AVISO

O administrador deste blogue
não é responsável pelas opiniões
veiculadas por terceiros
nem a sua publicação quer dizer
que delas partilhe, apenas as
publica como reflexo da
sociedade em que se inserem
dando-lhes visibilidade
mas nunca fazendo delas opinião própria.
Ao desenvolturasedesacatos reserva-se ainda o direito
de eliminar qualquer comentário anónimo ou não identificado, que contenha ataques
deliberadamente pessoais, que em nada contribuampara o debate de ideias ou para a denúncia
de situações menos claras do ponto de vista ético.


sábado, 12 de março de 2011

vangelis - la petite fille de la mer - Slideshow jim warren art



UM POUCO DE FANTASIA NESTAS ILUSTRAÇÕES COM A MÚSICA DE VANGELIS

Mariza - 'Fronteira'



SEGUEM-SE IMAGENS E POESIA RELACIONADOS.

BARCOS DE MAR E RIO - EMBARCAÇÕES DO MINHO


Fronteira

Mariza

Ah caminhos da fronteira
Porque me haveis de guardar
Além são terras de Espanha
Quem as descobre ao luar
Ah caminhos da fronteira
Porque me haveis de guardar
Oh águas do rio Minho
Porque me haveis de chorar
Todos os moços da raia
Teêm alma p'ra cantar
Oh água do rio Minho
Porque me haveis de chorar
Muralhas do mar formoso
Alevantem-se ao meu lado
Já vejo o mar tenebroso
Por trás do mar azulado
Muralhas do mar formoso
Alevantem-se ao meu lado
Rio Minho é rio norte
Rio Lima é rio sul
Depois o mar continua
Aquela fronteira azul
Rio Minho é rio norte
Rio Lima é rio sul
E tudo é mar tenebroso
Para além do rio Minho
Espanha que o luar banha
E que em meu sonho adivinho
E tudo é mar tenebroso
Para além do rio Minho
..........................................