AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 4 de agosto de 2012

OS PUTOS






Mais Imóvel e Isolado


DIZEM os jornais que a 15 de Agosto deste ano a Refer vai fechar mais 65 quilómetros de linhas, incluindo o ramal de Cácares, argumentando que não se justifica manter activos aqueles 65 quilómetros de linha unicamente para a passagem de dois comboios, tanto mais que existe a vontade da CP e da sua congénere Renfe de o fazer passar pela linha da Beira Alta, servindo assim cidades com mais mercado (sempre os mercados!) como Pombal, Coimbra, Nelas, Mangualde, Guarda e Salamanca.

Os sucateiros que compram por tuta e meia os carris inoperacionais, bem como os rapinantes que operam a coberto da noite, é que são os grandes beneficiários destas medidas, que tornam Portugal cada vez mais mais imóvel e isolado, cada vez mais região e menos país. Passo a passo, é garantido que voltaremos, não ao século IXX, onde até fomos pioneiros na implementação da cobertura ferroviária do país, mas bastante mais para trás.

dono dos meus passos - António Garrochinho

Foto Luna

UM ARTISTA ESPECTACULAR COM A BOLA ! DIVIRTAM-SE !

ESPECTACULAR ! VEJA AQUI NO DESENVOLTURAS & DESACATOS, FOTOS QUE SE MOVIMENTAM


Fotos que se movimentam

É de cair o queixo!
A fotógrafa novaiorquina Jamie Beck mudou totalmente o conceito de GIFs animados ao criar uma respeitada forma de arte, apresentando fotos extremamente impressionantes.
Para quem não sabe, os GIFs animados são famosos na internet. Entretanto, a grande maioria tem caráter humorístico e não guarda grandes preocupações com a qualidade das imagens. O que Jamie faz é exatamente o contrário. As imagens possuem incrível realismo e chama atenção pelos detalhes.
Batizadas como “cinemagraphs”, ela busca não esgotar as possibilidades de uma imagem. Esta realmente parece ser a chave para criar uma arte respeitável. 

(vc deve clicar sobre as imagens para ver o movimento!!)




























Fala-me de Amor -Santos e Pecadores



Acabei por ter
Um fraco por ti
Que foi? como veio?
Eu não percebi

Pergunto como está
A velha certeza
Será que tu sabes
O que correu mal

É que hoje eu já sabia dizer
Ama-me, leva-me p'ra lá do meu horizonte
Fala-me de amor
Fala-me de amor
Segue-me, prende-me p'ra lá do meu horizonte
Fala-me de amor
Fala-me de amor

Quero-te dizer
Que ainda estou aqui
Todo o tempo à espera
De ti

Quero-te alcançar
E estou a pedir
Para ser como era
Quando te conheci

É que hoje eu já sabia dizer
Ama-me, leva-me p'ra lá do meu horizonte
Fala-me de amor
Fala-me de amor
Fala-me de amor


Tribunal de Contas e TAP – Salvaguardar... quando?!!!



Aí está a privatização da TAP, companhia portuguesa que o trabalho e o suor dos seus trabalhadores, somados aos impostos de todos os outros, construiu... e que agora este governo de fanáticos neoliberais vai entregar aos “amigos”.
Dizem-me que a privatização «divide trabalhadores», o que é perfeitamente natural, se pensarmos que de um lado estão os trabalhadores que vêem as suas vidas ameaçadas... e do outro lado, uns tantos trabalhadores impacientes por verem chegar a hora de se tornarem proprietários da companhia, deitando as mãos a algum do capital.
Entretanto, aquilo que mais se destaca é a “preocupação do Tribunal de Contas” em «salvaguardar a soberania nacional e o interesse público» em todo o processo de venda de mais este património do povo português a interesses privados.
Seria uma bela ocasião para lembrar aos distraídos senhores do Tribunal de Contas, que aquilo que mais contribui para o prejuízo do interesse público e para o ataque à soberania nacional, não é nenhum percalço, surpresa ou acidente a que devam estar particularmente atentos, mas sim, tão simplesmente...
A privatização!!!
Mas isto digo eu... que não entendo nada de tribunais e ainda muito menos de contas.

O BARCO VAI DE SAÍDA-Fausto

Iris Isolados do mundo



Com as férias a correr para o fim


Uma das coisas boas de se estar de férias sem televisão é a de não termos as "fuças" destes bandalhos que nos desgovernam a vida e o país e os sons que emitem, a entrar-nos constantemente pela casa dentro. Não temos a necessidade de vociferar tantas vezes e a linguagem torna-se mais "educada". Mas estar de férias também tem a vantagem  de nos dar mais tempo para dedicarmos a coisas que normalmente ficam para trás na azafama do dia a dia de trabalho. Ver filmes, ler livros e também, no meu caso, de fazer alguns bonecos para amigos de blogs com quem estou em divida. O DemoCrato é um deles pelo que aqui fica mais um boneco dedicado à minha amiga Moriae.

CALOR


NÃO CONFUNDAM !!! OU ENTÃO...


MEMÓRIAS DO PASSADO - 1912 - MORTE NOS JOGOS OLÍMPICOS



Morte nos Jogos Olímpicos



Em 1912 os JO realizaram-se em Estocolmo e, pela primeira vez, tiveram a participação de atletas portugueses. A reduzida comitiva portuguesa, composta por apenas seis atletas, depositava grandes esperanças em Francisco Lázaro, um maratonista que já conhecera várias vitórias em 1910 e 1911.
Lázaro era um atleta talentoso e peculiar. Treinava, correndo atrás dos transportes públicos!
Na tarde de 14 de Julho de 1912 preparava-se para correr a maratona olímpica de Estocolmo, sob uma temperatura superior a 30º centígrados.
Antes da prova, Lázaro foi surpreendido a besuntar o corpo com sebo, tapando os poros e impedindo a respiração cutânea. Os colegas alertaram-no para os riscos que corria e tentaram convencê-lo a tomar um banho. Debalde.
Francisco Lázaro foi assim mesmo correr a maratona. Sentiu-se  mal durante a prova, foi levado para o hospital, onde acabaria por falecer durante a noite. Tornou-se a primeira vítima mortal dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.
Desde então, faleceram mais alguns atletas por motivos de acidente ou doping, mas a morte mais trágica ocorreu em Munique, em 1972, quando um ataque terrorista à Aldeia Olímpica, matou  nove atletas israelitas. ( 5 de Setembro).
Pretexto para um filme de Spielberg, o atentado de Munique não foi, no entanto, o único ocorrido durante os JO.
Desde então os JO ainda proporcionaram dois momentos difíceis. Em 1992, em Barcelona, a polícia espanhola impediu um atentado quase à última hora e em 1996, em Atalanta, durante um espectáculo paralelo, registou-se um tiroteio de que resultaram dois mortos e mais de uma centena de feridos.
A polícia britânica já manifestou a sua apreensão pela possibilidade de ocorrer algum ataque terrorista durante os Jogos e Israel não se tem cansado de alertar para um ataque que estará a ser preparado pelo Irão.
Vários analistas consideram, porém, que os alertas de Israel se inserem na estratégia de justificar um ataque ao Irão, país que acusa de ser responsável pelo atentado terrorista  contra turistas israelitas , ocorrido em Julho na Bulgária.

Antonio Variaçoes Erva Daninha ao alastrar