AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


domingo, 11 de novembro de 2012

NEM TUDO É COMO PARECE !


NEM TUDO É COMO PARECE !
A CARIDADE EM PORTUGAL PAGA IVA E DÁ LUCROS AOS TUBARÕES DA DISTRIBUIÇÃO !
Em Inglaterra, a cadeia de supermercados Waitrose, oferece uma moeda (uma chapa) a cada cliente que faz compras acima dum determinado valor. O cliente, à saída, tem, normalmente, três caixas, cada uma em nome duma instituição social sediada no município, para receber as referidas moedas, de acordo com a opção do cliente.
Periódicamente, são contadas as moedas de cada caixa e a empresa entrega em dinhei
ro, à respectiva instituição, o valor correspondente, donativo esse que diminui os seus lucros mas, também, tem o devido benefício em termos de fiscalidade.

Em Portugal, as campanhas de solidariedade custam ao doador uma parte para a instituição, outra parte para o Estado e mais uma boa parte para a empresa que está a “operacionalizar” (?!...) a acção. Um país de espertos... até na ajuda aos mais necessitados. Mas nós ficamos quietos e calados, ou então, estupidificamos porque queremos...

Muito triste, muito triste, mas é bom saber...

Programa de luta contra a fome.
Nada é o que parece. Vejamos:

Decorreu num destes fim de semana mais uma acção, louvável, do programa da luta contra a fome mas....façam o vosso juízo! A recolha em hipermercados, segundo os telejornais, foi cerca de 2.644 toneladas, ou seja 2.644.000 Kilos.
Se cada pessoa adquiriu no hipermercado 1 produto para doar e se esse produto custou, digamos, 0.50 € (cinquenta cêntimos), repare que:
2.644.000 kg x 0,50 € dá 1.322.000,00 € (1 milhão, trezentos e vinte e dois mil euros), total pago nas caixas dos hipermercados.
Quanto ganharam???:
- o Estado: 304.000,00 € (23% iva)
- o Hipermercado: 396.600,00 € (margem de lucro de cerca de 30%).
Nunca tinha reparado, tal como eu, quem mais engorda com estas campanhas...

Devo dizer que não deixo de louvar a ação da recolha e o meu respeito pelos milhares de voluntários.

MAIS....
É triste, mas é bom saber...
- Porque é que os madeirenses receberam 2 milhões de euros da solidariedade nacional, quando o que foi doado eram 2 milhões e 880 mil?
Querem saber para onde foi esta "pequena" parcela de 880.000,00 €?
A campanha a favor das vítimas do temporal na Madeira através de chamadas telefónicas é um insulto à boa-fé da gente generosa e um assalto à mão-armada.
Pelas televisões a promoção reza assim: Preço da chamada 0,60 € + IVA. São 0,72 € no total.
O que por má-fé não se diz é que o donativo que deverá chegar (?) ao beneficiário madeirense é de apenas 0,50 €.
Assim oferecemos 0,50 € a quem carece, mas cobram-nos 0,72 €, mais 0,22 € ou seja 30%.

Quem ficou com esta diferença?
1º - a PT com 0,10 € (17%) isto é a diferença dos 50 para os 60.
2º - o Estado com 0,12 € (20%) referente ao IVA sobre 0,60 €.
Numa campanha de solidariedade, a aplicação de uma margem de lucro pela PT e da incidência do IVA pelo Estado são o retrato da baixa moral a que tudo isto chegou.
A RTP anunciou com imensa satisfação que o montante doado atingiu os 2.000.000,00 €.
Esqueceu-se de dizer que os generosos pagaram mais 44%, ou seja, mais 880.000,00 € divididos entre a PT (400.000,00 € para a ajuda dos salários dos administradores) e o Estado (480.000,00 € para auxílio do reequilíbrio das contas públicas e aos trafulhas que por lá andam).
A PT cobra comissão de quase 20% num acto de solidariedade!!!
O Estado faz incidir IVA sobre um produto da mais pura generosidade!!!

ISTO É UMA TOTAL FALTA DE VERGONHA, SOB A CAPA DA SOLIDARIEDADE. É BOM QUE O POVO SAIBA QUE ATÉ NA CONFIANÇA SOMOS ROUBADOS.
ISTO É UM TRISTE ESBULHO À BOLSA E AO ESPÍRITO DE SOLIDARIEDADE DO POVO PORTUGUÊS E UM APROVEITAMENTO ILÍCITO DA DESGRAÇA ALHEIA !

Pelo menos, DENUNCIE!

"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons."


Veja o vídeo de Marcelo recusado pela Alemanha

Já pode ser visionado o vídeo promovido por Marcelo Rebelo de Sousa e que as autoridades alemãs não aceitaram que fosse visionado em Berlim.

Martim Silva (www.expresso.pt)
16:50 Domingo, 11 de novembro de 2012



Um dia depois de ter sido recusada a divulgação do vídeo na Praça Sony de Berlim, e um dia antes da visita 
da chanceller Angela Merkel a Portugal, já pode ser visto o vídeo promocional de Portugal que foi impulsionado 
por Marcelo Rebelo de Sousa.
O vídeo pretende ser um apelo à solidariedade alemã para com Portugal, exemplificando com a 
solidariedade que Portugal e a Europa tiveram para com a Alemanha na altura da reunificação.
São ainda apresentados vários dados quanto à austeridade sobre Portugal e ao esforço que os 
portugueses têm sido obrigados a fazer nos ultimos tempos.
A intenção de elaborar um vídeo promocional de Portugal tinha sido anunciada por Marcelo 
há várias semanas na TVI, e a sua realização foi conseguida com a colaboração 
de Rodrigo Moita de Deus, blogger e atual dirigente nacional do PSD (faz parte da comissão política nacional).

Veja o vídeo (versão em português):


Veja o vídeo (versão em alemão):



Ler mais: http://expresso.sapo.pt/veja-o-video-de-marcelo-recusado-pela-alemanha=f766185#ixzz2BwEflo6L
O Engraxanço e o Culambismo Português

Noto com desagrado que se tem desenvolvido muito em Portugal uma modalidade desportiva que julgara ter caído em desuso depois da revolução de Abril. Situa-se na área da ginástica corporal e envolve complexos exercícios contorcionistas em que cada jogador procura, por todos os meios ao seu alcance, correr e prostrar-se de forma a lamber o cu de um jogador mais poderoso do que ele. 
Este cu pode ser o cu de um superior hierárquico, de um min

istro, de um agente da polícia ou de um artista. O objectivo do jogo é identificá-los, lambê-los e recolher os respectivos prémios. Os prémios podem ser em dinheiro, em promoção profissional ou em permuta. À medida que vai lambendo os cus, vai ascendendo ou descendendo na hierarquia.
Antes do 25 de Abril esta modalidade era mais rudimentar. Era praticada por amadores, muitos em idade escolar, e conhecida prosaicamente como «engraxanço». Os chefes de repartição engraxavam os chefes de serviço, os alunos engraxavam os professores,os jornalistas engraxavam os ministros, as donas de casa engraxavam os médicos da caixa, etc... Mesmo assim, eram raros os portugueses com feitio para passar graxa. Havia poucos engraxadores. Diga-se porém, em abono da verdade, que os poucos que havia engraxavam imenso.
Nesse tempo, «engraxar» era uma actividade socialmente menosprezada. O menino que engraxasse a professora tinha de enfrentar depois o escárnio da turma. O colunista que tecesse um grande elogio ao Presidente do Conselho era ostracizado pelos colegas.Ninguém gostava de um engraxador.

Hoje tudo isso mudou. O engraxanço evoluiu ao ponto de tornar-se irreconhecível. Foi-se subindo na escala de subserviência, dos sapatos até ao cu. O engraxador foi promovido a lambe-botas e o lambe-botas a lambe-cu. Não é preciso realçar a diferença, em termos de subordinação hierárquica e flexibilidade de movimentos, entre engraxar uns sapatos e lamber um cu. Para fazer face à crescente popularidade do desporto, importaram-se dos Estados Unidos, campeão do mundo na modalidade, as regras e os estatutos da American Federation of Ass-licking and Brown-nosing.Os praticantes portugueses puderam assim esquecer os tempos amadores do engraxanço e aperfeiçoarem-se no desenvolvimento profissional do Culambismo.

(...) Tudo isto teria graça se os culambistas portugueses fossem tão mal tratados e sucedidos como os engraxadores de outrora. O pior é que a nossa sociedade não só aceita o culambismo como forma prática de subir na vida, como começa a exigi-lo como habilitação profissional. O culambismo compensa. Sobreviver sem um mínimo de conhecimentos de culambismo é hoje tão difícil como vencer na vida sem saber falar inglês.

Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'

SANTA BÁRBARA DE NEXE, MACÁRIO E AS FREGUESIAS


HOJE DE MANHÃ QUANDO FUI TOMAR A BICA AQUI NO CAFÉ DA MINHA ALDEIA, ENTROU MACÁRIO CORREIA. COMPROU O JORNAL E ANUNCIOU QUE VINHA PARA UM ALMOÇO DOS CANTEIROS A REALIZAR EM BORDEIRA ( BORGA, ALMOÇOS, FESTAS, NÃO PERDE UMA, É Á BORLA E APROVEITA PARA LAVAR A CARA E FAZER CAMPANHA ELEITORAL).

INTERROGADO SOBRE A QUESTÃO DA EXTINÇÃO DAS FREGUESIAS E FACE A UMA NOTÍCIA NO REGIÃO SUL ONLINE qQUE DAVA COMO CERTA 4 FREGUESIAS NO CONCELHO DE FARO, O PRESIDENTE (AINDA EM FUNÇÕES APES
AR DE CONDENADO PELOS TRIBUNAIS) DISSE QUE A COISA ESTAVA COMPLICADA E RESMUNGOU QUALQUER COISA COMO ISTO... É LAMENTÁVEL ESTAS COISAS MHMMM MHMMM E MAIS NÃO DISSE !E FOI ENCHER A BARRIGA !


- eu entendi embora já lhe conheça o jogo que não lhe convinha falar do assunto pois isso retira-lhe votos e sobretudo não o ajuda em popularidade (nunca a teve) na alhada em que está metido. Mais vale pôr uma cara de condenação e enjoo pelas medidas que o seu partido toma e não esborrar a maquilhagem. O pau de dos bicos !





António Garrochinho
POR EXEMPLO !

Eles, elas, quando aparecem na televisão, são todos amigos do Povo. Servem-se da desgraça da "plebe" para criarem á sua volta um clima de aceitação para que possam encher as algibeiras no mais curto espaço de tempo (enquanto dura o carnaval neo-liberal e fascista) A TELEVISÃO SABE DISSO E ESMINFRA-OS porque depois nos episódios que se seguem eles vão retribuir aqueles dois ou três programas em que injectaram A VERDADE, depois, manipulada com um rôr de mentiras 

e alienação que servem e se ajustam lindamente os interesses dos que sempre foram os seus patrões O CAPITAL.

OBVIAMENTE QUE ESTOU A FALAR DOS COMENTARISTAS, JORNALISTAS, ANALISTAS QUE VIVEM NO REINO DA LUXÚRIA E DA BOÉMIA Á CUSTA DA MENTIRA E DE LAMBEREM A MERDA DOS CÚS DOS GOVERNANTES E DOS SEUS MEIOS DE INFORMAÇÃO.

SÃO PALHAÇOS VESTIDOS A RIGOR CONFORME AS SITUAÇÕES, CHORAM QUANDO O POVO SOFRE E DANÇAM QUANDO O POVO ESTÁ FELIZ.

LÁ DENTRO DELES O CONTEUDO (SABEM CAMUFLÁ-LO COM MESTRIA) NÃO SE VÊ, MAS O POVO JÁ OS IDENTIFICA PELO CHEIRO





António Garrochinho

VÃO DAR BANHO AO CÃO ! - ANTÓNIO GARROCHINHO

Surpresa ! não própriamente !

já se começa a ver nas televisões os mais reaccionários comentadores e jornalistas a sorrirem de orelha a orelha quando se fala da ideologia comunista. Isto quando as notícias vêm da China e envolvem muito dinheiro, ali já existe aceitação e não tardará a bajulação !

A cobertura do Congresso do Bloco de esquerda (que respeito) tem sido exemplar por parte de jornais e televisão em detrimento por exemplo dos 

Congressos do PCP, ou das suas posições sobre os acontecimentos na sociedade Portuguesa. Na minha opinião muito se deve a este senhor, jornalista, comentarista, humorista, e outros istas que agora seria longo aqui desenvolver... (Daniel Oliveira) que deve ter dois partidos ao mesmo tempo (dois não ! talvez uns quantos) está ali para mudar a vida dos Portugueses e livrá-los do EIXO DO MAL. Na minha opinião o expert com a mania que é de esquerda devia de ir vender castanhas para o Rossio e aí saberia que não convence ninguém porque ninguém lhas comprava. E mais não digo...

MANIFESTAÇÃO DA FAMÍLIA MILITAR LISBOA 10112012




























































































































MOVIMENTAÇÕES DE MASSAS