AVISO


OS COMENTÁRIOS, E AS PUBLICAÇÕES DE OUTROS
NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO ADMINISTRADOR DO "desenvolturas e desacatos"

Este blogue está aberto à participação de todos.


Não haverá censura aos textos mas carecerá
obviamente, da minha aprovação que depende
da actualidade do artigo, do tema abordado, da minha disponibilidade, e desde que não
contrarie a matriz do blogue.

Os comentários são inseridos automaticamente
com a excepção dos que o sistema considere como
SPAM, sem moderação e sem censura.

Serão excluídos os comentários que façam
a apologia do racismo, xenofobia, homofobia
ou do fascismo/nazismo.


segunda-feira, 23 de junho de 2014

FACTOS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

A Primeira Guerra Mundial foi um dos momentos mais tensos da história da humanidade, com grande parte dos países do globo entrando em batalhas sangrentas e precárias. Essas lutas desesperadas criaram atitudes e invenções loucas, que são para lá de curiosas:

Perdendo, mas ganhando

WWI_British_cemetery_at_Abbeville
A Primeira Guerra Mundial durou pouco mais de quatro anos e teve a participação de 68 milhões de pessoas. Mais de 19 milhões morreram e, no final das contas, os Aliados, que venceram a guerra, foram os que mais tiveram baixas.
A baixa de soldados Aliados ficou na casa dos 5 milhões, enquanto os Impérios Centrais ficaram com 4 milhões de militares mortos. O número de civis que perderam a vida chegou a casa dos 6 milhões do lado vencedor, enquanto os perdedores amargaram “apenas” 4 milhões de mortes de civis.

Informação valiosa

5238775a9cda18adaa53a0ef5e86a5f7
No início de 1917, antes dos EUA entrar definitivamente na guerra, a Inglaterra tinha em mãos um documento alemão, que foi enviado ao México e interceptado. Essa mensagem pedia que o país latino-americano invadisse os Estados Unidos. A Inglaterra, em vez de mostrar imediatamente ao seu aliado, resolveu guardar a mensagem para usá-la na hora certa e conseguir o apoio dos EUA no final da guerra.

Gases e xixi

306723
Durante a Primeira Guerra muitas nações começaram a usar gases venenosos contra seus inimigos. Como não haviam máscaras para a proteção, os soldados receberam a ordem de usar toalhas molhadas com xixi para se protegerem. Após o término do conflito, muitos países assinaram um tratado para evitar esse tipo de arma em uma nova guerra.

Racismo na guerra

369th_15th_New_York
Durante os anos 40, os EUA ainda viviam uma grande onda racista em seu país, mesmo assim, uma divisão chamada Fighters Harlem, que tinha apenas negros em suas linhas, foi para a guerra.
Os atos de bravura e coragem desse grupamento chamou a atenção dos Aliados. A França deu a eles a Croix de Guerre, uma condecoração dada a soldados estrangeiros, mas, nos EUA, esse pelotão foi totalmente ignorado, pois eram homens negros.

A grande morte

thepoem_clip_image002
A maior baixa de homens em um único dia durante a Primeira Guerra Mundial ficou a cargo da Inglaterra que, durante a batalha de Somme, perdeu 60 mil soldados. Esse número excedeu a todas as perdas americanas durante a guerra.

minilua.com

Sem comentários: