AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 16 de junho de 2014

ASSIM NUNCA MAIS VAI MARTELAR OS DEDOS

Portugal x Alemanha: cem anos a levar na cabeça.

Portugal x Alemanha: cem anos a levar na cabeça.







.
.
Nas vésperas do histórico confronto com a Alemanha Federal,
Fábio Coentrão encontrava-se no auge da sua libido de mancebo expedicionário


E foi com galhardia que os bravos do CEP vasculharam as trincheiras em busca da inocência de Duarte Lima

Observação de ornitorrincos no seu habitat natural.
Em primeiro plano, o juiz Carlos Alexandre na companhia do casal McCann.  

Em chegando Junho, o Sr. Ministro Aguiar Branco nunca perdia uma photo opportunity na Flandres

Manobras. José Pacheco Pereira e outro franco-atirador (não identificado)

A EuroDisney nunca mais foi a mesma após a passagem da missão da troika

Foi com muita surpresa que o FMI registou a extraordinária adesão popular ao Rock in Rio

À chegada ao Parlamento, Vítor Constâncio recusou comentar eventuais falhas de supervisão.
«Isso é lá dentro, na comissão», referiu aos jornalistas o ex-governador do Banco de Portugal


Entretanto, na Madeira, o Tribunal de Contas prosseguia a sua auditoria aos buracos da Zona Franca

 O Soldado Milhões aproveitou todas as tardes de licença para se dedicar ao que mais amava:
o birdwatching. 

Alvíssaras!, gritou a menina.
Tinham chegado os homens da Ongoing.

Que surpresa nas redacções quando se soube do amor platónico 
de Assunção Cristas pelo Pde. Tolentino!

Abandonado em combate, Jorge Silva Carvalho pôde então dedicar-se
à sempre adiada pós-graduação em Facebook. 

 Até os politólogos concordaram com as previsões de Medina Carreira.
Melhorias no mercado de arrendamento? Só com uma reforma estrutural - ou mesmo duas.   

Esta foi tirada em St. Floris, 1918, quando soldados e praças reivindicaram um café com SportTV. 

Muito gosta D. Januário Torgal de se disfarçar de Clemenceau!

Apesar dos 7-0, a Selecção Portuguesa nunca desistiu de lutar pelo tento de honra

CR-7 (o olhar saudoso dos refogados de Dona Dolores.)  

  Descoberto em Arroios por Felícia Cabrita, 
uma imagem rara do grande estratega dos ballets roses: DSK.

Às noites, o Palácio de São Bento revelava-se demasiado pequeno para os sonhos de Isabel Moreira









Imagens: Colecção Particular

malomil.blogspot.pt

Garcia Pereira e as comemorações do 10 de Junho (vídeo)

OS ESTATUTOS SÃO A CONSTITUIÇÃO DO PS.

OS ESTATUTOS SÃO A CONSTITUIÇÃO DO PS.



A actual legislatura só termina em 2015. Pode dizer-se que a actual formação do parlamento foi eleita para durar ainda mais ou menos um ano. O actual governo tem maioria nesse parlamento, pelo que a legalidade do seu mandato não está em causa.

Contudo, muitos pedem, há muito, ou já pediram, eleições antecipadas. Não porque falte suporte legal ao governo, mas porque quem pede eleições antecipadas considera que esta maioria e este governo se esgotaram politicamente, já não servem o país. Porque quem pede eleições antecipadas faz a avaliação política de que a legalidade do mandato não chega.

Entre os que já pediram eleições antecipadas no país, há bastante tempo, conta-se o actual SG do PS. Concorde-se ou não com essa reivindicação, ela é politicamente legítima, compreensível. Cavaco e Passos pensam os calendários eleitorais, não em termos da necessidade de desbloquear a governação, mas em termos de conveniência própria. Fazem das suas necessidades de sobrevivência o calendário do país. E isso é condenável.

É, assim, politicamente incompreensível que o mesmo António José Seguro que pede eleições antecipadas no país, com argumentos políticos, recuse eleições no PS, com a escusa de que o termo previsto para o seu mandato ainda não chegou. No PS, como no país, esta não é uma questão de legalidade. É uma questão política. É da ordem do interesse superior do país. O que faltará para que isto seja compreendido por quem tem obrigação de pensar nas instituições antes de pensar em si próprio? 

Sim, também há os que dizem “os estatutos são a Constituição do PS, ambos são para respeitar”. Claro que sim. Nada obriga Cavaco a dissolver a Assembleia e convocar eleições. Nada obriga Passos a concordar com um refrescamento da situação. Respeitando a Constituição, nada os impede de pensar primeiro na sua própria posição e só depois no país. Mas temos um certo juízo político sobre isso, não temos? E sabemos que, sempre respeitando a Constituição (os estatutos), podiam trilhar politicamente outros caminhos. Aí reside a questão.


maquinaespeculativa.blogspot.pt

EUROPA ATRELADA AO CARRO DE GUERRA DOS EUA

EUROPA ATRELADA AO CARRO DE GUERRA DOS EUA

A Rússia é para já o inimigo a abater. A China será o alvo a seguir. Lançando o caos onde quer que intervenham os EUA prosseguem a escalada militarista. Para manter o domínio mundial dispõem de mais de um milhar de bases e instalações militares no estrangeiro, sete esquadras navais, 13 porta-aviões, CIA e ONG como armas de conspiração, etc. A dívida atinge 17,4 milhões de milhões de dólares, as máquinas do FED não cessam de imprimir notas verdes, no último ano apesar dos cortes sociais, de Estados e grandes cidades estarem em bancarrota, a dívida aumentou mais de 700 mil milhões de dólares (no ano anterior 1 milhão de milhões). 
Só para a constituição dos grupos neonazis na Ucrânia foram gastos 5 mil milhões de dólares.
Com estas políticas agressivas o mundo está ameaçado de guerras que não podemos imaginar como decorrerão nem quais as consequências globais. Eis os resultados das políticas de traição de Gorbatchov, Chevarnaze e do inqualificável Ieltsin.
A Rússia entretanto define estratégias e procura subtrair-se às ameaças. Recentemente, foi concluído um tratado com a Republica Popular da Coreia em que parte da dívida contraída com a URSS (10 mil milhões de dólares) foi perdoada. O remanescente (1 000 milhões) será investido em rede ferroviária, e infraestruturas para exportação de gás e eletricidade até à Coreia do Sul, além de tratados comerciais diversos.
A “guerra ao terror” dos EUA leva a uma degradação da vida individual e coletiva afirma Chris Floyd (1). “O sistema está a produzir exatamente aquilo que é o seu propósito: morte, desespero e crescentes lucros a baterem records.”
John W. Whitehead  (2) pergunta-se: por que devemos acreditar num governo que mata, tortura, mente, espia, engana e trata os seus próprios cidadãos como criminosos.? Por que razão acreditar num governo cujas políticas internas são ditadas mais pela paranoia que pela necessidade?
Paul Craig Roberts, considera que os EUA vêm os compromissos da Rússia para com a Europa como uma ameaça e trabalham para impedir que produtos energéticos russos fluam para a Europa. Os vassalos europeus dos EUA devem tomar nota: Washington está preparada para destruir a economia europeia para marcar pontos sobra a Rússia.
PCR acrescenta: “O secretário adjunto da Defesa para as Segurança Internacional disse-me há anos que Washington comprava políticos europeus com sacos cheios de dinheiro.” “Resta saber se os “líderes” europeus estão dispostos a sacrificar os seus povos e as suas próprias reputações para serem cúmplices da guerra que Washington está a planear para a Rússia, uma guerra que pode terminar com o fim da vida na Terra(3)


Note-se que PCR colocou a palavra “líderes” entre aspas…

foicebook.blogspot.pt