AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012


Precious Bryant - Videos

Na soundtrack do filme Black Snake Moan, que tenho o post aqui no blog, fui apresentado a Precious Bryant uma cantora de Country Blues americana... Por mais que eu tenha procurado, não encontrei nada dela na internet além de vídeos. Vale a pena se deliciar escutando algumas de suas canções. Vou deixar alguns vídeos aqui para que não tenham trabalho de procurar por si. saihsaihais, vem coisa boa por ai, estou preprando um post especial que em breve vou postar. Até.





BRUNO BURNAZ - A ROSA DOS VENTOS - CALÇADA PORTUGUESA


A ORIGEM DO CORRIDINHO ALGARVIO - MUSICA - CURIOSIDADES - FOTOS



CORRIDINHO - Dança Algarvia



O corridinho é um género musical oitocentista, de origem estrangeira, que aqui se tinha popularizado e adquirido uma forma restritamente regional, designada por corridinho.
Foi nesta modalidade que mais se investiu. O corridinho passou a ser dançado da seguinte maneira: os bailarinos fazem fundo e quando a música começa, formam uma única roda, executando a marcação. Depois voltam a fazer fundo sempre de frente para o público e, gradualmente, cada par avança para o centro e mostra as suas habilidades:uma escovinha,um sapateado ou mesmo agumas florestrias (variações). Por fim fazem de novo a roda e terminam executando todos os pares ao mesmo tempo a escovinha ou o sapateado.
Os corridinhos ganharam mais rápida notoriedade, estendendo-se a sua influência por todo o Algarve e outras regiões do país (Alentejo e Ribatejo), onde chegaram a ser feitos novos números musicais e coreográficos
Foi aqui que foi preciso escolher o melhor corridinho para o efeito e Serafim Tassano Rodrigues escolheu o corridinho«Alma Algarvia» de José Ferreiro (Pai). A partir daí José Ferreiro (Pai), ganhou muito justamente o título de "O Rei do Corridinho", até pelas próprias discográficas. Criou o"Corridinho Mandado", penso ser inédito. Baile Mandado já havia.
Já agora queria recordar que já esteve na mente de Arménio Aleluia Martins, escrever um livro sobre a "Alma Algarvia". Espero que com a ajuda do que se tem escrito neste Blog, lhe dê inspiração para o fazer.



O actual PREC

Parece, ao ouvir os actuais governantes, que estamos num novo PREC (Processo Rápido de Empobrecimento em Curso).
Todos os dias (ou quase) são históricos e as leis revolucionárias para empobrecermos saiem  ao mesmo ritmo.
Todas (ou quase) vão no mesmo sentido : dizem-nos que temos de ser bem comportados e trabalhar, trabalhar e ainda trabalhar para poupar aquilo que não ganhamos e para não cairmos em tentação até o Carnaval é proibido. Ámen.
E ainda será decretado trabalhar de graça. Já faltou mais.
Nunca pensei ver liberais a conduzirem revoluções que tentam formatar os nossos cérebros e mentalidades, pensei que isso apenas era feito por ideologias totalitárias, mas enganei-me ou se calhar não.
Estes governantes são tão liberais como eu sou preto (espero não ser acusado de racista). Estou mais inclinado para a primeira.
O processo visa o empobrecimento, na esperança de um crescimento que estes iluminados pensam atingir um dia, nem que seja por decreto.
Entretanto o contraditório foi banido, este caminho (o do empobrecimento) não tem alternativa e quem disser o contrário está a mentir. Agora tudo é inevitável
E aqui é que a porca torce o rabo, pois foram estes mesmos iluminados que nos disseram, num passado recente e eleitoral, que os PECs  iam conduzir ao empobrecimento e que tinham alternativas que fariam reduzir o desemprego, baixar os juros da dívida soberana, baixar os impostos, etc, etc
Dir-me-ão que é o normal, que as promessas dos políticos em período eleitoral não são para ser levadas a sério. O problema é que estes cavalheiros que nos governamempobrecem disseram que também aí ( no cumprir as promessas) seriam diferentes...está bem abelha.
E assim estamos vai para quase 10 meses : somos governados por mentirososiluminados que nos dizem que o paraíso é algo como as favelas do Rio de Janeiro.



Número de pobres nos EUA é o maior desde 1959

A taxa de pobreza subiu quase um ponto para 15,1% em 2010
São mais 2,6 milhões de pobres que em 2009 num total que ascende agora a 46,2 milhões.

João Silvestre (www.expresso.pt)



No ano passado, houve mais de 2,6 milhões pessoas a engrossar a lista de pobres nos EUA
No ano passado, houve mais de 2,6 milhões pessoas a engrossar a lista de pobres nos EUA

Os dados da pobreza ontem divulgados pelo Census Bureau dos EUA vieram trazer mais um dado preocupante 
sobre o real estado da economia norte-americana. 
Em 2010, a taxa de pobreza cresceu quase um ponto percentual para 15,1%, o valor mais alto desde 1993. 
O número de pobres, que em 2010 atingiu os 46,2 milhões, 
é o mais alto desde, pelo menos 1959, quando as estatísticas começaram a ser publicadas.  
No ano passado, houve mais de 2,6 milhões pessoas a engrossar a lista de pobres nos EUA, 
definidos como pessoas com rendimentos anuais inferiores a 11.139 dólares anuais 
por pessoa ou 22.314 para uma família de quatro pessoas. 
 mais um sinal de que a tímida recuperação da economia na saída da crise está a ser lenta e não está a ter suficientes 
reflexos na distribuição dos rendimentos. A situação de pobreza atinge valores ainda superiores 
quando se considera apenas a população afro-americana ou hispânica.   
Um dos grandes problemas é o desemprego que se mantém acima dos 9%, 
o valor mais alto desde os anos 80, e que tem impedido muitas pessoas de sair desta condição de pobreza. 
Na semana passada, Barack Obama anunciou um novo pacote de medidas no valor de 447 mil milhões de dólares 
precisamente para combater o desemprego e tentar dinamizar a economia.

Taxa em Portugal fixa-se nos 17,9%



Embora os números não sejam diretamente comparáveis, 
a realidade é que muitos países europeus têm a sua taxa de pobreza acima da norte-americana. 
Os últimos dados disponíveis do Eurostat, relativos a 2009, apontam para que países 
como a Roménia, a Lituânia, a Letónia e Bulgária tenham taxas superiores a 20%. Portugal tinha 17,9% em 2009, 
um valor idêntico ao do ano anterior e inferior aos 18,5% registados em 2007.  
Convém sublinhar, no entanto, que as estatísticas europeias seguem uma metodologia diferente 
da norte-americana. Na Europa, a chamada taxa de risco de pobreza é uma medida relativa que considera pobres
 todos os que tiverem um rendimento inferior a 60% da mediana dos rendimentos no país. N
 caso português, para 2009 o limiar era de €5207 anuais (€434 por mês).
Já nos EUA, o limiar de pobreza é calculado com base no valor considerado necessário para 
ter acesso aos bens e serviços mínimos e depende quer do setor de atividade, da região ou do tipo de família. 

chave - poema António Garrochinho


Sereia - poema de António Garrochinho


sereia


és tu ó bela sereia
que no mar profundo semeia
corações naufragados
perdidos pela tua beleza
atrais com subtileza
marinheiros apaixonados


dizem que teu canto hipnotiza
e que o teu amor precisa
de homems bonitos, audazes
cativos no fundo do mar
têm que te servir e te amar
pelo encanto que tu lhes fazes


António Garrochinho





Trabalhador português da construção civil despejado morto num parque de Bruxelas

Muitas vezes de um crime nasce um filme e outras vezes acontece o contrário. Foi o que aconteceu no dia 11 novembro 2011. Trabalhando ilegalmente na construção civil, o português António Jorge Nunes Coelho (49 anos), natural de Ervedal (Portugal), teve um ataque cardíaco e caiu de um andaime. O patrão da empresa, um certo Vitor e um empregado, transportaram o corpo como um saco de cimento até à  rue Victor Gambier, uma das artérias do  parc Raspail em Uccle (Bruxelas) e abandonaram-no  num sítio pouco frequentado. Não se sabe ainda concretamente se o António já estava morto.
Este cenário assemelha-se ao filme "La Promesse" dos irmãos Dardennes que em 1996 apareceu nos ecrãs.
Na tarde do dia 11 de novembro 2011 um transeunte encontrou um corpo sem vida no Raspail Park de Uccle. Logo identificado pela polícia, verificou-se que a vítima tinha residência legal em Bruxelas (Saint-Gilles) desde 1990. Segundo o médico legista, O António Nunes tinha morrido de morte natural e a história poderia ter terminado aqui.
Mas a polícia encontrou algo de estranho: porque razão o corpo estava num sítio tão escondido e vestido com roupas de trabalho cheias de tinta, quando oficialmente a vítima estava declarada no desemprego?
A polícia de Uccle rapidamente encontrou o local onde a vítima deviam cumprir um trabalho de três dias como pedreiro, o qual seria pago 500 euros. Os trabalhadores confirmaram que António Nunes começou a trabalhar às 6 da manhã e no final da manhã deu-se o acidente.
Foi a consciência de um colega de trabalho que rapidamente elucidou a polícia. O António foi abandonado porque trabalhava ilegalmente e o patrão temia complicações com o fisco. O patrão do António, recidivaste, já tinha sido condenado em maio de 2011 por empregar mão de obra clandestina.
Na noite do mesmo dia, um dos trabalhadores designado pelo pelo patrão deslocou-se a casa da viúva da vitima para a ameaçar e ao mesmo tempo a recompensar com 10.000 euros no caso que ela mantenha o silêncio quando a polícia a interrogasse.
Lourdes, que vive com 700 € por mês, recusou o dinheiro e insistiu em saber toda a verdade: "Eu não aceito dinheiro sujo. Estou satisfeita com o trabalho da polícia. Eu quero que este assunto seja o mais falado possível. Deixaram-no morrer como um cão. "
Antonio Nunes trabalhou antes durante muito tempo na Cassal SPRL, que o despediu em 2008.
Coisas do destino: poucas dias após a morte do António Nunes o o Tribunal do Trabalho de Bruxelas reconheceu que ele tinha sido despedido injustamente e, por despedimento ilícito, Cassal foi condenada a pagar 14.000 euros.
Segundo declarações de Rik Desmet, sindicalista da Federação Geral de construção FGTB, o trabalho ilegal está em pleno crescimento. "Os imigrantes não legalizados chegam a Bélgica para trabalhar na construção recebendo salários muito baixos. Três quartos destas pessoas são originários de países lusófonos (portugueses, brasileiros, cabo-verdianos e angolanos). É muito difícil controlar este circuitos de tráfico humano, dado que eles trabalham em muitos locais diferentes. A construção é um sector onde os acidentes ocorrem com frequência. Os imigrantes ilegais não podem invocar os direitos de outros empregados legais, como a hospitalização. Se um trabalhador ilegal na construção tem um acidente, geralmente os chefes não sabem o que fazer temendo as multas. A situação é desesperada.".
Sabendo que o António Nunes usufruía de todos os direitos sociais na Bélgica - Subsidio de desemprego e direito hospitalar -, dado que tinha residência legal, é difícil de admitir que este português de 49 anos tenha tido um fim tão triste. É que o António estava na Bélgica há 12 anos e trabalhou sempre legalmente até que um patrão o despediu por causa injusta, segundo o Tribunal de trabalho Belga. Depois disto veio certamente a dificuldade de arranjar um emprego legal.
Comentário:
Segundo Katrin Stangherlin, substituto do Tribunal de trabalho de Bruxelles, "Existem dúvidas a saber se a vítima já estava morta quando foi transferido ou se ela ainda estava viva. Isso obviamente muda as coisas para a "não assistência a pessoa em perigo".
Não temos competência jurídica mas podermos pôr uma dúvida quanto ao acompanhamento deste inquérito judiciário. Na nossa opinião é considerado "não assistência a pessoas em perigo" quando se passa indiferente ao estado da vítima. Mas neste caso houve premeditação de um crime de morte sem intenção de matar, se a vítima ainda estava viva. Se estava morta, o crime de esconder cadáver com intenção de prejudicar o inquérito da justiça, também é muito grave.
Resta-nos saber se o médico legista e sua ciência lhe permite saber se a vitima caiu do andaime após um ataque cardíaco ou se o ataque cardíaco foi causado pela queda. É que entre estas duas hipóteses existe muita diferença.

O que temos a lamentar é que casos como este sejam tão pobres em informação....
Guilherme da Costa
Lusófonos na Bélgica

Biografia de Steve Biko um dos grandes lutadores contra a segregação racial -(Clip de Peter Gabriel )



Steve Biko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Steve Bantu Biko (18 de dezembro de 1946 - 12 de setembro de 1977) foi um conhecido ativista do movimento anti-apartheid na África do Sul, durante a década de 1960.
Insatisfeito com a União Nacional de Estudantes Sul-africanos (National Union of South African Students), da qual era membro, participou da fundação, em 1968, da Organização dos Estudantes Sul-africanos (South African Students' Organisation). Em 1972, tornou-se presidente honorário da Convenção dos Negros (Black People's Convention).
Em março de 1973, no ápice do regime de segregação racial (Apartheid), foi "banido" , o que significava que Biko estava proibido de comunicar-se com mais de uma pessoa por vez e, portanto, de realizar discursos. Também foi proibida a citação a qualquer de suas declarações anteriores, tivessem sido feitas em discursos ou mesmo em simples conversas pessoais.
Em 6 de setembro de 1977 foi preso em bloqueio rodoviário organizado pela polícia. Levado sob custódia, foi acorrentado às grades de uma janela da penitenciária durante um dia inteiro e sofreu grave traumatismo craniano. Em 11 de setembro, foi embarcado em veículo policial para transporte para outra prisão. Biko morreu durante o trajeto e a polícia alegou que a morte se devera a "prolongada greve de fome empreendida pelo prisioneiro".
Em 7 de outubro de 2003, autoridades do Ministério Público Sul-africano anunciaram que os cinco policiais envolvidos no assassinato de Biko não seriam processados, devido a falta de provas. Alegaram também que a acusação de assassinato não se sustentaria por não haver testemunhas dos atos supostamente cometidos contra Biko. Levou-se em consideração a possibilidade de acusar os envolvidos por Lesão Corporal seguida de morte, mas como os fatos ocorreram em 1977, tal crime teria prescrito (não seria mais passível de processo criminal) segundo as leis do país.

Citação

  • "Um dia nós estaremos em condições de dar à África do Sul o maior dos presentes - uma face mais humana (In time, we shall be in a position to bestow on South Africa the greatest possible gift - a more human face.)
  • "O gesto de violência de um adulto não merece o sorriso de uma criança".
  • "O racismo não implica apenas a exclusão de uma raça por outra - ele sempre pressupõe que a exclusão se faz para fins de dominação", contra-argumento em relação ao que os brancos falam sobre o racismo do negro em relação ao branco (o que é cabível, dialeticamente falando).
  • "Racismo e capitalismo são faces da mesma moeda".
Steve Biko e o Movimento Consciência Negra - África do
Sul/Brasil
---------------------------------------------------------









prisão para negros
 museu do apartheid


bairro



-

Steve Biko foi o principal fundador, orientador e
inspirador do Movimento Consciência Negra, que se
dirigia à juventude negra para prepará-la para uma nova
fase de luta pela liberdade. A idéia que estava por trás
do Movimento Consciência Negra era romper quase
inteiramente com as antigas atitudes negras em relação
às lutas pela libertação e estabelecer um novo estilo de
autoconfiança e dignidade para os negros como uma
atitude psicológica que levasse a novas iniciativas.
Dessa filosofia emanaram muitas organizações negras que
surgiram com o Movimento Consciência Negra,
principalmente a Convenção do Povo Negro (CPN) e a
Organização dos Estudantes Sul-Africanos (OESA),
totalmente negra.

18 de Dezembro de 1946 - nascimento de Steve Biko em
King Wílham's Tow

21 de Março de 1960 - massacre de Sharpeville (morte de
69 pessoas e ferimentos em mais de duzentas pela polícia
da África do Sul, em manifestação pacífica contra a Lei
do Passe).

Em dezembro de 1968, um grupo de estudantes negros se
reuniram em Marianhill, na África do Sul e, formaram uma
organização de estudantes negros, pois a União Nacional
dos Estudantes Sul- Africanos (NUSAS) uma organização
multirracial, embora com 90% de brancos, elegeu um
comitê executivo totalmente branco. A nova entidade
recebeu o nome deOrganização dos Estudantes Sul-
Africanos (OESA) e Steve Biko foi o seu primeiro
presidente, desenvolvendo um programa que transformou a
luta do povo sul-africano com audácia e energia que não
se via desde o banimento do Congresso Nacional Africano
e o Congresso Pan-Africanista de 1960.

1972 - Convenção do Povo Negro (CPN) programa para a
comunidade negra.

16 de Julho de 1976 - Levante de Soweto. Neste dia
explodiu a cidadela de Soweto dando início a uma nova
era de luta naquele país. Conhecido mundialmente como
o "Levante de Soweto", como muitos outros que se
seguiram, se transformaram nos principais atos da
revolução sul- africana. Mais de 10.000 estudantes
saíram às ruas protestando na cidade negra de Soweto,
perto de Joanesburgo. Eram estudantes de todos os
níveis, quebrando vidraças e enfrentando com pedras as
balas da polícia. Morreram nesta manifestação 600
pessoas, entre crianças, rapazes e moças.
A população negra apoiou seus filhos estudantes e foi às
ruas protestar contra a violência e a língua Afrikaner.
Puseram fogo em ônibus, edifícios públicos - que
recolhiam impostos - destruíram lojas, automóveis,
algumas escolas e universidades. O cinturão negro que
circundava a capital ergueu grandes barricadas para
impedir a entrada da polícia: eram tiros, helicópteros
da Força Aérea, cães amestrados, gás lacrimogêneo,
contra pedras, paus e escudos de madeiras improvisados
pelos negros. Durante três dias os negros paralisaram a
cidade de Joanesburgo.

Quarenta e cinco presos políticos mantidos sem
julgamento sob custódia policial, morreram
inexplicavelmente nas prisões do regime racista da
África do Sul neste período. Steve Biko foi preso na
província do Cabo. Foi submetido a 22 horas de tortura
por agentes da polícia política de Peter Botha,
presidente da África do Sul na época..

12 de Setembro de 1977 - Morte de Steve Biko devida às
torturas na prisão. A morte de Steve Biko e outros não
foi em vão, pois o regime do Apartheid foi derrotado

Nelson Mandela foi libertado transformando-se no
primeiro presidente negro da África do Sul.