AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


domingo, 29 de dezembro de 2013

Os velhos Correios ficaram para trás ?

Os velhos Correios ficaram para trás ?

Funcionrio.25 Viatura-Postal-com-o-n685
Haverá poucas histórias tão emocionantes como a do correio. A necessidade milenar e constante de os homens trocarem mensagens levou Reis, primeiro, e Estados, depois, a lançarem mão de todos os recursos possíveis para vencer a distância. Peregrinos, escudeiros, correios a cavalo, diligências da mala-posta e ambulâncias ferroviárias foram sendo sucessivamente usados, ao longo da história, para fazerem chegar missivas aos seus destinos. Ao mesmo tempo, inventou-se o selo e democratizou-se o acesso à correspondência, através da distribuição domiciliária, na altura denominada “Posta Pequena”. Depois, já no século 20, dando o melhor uso à evolução industrial e tecnológica, colocou-se o carro, o avião e o computador ao serviço da Posta, tornando a circulação tão veloz e eficiente como o mundo de hoje. A história dos correios é, afinal, uma óptima maneira de conhecer a história da evolução do mundo.
Fonte www.fpc.pt – E Blog “Restos de Colecção.”

www.louletania.com

10 FOTOS SOBRE O LUAR DO FOTÓGRAFO - Yuri Ovchinnikov