Por isto a extinção do Permafrost é uma das maiores ameaças que pairam sobre o futuro da humanidade, pois na lista de ecossistemas frágeis, ele é um dos mais ameaçados:
» Galeria da destruição dos Ecossistemas frágeis.

Norilsk, Sibéria, Rússia. - VÍDEO


www.blogpaedia.com.br

195 IMAGENS - FOTOGALERIA SUPER ESPECIAL DE FIM DE SEMANA NO DESENVOLTURAS & DESACATOS - O MUNDO MARAVILHOSO DOS GRAFFITIS


ATENÇÃO ! SE QUISER DIMINUIR O TAMANHO DAS IMAGENS É CLIKAR NUMA DELAS