AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

AS PALAVRAS NÃO SÃO SUFICIENTES O QUE VÃO VER É DESLUMBRANTE ! AS MONTANHAS ARCO-IRIS DA CHINA - FORMADAS PELO DEPÓSITO DE MINERAIS AO LONGO DE MILHARES DE ANOS.






















Apontamento 37: As poderosas senhoras e os pobrezinhos

Apontamento 37: As poderosas senhoras e os pobrezinhos



Ontem, um amigo trouxe-nos um jornal francês que aproveitou um "cartoon" de António, anteriormente publicado no "Expresso", com as "pobres" figuras das duas senhoras poderosas reproduzidas acima.
A "lagarta", que costuma apresentar-se com roupagens de alta costura, à francesa", afinou, ultimamente, o seu discurso hipócrita, falando dos "pobrezinhos", coitados, a sofrerem com os programas do FMI. 
A "senhora" Merkel, a quem o António, certamente por deferência, não pôs os soquetes que ela costuma usar mesmo debaixo de vestidos de cerimónia, é conhecida pelos seus casacos "chapa zero".
No entanto, a pretensa sovinice merkeliana vale apenas para os pobrezinhos, já que ela bebe da mesma fonte ideológica da "lagarta".
E, para centrar a questão naquilo que verdadeiramente interessa, nada melhor do que terminar com a brilhante síntese de Viriato de Soromenho Marques, publicada, hoje, no "DN".

arpose.blogspot.pt

CONJUNTO DE TRÊS PEÇAS DECORATIVAS E ARTESANAIS A ENVIAR AOS GOVERNO E AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA RECONHECENDO O SEU "EXCELENTE" TRABALHO GOVERNATIVO A BEM DA NAÇÃO




A PSP esclarece as multas por falar ao telemóvel estando parado ou mal estacionado

A PSP esclarece as multas por falar ao telemóvel estando parado ou mal estacionado


Que não se pode manusear continuamente o telemóvel durante a marcha de veículo já é sabido, no entanto, é prática de muita gente que quando vai a conduzir e por acaso não vá preparado com auricular (ou equivalente autorizado), se encoste na berma ou que ocupe a zona de lugares de estacionamento para atender ao telemóvel sem usar auricular, ou até, atender o telemóvel numa paragem junto a um STOP ou enquanto se aguarda num semáforo pela mudança de um sinal vermelho.

Não estar em marcha não significa que está parado, pelo menos de acordo com o Código da Estrada…

O artigo 84 do Código da Estrada – Lei n. 72/2013 de 3 de setembro, estabelece que “é proibida ao condutor, durante a marcha do veículo, a utilização ou o manuseamento de forma continuada de qualquer tipo de equipamento ou aparelho suscetível de prejudicar a condução, designadamente auscultadores sonoros e aparelhos radiotelefónicos”, sendo que os condutores infratores são sancionados com coima de 120 a 600 euros.
Mas, uma vez que o Código da Estrada não contém, em nenhuma das suas normas, uma definição de “marcha do veículo”, e sendo sabido que um pouco por todo o país existem casos de condutores que foram autuados em situações por uso indevido do telemóvel mesmo sendo a velocidade instantânea de 0 km/h, foi solicitado um esclarecimento à PSP cuja resposta transcrevemos de seguida:
“…considera-se paragem a imobilização de um veículo na faixa de rodagem ou fora dela, apenas pelo tempo estritamente necessário para a entrada ou saída de passageiros ou para breves operações de carga ou descarga, e desde que o seu condutor esteja pronto a retomar a marcha e, estacionamento é a imobilização de um veículo na faixa de rodagem ou fora dela, por tempo superior ao necessário para a entrada e saída de passageiros e para carregar ou descarregar mercadoria, mesmo mantendo-se o seu condutor ao volante. Quanto ao uso do telemóvel sem meios adicionais pode faze-lo sempre que estiver estacionado ou parado, contudo não o pode fazer se causar perigo ou embaraço para os outros utentes da via.
Ainda alerto V. Exa. para o estacionamento e paragem indevidos, cujos artigos do Código da Estrada passamos a transcrever.

Paragem e estacionamento, Artigo 48.º

Como devem efectuar-se:
Considera-se paragem a imobilização de um veículo pelo tempo estritamente necessário para a entrada ou saída de passageiros ou para breves operações de carga ou descarga, desde que o condutor esteja pronto a retomar a marcha e o faça sempre que estiver a impedir ou a dificultar a passagem de outros veículos.
2 – Considera-se estacionamento a imobilização de um veículo que não constitua paragem e que não seja motivada por circunstâncias próprias da circulação.
3 – Fora das localidades, a paragem e o estacionamento devem fazer-se fora das faixas de rodagem ou, sendo isso impossível e apenas no caso de paragem, o mais próximo possível do respectivo limite direito, paralelamente a este e no sentido da marcha.
4 – Dentro das localidades, a paragem e o estacionamento devem fazer-se nos locais especialmente destinados a esse efeito e pela forma indicada ou na faixa de rodagem, o mais próximo possível do respectivo limite direito, paralelamente a este e no sentido da marcha.
5 – Ao estacionar o veículo, o condutor deve deixar os intervalos indispensáveis à saída de outros veículos, à ocupação dos espaços vagos e ao fácil acesso aos prédios, bem como tomar as precauções indispensáveis para evitar que aquele se ponha em movimento.
6 – Quem infringir o disposto nos n.ºs 3 a 5 é sancionado com coima de € 30 a € 150.

Artigo 49.º, Proibição de paragem ou estacionamento

1 – É proibido parar ou estacionar:
a) Nas rotundas, pontes, túneis, passagens de nível, passagens inferiores ou superiores e em todos os lugares de visibilidade insuficiente;
b) A menos de 5m para um e outro lado dos cruzamentos, entroncamentos ou rotundas, sem prejuízo do disposto na alínea e) do presente número e na alínea a) do n.º 2;
c) A menos de 5 m para a frente e 25 m para trás dos sinais indicativos da paragem dos veículos de transporte colectivo de passageiros ou a menos de 6 m para trás daqueles sinais quando os referidos veículos transitem sobre carris;
d) A menos de 5 m antes e nas passagens assinaladas para a travessia de peões ou de velocípedes;
e) A menos de 20 m antes dos sinais verticais ou luminosos se a altura dos veículos, incluindo a respectiva carga, os encobrir;
f) Nas pistas de velocípedes, nos ilhéus direccionais, nas placas centrais das rotundas, nos passeios e demais locais destinados ao trânsito de peões;
g) Na faixa de rodagem sempre que esteja sinalizada com linha longitudinal contínua e a distância entre esta e o veículo seja inferior a 3 m.
2 – Fora das localidades, é ainda proibido:
a) Parar ou estacionar a menos de 50 m para um e outro lado dos cruzamentos, entroncamentos, rotundas, curvas ou lombas de visibilidade reduzida;
b) Estacionar nas faixas de rodagem;
c) Parar na faixa de rodagem, se for possível a paragem fora dela.
3 – Quem infringir o disposto no n.º 1 é sancionado com coima de € 30 a € 150, salvo se se tratar de paragem ou estacionamento nas passagens de peões ou de velocípedes e nos passeios, impedindo a passagem de peões, caso em que a coima é de € 60 a € 300.
4 – Quem infringir o disposto no n.º 2 é sancionado com coima de € 60 a € 300, salvo se se tratar de estacionamento de noite nas faixas de rodagem, caso em que a coima é de € 250 a € 1250.”

Fotos interessantes e as histórias por trás delas

Fotos interessantes e as histórias por trás delas 


history_image_16

Em Tana Toraja, Indonésia, anualmente os mortos são removidos dos seus túmulos para terem suas roupas substituídas.





history_image_15

Remédios prescritos por médico russo.



history_image_14

Uma pistola .45 cortada ao meio.




history_image_13

Escadaria na montanha Taihang, na China.



history_image_12

2868 diamantes, 273 pérolas, 17 safiras, 11 esmeraldas e 5 rubis. Esta é a Coroa Imperial do Reino Unido.



history_image_11

Americanos e mexicanos jogando volei ao longo da fronteira do Arizona.




history_image_10

Teratorns, a maior ave voadora já encontrada. Elas viveram no norte da América do Sul.




history_image_09

Máscara feita com sabão e sabonete proparada por um detento do Presídio Padrão de Santa Rita, em João Pessoa. A aparência é baseada num agente penitenciário do mesmo presídio. O preso declarou ser artista plástico e a máscara seria uma homenagem ao funcionário, mas não soube explicar por que escondia o trabalho.




history_image_08

Este é o Mont Aiguille, na França.




history_image_07

Garota chinesa mostrando as pilhas de papel referentes às provas de 3 anos no ensino médio.



history_image_06

Os então jovens Rolling Stones, em 1963.



history_image_05

Nikola Tesla em seu laboratório.



history_image_04

Camundongo tentando impedir que cobra devore seu companheiro. O fato ocorreu na China, em 2013.




history_image_03

Randall Champion tomou um choque de 4 mil volts durante uma manutenção de linha de alta tensão. Seu colega, J.D. Thompson, não pensou duas vezes e iniciou a respiração boca-a-boca para salvá-lo. Isso foi suficiente para salvar Champion.



history_image_02

Fidel Castro em viagem aos EUA, em 1979.



history_image_01

Michael Jordan visivelmente emocionado ao lado da mãe no jogo em que conquistou o tri-campeonato com os Chicago Bulls. Ele acertou uma cesta faltando 5 segundos para o fim da partida.






educação sexual - pai !!!! você se masturba ?

video

O ESCÂNDALO FACE OCULTA REVISITADO, CP VENDE DE NOVO SUCATA AO DESBARATO? Todos recordam o Caso face oculta e o enredo que nos ocultaram. Uma rede de banqueiros, políticos e sucateiros que venderam a preço abaixo do mercado, património da CP e de todos os portugueses, lesando o estado e favorecendo a rede de mafiosos que envolvia.

O ESCÂNDALO FACE OCULTA REVISITADO, CP VENDE DE NOVO SUCATA AO DESBARATO?


Todos recordam o Caso face oculta e o enredo que nos ocultaram. Uma rede de banqueiros, políticos e sucateiros que venderam a preço abaixo do mercado, património da CP e de todos os portugueses, lesando o estado e favorecendo a rede de mafiosos que envolvia. 
Mas a justiça foi tão branda que, 10 dias após sair da prisão, o Mestre sucateiro, Godinho, regressou ás negociações com a CP e ganhou?!
Marinho Pinto acusou ainda a justiça de ter colaborado na protecção de Sócrates, ao mandar cortar as provas à tesourada, situação irregular, que foi rapidamente aproveitada pelos advogados de defesa, para anular o processo.

E como a impunidade promove o crime... a história que se segue, não lhe parece um deja vu!? Cometer crimes contra o estado em Portugal, é um negócio sem risco e rentável? Porque não reincidir?

SALDOOO ... CP vende vagões a menos de 5 mil euros. 
Entendidos no assunto, afirmam que só o ferro dos eixos vale mais que isso!!!??? Uma coisa é certa, a CP vende mesmo muita sucata!!!
ÁLBUM COM OS TIPOS DE VAGÕES 

"JAN/2014 
A CP Carga vendeu 55 unidades de vagões de mercadorias à Reciclagem de Sucatas Abrantina, por 262.100 euros, no âmbito de um concurso público, avançou à Lusa fonte oficial da empresa ferroviária.
Em Novembro, a CP Carga lançou um concurso para vender 114 unidades de vagões de mercadorias (organizados em cinco lotes), que estavam "afectos a tráfegos comerciais que deixaram de ser realizados" pela empresa.
Fonte oficial da CP Carga disse, em resposta às questões colocadas pela Lusa, que a empresa recebeu propostas de dois concorrentes, a Reciclagem de Sucatas Abrantina e a RECIFEMETAL - Reciclagem de Ferro e Metais.

A Reciclagem de Sucatas Abrantina apresentou propostas para três lotes de vagões, num total de 55 unidades, enquanto a RECIFEMETAL apresentou uma proposta para um lote, com seis unidades, não tendo havido propostas para dois lotes (com um total de 59 unidades).
"Em função do critério de adjudicação anunciado (preço mais alto por lote), foi adjudicada ao concorrente Reciclagem de Sucatas Abrantina a venda dos três lotes de vagões, pelo valor de 262.100 euros", avançou fonte oficial da CP Carga. 262.000€ /55= 4767€ !!!!
A CP Carga - Logística e Transportes Ferroviários de Mercadorias foi constituída a 02 de Agosto de 2009 e tem como único accionista a CP." Lusa/SOL 

EM 2009 COMPRA 400 VAGÕES??
"Acompanhado a autonomização da unidade de negócios CP Carga, actualmente designada por "CP Carga – Logística e Transportes Ferroviários de Mercadorias S.A", a operadora agora independente e a segunda maior operadora ferroviária de mercadorias da Península Ibérica, decide apostar num reforço do parque de material circulante para transporte combinado - contentores, com vista a um aumento de oferta, tanto em território Nacional como nas ligações Internacionais. 
Para tal, investe 45 milhões de Euros num total de 400 vagões plataforma a serem produzidos na EMEF e cuja entrada ao serviço está prevista para Janeiro de 2010.
A par com os novos vagões, a empresa agora independente possui ao seu dispor 83 locomotivas no total, sendo 25 delas as novas Siemens 4700, adquiridas por 100 milhões de Euros que permitiram o afastamento definitivo da série 2500/2550". fonte 

"CP Carga investiu 41,2 milhões em novos vagões
A CP Carga recebeu o primeiro lote de 50 vagões produzidos pela EMEF, ao abrigo de um contrato que prevê o fornecimento de 300 vagões de bogies e 100 vagões de dois eixos. O valor do negócio ascende a 41,2 milhões de euros, estando previsto que as entregas sejam faseadas ao longo dos próximos três anos.
Construídos nas instalações da EMEF no Entroncamento, estes vagões são os primeiros com concepção e fabrico inteiramente nacional.(...)  fonte

Muita sucata sai da CP... ?!!
Novos procedimentos na empresa, para evitar novo Face Oculta. Companhia negociou directamente com a Siderurgia Nacional.
Depois da casa roubada, trancas à porta. Após o envolvimento de estruturas intermédias da Refer em negócios controversos com intermediários de sucata, que culminariam no processo Face Oculta, a gestora de infra-estruturas ferroviarias esteve dois anos sem proceder a qualquer venda de resíduos e a rever de alto a baixo os seus procedimentos nesta matéria.
O resultado, anunciado agora em comunicado da empresa, é um processo mais transparente, que elimina intermediários, e que passa pela venda directa à Siderurgia Nacional de 45 mil toneladas de resíduos de carril e de material ferroso miúdo, que lhe proporcionará uma receita de 13 milhões de euros.
Nos últimos dois anos, foi sendo acumulada no complexo logístico do Entroncamento grande parte dos resíduos resultantes das renovações de vias-férreas levadas a cabo pela Refer, em vez de serem escoadas, através de sucateiros (normalmente era a empresa O2 do empresário Manuel Godinho que detinha esse negócio) desde os locais onde eram efectuados os trabalhos.
Agora esses milhares de toneladas de carris vão ser escoados nos próximos 18 meses através de comboios de mercadorias do Entroncamento para o Seixal (cuja siderurgia já possui ramal ferroviário desde 2008). A Refer estima realizar 75 comboios, com 14 vagões cada um e uma carga aproximada de 600 toneladas.
Para a operacionalização deste processo, a empresa lançou um concurso para o aluguer de vagões tendo convidado todas as empresas da Península Ibérica desse mercado (CP Carga, Comsa, Somafel, Transfesa e VTG Rail España) e para a realização do transporte convidou a CP Carga, a Takargo e a Comsa. A CP Carga ganhou ambos os concursos, tendo o contrato sido adjudicado por 554 mil euros.

O Carril Dourado (um caso de corrupção que envolveu uma empresa de Manuel Godinho em obras na Linha do Douro e o roubo de carris na Linha do Tua) e o Face Oculta tiveram como consequência na Refer o despedimento com justa causa de três trabalhadores, a suspensão de dois quadros e duas rescisões voluntárias.
Em entrevista ao PÚBLICO (29/10/2012), o novo presidente da empresa, Rui Loureiro, disse que havia uma vontade de irem “até ao fim” no apuramento do que se passou nesta empresa pública, embora lamentasse as limitações processuais, porque uma prova em tribunal não constitui uma prova no âmbito de um processo disciplinar da empresa.

PUBLICO
07.11.2012  CARLOS CIPRIANO 

Imagens dos vários tipos das dezenas dos vagões que se venderam.
apodrecetuga.blogspot.pt