AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


quinta-feira, 21 de abril de 2011

ESSÊNCIA DA PÓLVORA

Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Desesperadamente à procura dum compromisso para evitar que a gamela entorne.


Pelo que nos diz um dos gajos que ajudou a destruir a Reforma Agrária, a nomenklatura da Animal Farm nacional, além de preocupada, anda por aí a desdobrar-se em encontros e iniciativas para evitar a todo o custo que a disputa entre os caciques mais sôfregos acabe por entornar a gamela onde estão abancados à quase 35 anos.

Agora apelam também a outras espécies mais abaixo na cadeia alimentar para assinarem o "Compromisso Nacional" a defender a estabilidade eterna da gamela. Só se esqueceram, por enquanto, de pedir que nos apresentemos todos à porta do Ministério das Finanças, vestidos de branco e de corda ao pescoço, comprometendo-nos perante a Troika a pagar, até ao último euro, a dívida que serviu para os pôr assim gordos, anafados, e luzidios.

Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Passos Coelho já têm "na cabeça" Governo que pretende formar!

Durante uma visita ao porto de pesca de Sesimbra, questionado se já sabe a quem vai entregar a pasta das Pescas, Passos Coelho respondeu: "Eu tenho o Governo na minha cabeça".
Passos Coelho esperou a chegada de um barco, quando se estava a equipar, para assistir ao processo de embalagem e armazenamento do peixe, confundiu a touca para cabeça com a protecção que se coloca nos pés.
Se calhar o homem até tem duas cabeças?
Passos Coelho faz-me lembrar o flautista daquele conto folclórico, "O encantador de ratos".
O conto narra a história de um flautista taciturno, alto e desengonçado, que ninguém sabia o que fazia, nem tinha visto antes, que chega a uma cidade infestada de ratos.
O flautista disse aos homens importantes da cidade, ser um "caçador de ratos" e que resolvia o problema, em troca de um “pote de ouro”. Pegou então numa flauta e começou a andar pelas ruas e, enquanto passeava, tocava uma melodia maravilhosa, que encantava, os ratos iam saindo de seus esconderijos e seguiam hipnotizados os "Passos" do flautista, que os levou consigo. Na manhã seguinte, apresentou-se aos importantes da cidade e reclamou, o “pote de ouro”. 
Mas o “pote”estava vazio! 
Furioso o flautista, fez da mesma forma que fizera no dia anterior, tocou uma doce melodia, uma e outra vez, insistentemente. Porem, desta vez não era os ratos que o seguiam mas sim todos os inocentes da cidade, que arrebatados por aquele som maravilhoso, iam atrás dos “Passos” do estranho músico. E foi isto que sucedeu há muitos anos, nessa cidade, onde, por mais que se procure, nunca se sabe para onde foram, o flautista,  os ratos e  nem os inocentes…
Moral da história:Se és rato ou inocente,nunca sigas os "Passos" de um tocador de flauta!

PODEM NÃO ACREDITAR MAS É UM QUADRO A ÓLEO DA ARTISTA PLÁSTICA ALYSSA MONKS.

Stomp!



ESTÁ QUASE A CHEGAR !
Sócrates disse ao FMI que o seu pénis também tem a alcunha de “Troika”
socrates 300x300 Sócrates revela aos enviados do FMI que o seu pénis também tem a alcunha de “Troika”
Sócrates pode muito bem ser processado por violação, se Portugal assim entender
TRIPOD/GF – O comité de ajuda externa que chegou esta semana a Portugal – formado pela Comissão Europeia, pelo FMI e pelo Banco Central Europeu – dá pelo nome de “Troika”. Ao receber os seus enviados, José Sócrates partilhou a coincidência irónica que é o seu pénis também ter essa alcunha há anos.
“Assim que chegaram tive de lhes contar. Troika foi o nome que uma ex-namorada minha deu ao meu pénis quando lhe disse o que queria fazer com ela sexualmente. Por acaso, ela não gostou da minha proposta e saiu imediatamente do banco de trás do meu carro. Mas graças a Deus cheguei a Primeiro Ministro e tenho conseguido fazer ao país o que lhe queria fazer a ela.” revelou o nosso ex-pré-Primeiro Ministro. Vários analistas políticos concordaram com a exactidão desta alcunha dada ao órgão sexual do líder Socialista. “Faz sentido. Tinha de ser uma Troika a penetrar as contas públicas portuguesas desta maneira tão funda e tão violenta e outra a vir-nos fazer miminhos depois.

no lado errado

parecia ter o corpo desequilibrado, caído
altivo, não diria que tivesse o rosto
o pouco sol projectava a sua sombra na cal do sol posto
ali estava ele, no lado errado
afinal... desse lado, nunca tinha saído
nem o tinha assaltado qualquer vontade de protagonismo
barbeava-se de manhã sem o perfume do egoísmo
tarefa que por vezes o deixava cansado
mudar a cara, mudar a cara repugnava-o
o pensamento, esse, mantinha-o asseado
e uma ponta de orgulho sossegava-o
ali estava o homem, calado
caminhando todos os dias na antecipação dos sonhos
diluindo-se nessa essência, nesse torpor doce
gardénias, magnólias, rosas, cravos floridos para dentro dos olhos
acreditou com um invisível sorriso
que o lado errado para ele, o lado certo fosse
que o lado errado era o lado preciso
algo dentro dele, nas entranhas
lhe corre pelas veredas da dignidade
e o leva a odiar sem ódio
a pesada respiração dessas figuras estranhas
habitantes das esquinas, do marasmo e imobilidade
erradamente sempre no pódio
no lado errado ! talvez ! no lado errado !
com ele, iam morrendo mil projectos
páginas de romance não publicado
guilhotinando cruelmente amor e afectos
que conseguiu no seu lado errado
e lhe fizeram correr por dentro, ribeiros completos
ali estava o homem, na cal da parede projectado
a sombra abandonou-lhe o corpo sem o trair
estão agora os dois, do mesmo lado
já se interrogaram
quem achar que está do lado errado
pode sair !


António Garrochinho

Harpagon o avarento

Arpagon o avarento

Molière o autor

luxúria, avareza





Harpagon é um homem rico, mas terrivelmente avarento, que vive em constante pavor de que roubem uma arca de ouro que enterrou no jardim. Ele tem um criado, Valère, apaixonado por sua filha, Élise. Valère tem certeza de que é descendente de uma boa família, mas perdeu-se de seus parentes no passado e tem pouca esperança de que o patrão permita seu casamento com a moça. Enquanto não prova que tem sangue nobre, Valère tenta conquistar a afeição do patrão bajulando-o o tempo todo. O filho de Harpagon, Cléante, também está apaixonado. Quer se casar com Mariane, uma garota pobre e órfã, mas também tem pouca esperança de que o pai permita o enlace. Como Mariane não tem dinheiro, Cléante ainda nem contou ao pai sobre o relacionamento. E o que ele não imagina é que o próprio Harpagon, viúvo há muitos anos, também está interessado na moça. Um dia, Harpagon informa a Élise que decidiu casá-la com Anselme, um ricaço de cinqüenta anos, que propôs desposá-la mesmo sem dote. Élise odeia a idéia, mas Harpagon não quer perder proposta tão vantajosa. Desesperada, Élise pede a ajuda de seu amado Valère. Ele jura que evitará o casamento e diz que, em último caso, fugirão juntos. Enquanto isso, Cléante está tão determinado a se casar com Mariane que decide pedir dinheiro emprestado a um agiota, como forma de se livrar do jugo financeiro do pai. Ele sabe que o agiota é um explorador que cobra vinte e cinco por cento ao mês, mas marca uma entrevista. Lá chegando, uma grande surpresa: o agiota é o próprio Harpagon. Pai e filho brigam feio e o negócio não se consuma. Harpagon dá uma festa em homenagem à Mariane, gastando o mínimo possível em comida e bebida. Mariane, que já achava Harpagon repulsivo, passa a detestá-lo ainda mais quando descobre que ele é pai de seu amado Cléante. Depois da festa, Cléante não resiste e confessa a Harpagon que ama Mariane. O velho passa a desejar ainda mais ardentemente que a garota seja sua. Cléante jura que fará tudo para impedir tal união e Harpagon o deserda. Nesse momento, um criado entra alertando que alguém roubou o dinheiro enterrado no jardim. Harpagon fica desesperado, suspeitando de todos, até de si mesmo. Um criado invejoso diz a Harpagon que o ladrão é Valère. Harpagon, mesmo sem provas, chama a polícia para prender o rapaz. Anselme chega a tempo de ouvir Valère brigar com Harpagon, confessar seu amor por Élise e jurar que se casará com ela de qualquer maneira. Anselme, comovido, retira sua proposta de casamento, pois não quer forçar Élise a um enlace indesejado. Harpagon fica furioso por perder o genro rico. Chega um magistrado para prender Valère, mas o rapaz diz que não pode ser levado para a cadeia porque é, na verdade, um nobre, filho do napolitano Don Thomas d’Alburci. Valére conta que sofreu um naufrágio que o separou de seus parentes, os outros d’Alburci. Julga que estejam todos mortos. Mariane, emocionada, descobre assim que é irmã de Valère. Ela também sobrevivera ao naufrágio. E a alegria não fica por aí. Anselmo revela que é pai dos dois, Don Thomas d’Alburci em pessoa. Ele também conseguira chegar à terra firma e, achando que os filhos tinham morrido, adotara em Paris o novo nome de Anselmo. As surpreendentes revelações não fazem diferença para Harpagon. Ele continua insistindo para que Valère devolva seu dinheiro. Cléante aparece para dizer que, na verdade, tinha sido ele o ladrão e que só devolveria o ouro se o pai permitisse seu casamento com Mariane. Anselmo é o primeiro a dar seu consentimento e ainda concorda em pagar pelos dois casamentos. Harpagon não vê outra saída senão concordar. Mariane e seu irmão Valére vão com Anselme para reencontrar a mãe que não vêem há anos. Junto com eles, seguem seus amados Cléante e Élise. Harpagon fica sozinho, agarrado à sua arca de ouro, o único e verdadeiro amor de sua vida.

Debacho da parrêra

a ti Náiça enrolou as unhas
farta de sofrer na vida
dizem algumas testemunhas
que se afogou toda despida
má o qué que deu na mulher
pra fazer aquela asnêra
ela, nunca se qexô sequer
durante uma vida intêra
aquilo foi o marido
ó os filhos que ná ajuvavam
páquilo quêu tenho ouvido
acho até ca maltratavam
olha, eles é que ficam remediados
com os tostõns da coitadinha
vão-lher herdar os bocados
despôs vendem a casinha
e o home vái pró lar
ele já tá mê tramôco
na gostava de trabalhar
e era amigo de dar pôco
nós na vida nã semos nada
nas mãos de Deus nósenhor
foi uma mulher forte e desenrrascada
que nunca foi a um dôtôr
olha o cangalhêro já lhe deu o chêro
já lá vai todo apressado
lá se vai todo o denhêro
ca ti Náiça tinha juntado
vocêias nã veêm ca gente
andemos cá pa sofrer
e despôs assim num repente
acabamos todos por morrer
António Garrochinho

FIZ-TE MEU...

Hoje fui buscar-te
dentro de mim
sei que estás ai
preciso de sentir-te
saber-te meu
dentro de mim
estendo os braços
mas não consigo tocar-te
aqui dentro do meu coração
Senti-te meu
fiz-te sonhar comigo
aconcheguei-te
num abraço
cobri-te com um manto
de estrelas
Com cuidado
de mansinho
no meu imaginário 
sempre sem olhar
para fora de mim
aonde sei não estares
beijei-te 
e
fiz-te meu
       
                            
Ester Pita
Fotografia de: Iain Wilson

La Internacional, en el VI Congreso del Partido y cantada por Fidel Castro

TELMO NO BIG BROTHER DO PS

 
2450321.jpg
Exclusivo i/Região de Leiria

Telmo do "Big Brother" quer agora brilhar no Canal Parlamento

por Pedro Vaz Marques e João Carreira (Região de Leiria), Publicado em 21 de Abril de 2011  |  Actualizado há 7 horas
Está na lista do PS por Leiria, em lugar não elegível. José Miguel Medeiros foi afastado 
É em Leiria que o PS apresenta o único cabeça-de-lista independente às legislativas de 5 de Junho - Basílio Horta -, mas a surpresa não está aí. É preciso descer no nome dos candidatos a deputados até ao 14.o lugar para encontrar Telmo Ferreira. O nome pode não lhe dizer nada, mas retirando o apelido fica apenas Telmo, esse mesmo, o concorrente do reality show "Big Brother," que a TVI estreou em 2000.

Quem tenha estado no congresso dos socialistas em Matosinhos poderá ter-se cruzado com o agora candidato a deputado, já que Telmo Ferreira esteve lá, votou na moção estratégica do líder, José Sócrates, e prepara-se agora para concorrer à liderança da concelhia do PS da Batalha. "Está na altura de agarrar este desafio, de fazer algo, sobretudo quando se diz que os jovens demonstram estar afastados da política. É aí que eu penso poder dar o meu contributo", disse Telmo Ferreira ao "Região de Leiria".

O desafio foi-lhe colocado por Miguel Chagas, líder do PS/Batalha, que viu nele qualidades que o levaram a indicar Telmo à Federação de Leiria: "É um jovem empresário e facilmente pode ser reconhecido por ter participado num programa de televisão", justificou Chagas, sublinhando que estas características "podem ser uma mais-valia, sobretudo quando a campanha não é apenas local, mas distrital".

O 14.o candidato da lista do PS pelo círculo de Leiria está habituado a ser alvo de todas as atenções, até porque viveu cerca de quatro meses da sua vida em directo num ecrã de televisão, mas explicou ao "Região de Leiria" que "é mais do que aquela passagem na televisão". Telmo Ferreira sublinha que há dois anos que tem actividade política na Batalha, está preparado para as questões que a sua candidatura pode trazer, vincando as diferenças em relação ao papel de concorrente do "Big Brother", famoso por um rol de frases assassinas da língua portuguesa. "Há sempre gente a falar bem ou mal. A questão do reconhecimento televisivo não tem nada a ver, foi só uma passagem e aconteceu há 11 anos", diz agora.

Na primeira edição do reality show, Telmo conseguiu chegar ao quarto lugar. Na lista do PS por Leiria fica pelo 14.o - o círculo elege 11 deputados para a Assembleia da República e, nas legislativas de 2009, ficou com apenas quatro lugares. Telmo tem, por isso, uma eleição impossível, mas tem lugar onde outros já não estão. José Miguel Medeiros, antigo secretário de Estado de José Sócrates, foi afastado, alegadamente devido a um processo interno.

Em Leiria, a nível distrital, a questão é abafada. "Não posso comentar individualmente uma decisão que é do colectivo", justificou o líder da distrital, João Paulo Pedrosa. No entanto, a nível local as concelhias socialistas do Norte do distrito criticam a exclusão do actual deputado.

Se já não se lembra, aqui ficam algumas das frases de Telmo no Big Brother de 2000

"A pessoa mais próxima é a que descarrego mais tudo"

"Uma pessoa vira-se para um lado e se for preciso desvira-se"

"O que apetece no grupo é... sexo em grupo... muitas órgias... muitas órgias"

"Quem é que quer esta lata de atum mais eu?"

"O antebraço? Como o próprio nome indica é o que está antes braço, ou seja, o ombro"

Dance, Monkeys Dance!! - Ernest cline

E NINGUÉM VAI PRESO ? Alguém tem o endereço de e-mail do FMI para denunciar estes desmandos???

Quinta-feira, 21 de Abril de 2011


ALGUÉM TEM O ENDEREÇO DE E-MAIL DO FMI?



Alguém tem o endereço de e-mail do FMI para denunciar estes desmandos???Isto foi tirado do Tribunal de contas..........
Será por isso que nos estão a obrigar a apertar o cinto?????????

AQUI VOS DEIXO ALGUNS EXEMPLOS DE DÚVIDAS QUE O TRIBUNAL DE CONTAS ENCONTROU NAS DESPESAS PÚBLICAS...

POR FAVOR, NÃO DEIXEM DE LER!!!

1. ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO ALENTEJO, I. P.- Aquisição de 1 armário persiana; 2 mesas de computador; 3 cadeiras c/rodízios, braços e costas altas: 97.560,00€

Eu não sei a quanto está o metro cúbico de material de escritório mas ou estes armários/mesas/cadeiras são de ouro sólido ou então não estou a ver onde é que 6 peças de mobiliário de escritório custam quase 100 000€.

Alguém me elucida sobre esta questão?

2. MATOSINHOS HABIT - MH- Reparação de porta de entrada do edifício: 142.320,00 €

Alguém sabe de que é feita esta porta que custa mais do que uma casa?

3. UNIVERSIDADE DO ALGARVE - ESC. SUP. TECNOLOGIA - PROJECTO TEMPUS- Viagem aérea Faro/Zagreb e regresso a Faro, para 1 pessoa no período de 3 a 6 de Dezembro de 2008: 33.745,00 €

Segundo o site da TAP a viagem mais cara que se encontra entre Faro-Zagreb-Faro em classe executiva é de cerca de 1700€. Dá uma pequena diferença de 32 000 €. Como é que é possível???

4. MUNICÍPIO DE LAGOA- 6 Kit de mala Piaggio Fly para as motorizadas do sector de águas: 106.596,00 €

Pelo vistos fazer um "Pimp My Ride" nas motorizadas do Município de Lagoa fica carote!!!

5. MUNICÍPIO DE ÍLHAVO- Fornecimento de 3 Computadores, 1 impressora de talões, 9 fones, 2 leitores ópticos: 380.666,00 €

Estes computadores devem ser mesmo especiais para terem custado cerca de 100 000€ cada....Já para não falar nos restantes acessórios.

6. MUNICÍPIO DE LAGOA- Aquisição de fardamento para a fiscalização municipal: 391.970,00€

Eu não sei o que a Polícia Municipal de Lagoa veste, mas pelos vistos deve ser Haute-Couture.

7. CÂMARA MUNICIPAL DE LOURES- VINHO TINTO E BRANCO: 652.300,00 €

Alguém me explica porque é que a Câmara Municipal de Loures precisa de mais de meio milhão de Euros em Vinho Tinto e Branco????

8. MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA- AQUISIÇÃO DE VIATURA LIGEIRO DE MERCADORIAS: 1.236.000,00 €

Neste contrato ficamos a saber que uma viatura ligeira de mercadorias da Renault custa cerca de 1 milhão de Euros. Impressionante...

9. CÂMARA MUNICIPAL DE SINES- Aluguer de tenda para inauguração do Museu do Castelo de Sines: 1.236.500,00 €

É interessante perceber que uma tenda custa mais ou menos o mesmo que um ligeiro de mercadorias da Renault e muito mais que uma boa casa... E eu que estava a ser tão injusto com o município de Vale de Cambra...

10. MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA- AQUISIÇÃO DE VIATURA DE 16 LUGARES PARA TRANSPORTE DE CRIANÇAS: 2.922.000,00 €

E mais uma pérola do Município de Vale de Cambra: uma viatura de 16 lugares para transportar crianças custa cerca de 3 milhões de Euros. Upsss, outra vez o município de Vale de Cambra...

11. MUNICÍPIO DE BEJA- Fornecimento de 1 fotocopiadora, "Multifuncional do tipo IRC3080I", para a Divisão de Obras Municipais: 6.572.983,00 €

Este contrato público é um dos mais vergonhosos que se encontra neste site. Uma fotocopiadora que custa normalmente 7,698.42€ foi comprada por mais de 6,5 milhões de Euros. E ninguém vai preso por porcarias como esta?

COMO É POSSÍVEL NÃO ESTARMOS EM CRISE?

E NINGUÉM VAI PRESO?...